Escreva seu Comentário:
Poesia

Autor(a): AGOSTINHO M. DA COSTA

Minudências de nós
Retratando nos meus olhos
Estrilos da aurora
Rompendo a madrugada
O mato seco sem cheiro
Eu e tu nos abraçávamos
Esquentando o frio
Do orvalho que é cinzento
Sob um céu sem estrelas
Retrasando os detalhes
Ou antigas minudências
De um dia nevoento...
Rememoro nessa hora
O doce do primeiro beijo
Assustada não esperava
A agudeza dos meus desejos
Você se fez de rogada
Uma lágrima nos fez presente
No seu rosto, no meu rosto!
E assim ficamos juntos
Tantos anos de bonança
Escrevemos nossa    história
Levando o amor ao fim
Quem sabe ao eternamente...


Publicado no site: O Melhor da Web em 17/06/2014
Código do Texto: 119331
É necessário efetuar o login para fazer comentários.
Comentários Recebidos