Escreva seu Comentário:

Warning: include(../i_menu_impressao.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in D:\Domains\omelhordaweb.com.br\wwwroot\poesias\comentario_poesia.php on line 406

Warning: include(../i_menu_impressao.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in D:\Domains\omelhordaweb.com.br\wwwroot\poesias\comentario_poesia.php on line 406

Warning: include() [function.include]: Failed opening '../i_menu_impressao.php' for inclusion (include_path='c:\php5.2fastcgi\dev;c:\php5.2fastcgi\ext;c:\php5.2fastcgi\extras;c:\php5.2fastcgi\extras\pdf-related;c:\php5.2fastcgi;.') in D:\Domains\omelhordaweb.com.br\wwwroot\poesias\comentario_poesia.php on line 406
Amor

Autor(a): BEATRIZ NAHAS PINTO

Sua
Eu dancei
Nua
Na chuva
Aquecida
pelo meu amor por você.

Eu gritei
Ser Sua
Na rua
Protegida
por seu amor ser.

Eu chorei
Muda
Na Lua
Deprimida
pelo seu amor não mais me querer.

Imploro que devolva à minha vida o sentido,
pois é angustiante não ver mais o seu sorriso
enquanto eu continuo dançando
nua na rua de lágrimas chovendo
e assim, sigo
manifestando
todo o meu amor por ti,
que ainda sinto
aqui dentro.

Publicado no site: O Melhor da Web em 17/05/2017
Código do Texto: 134963
É necessário efetuar o login para fazer comentários.
Comentários Recebidos
JOÃO NUNES VENTURA
Foto Internauta: nº 5300 - ventura - JOÃO NUNES VENTURA

Vai para a página de Recados! Texto mais recente, cadastrado no site! CLIQUE PARA LER! O AMOR CHEGANDO AO FIM Vai para a página de Contatos!
Mensagem referente ao texto: Sua
joão Nunes Ventura
Bela criação poética, linda demais essa sua poesia, suave e doces momentos, dançando na chuva, toda nua, com saudades do amor, ainda existe a esperança de um coração que aprendeu a amar e esse sonho lindo pode um dia triunfar, bom dia, parabéns.
------ RESPOSTA -------
                30/10/2017 03:04:26 - Obrigada, João! Eu fui um tanto ousada nesse poema. Tentei fugir do comum. Eu usei minha imaginação. Deu muita vergonha de postar.

                30/10/2017 03:04:28 - Obrigada, João! Eu fui um tanto ousada nesse poema. Tentei fugir do comum. Eu usei minha imaginação. Deu muita vergonha de postar.

29/10/2017