Escreva seu Comentário:
Poesia

Autor(a): VILMA OLIVEIRA

CONFORTO ÍNTIMO

Tu és o buquê de saudade que perfuma os jardins
Onde quer que eu passe,
És a fruta madura, saborosa candura no pomar
Do amor...
És o Deus da vontade que me faz ser verdade
Esse sonho perfeito,
És a estrada infinita onde a relva é bendita
Adormecida em meu leito!

Tu és as nuvens dos céus balouçando no espaço
A bandeira da paz,
A montanha que invade minha mocidade
Nos olhos das manhãs...
A cortina obscura da eterna ventura
Almas gêmeas, irmãs...
A loucura mais sóbria, de noite, de dia,
Nessas horas tão vãs!

Tu és tempestade que arrasta as idades
Afogando-as no tempo,
A água cristalina das fontes divinas
Que mata a minha sede,
O ar que respiro e se às vezes deliro
No Éden... na rede...
Cântico universal simboliza o irreal
E de mim se despede!




Publicado no site: O Melhor da Web em 30/07/2020
Código do Texto: 141595
É necessário efetuar o login para fazer comentários.
Comentários Recebidos