Escreva seu Comentário:
Infantis

Autor(a): ALEXANDRE BRUSSOLO

A Taturana Ana (T238)
Taturana Ana
como era feia a coitada,
não tinha intenção de assustar,
mas acabava assustando,
nossa que coisa horrível,
que aberração, diziam,
e lá estava as lágrimas
correndo em sua tristeza.
Mas um belo dia escuta,
"como vai doce beleza",
quando olha para trás
vê um macho de sua espécie.
"Para o amor não existe o feio."


Alexandre Brussolo (27/04/2009)



Publicado no site: O Melhor da Web em 27/04/2009
Código do Texto: 19473
É necessário efetuar o login para fazer comentários.
Comentários Recebidos
PAULO VALENÇA
Foto Internauta: nº 893 - paulo.vale - PAULO VALENÇA

Vai para a página de Recados! Texto mais recente, cadastrado no site! CLIQUE PARA LER! A varanda do tempo Vai para a página de Contatos!
Mensagem referente ao texto: A Taturana Ana (T238)
Paulo Valença
"Para o amor não existe o feio".
Você escreve com a sensibilidade do autêntico poeta.
Gostei dessa poesia. Parabéns!
Abraço. Paulo.
15/02/2010
IRENE GIGLIO

Vai para a página de Recados! Texto mais recente, cadastrado no site! CLIQUE PARA LER! Meu Coração... Vai para a página de Contatos!
Mensagem referente ao texto: A Taturana Ana (T238)
IRENE GIGLIO
Oi Alexandre. Obrigada pelo comentário. Aque texto é verdadeiro. Fiz pro meu marido em seu aniversário e revela muito de nós. Como só entrei há dois dias ainda não pude ler muito dos seus. Mas está de parabéns e parece que é um dos mais lidos.Continue a tatur Ana é uma gracinha... Um abraço!
26/08/2009
IRONITA PEREIRA MOTA
Foto Internauta: nº 1241 - Ironita Mota - IRONITA  PEREIRA MOTA

Vai para a página de Recados! Texto mais recente, cadastrado no site! CLIQUE PARA LER! sonhos perdidos Vai para a página de Contatos!
Mensagem referente ao texto: A Taturana Ana (T238)
IRONITA( NITA MOTA)
Gostei muito da taturana Ana,é bem dentro da realidade!
Parabéns!
Abraços
Nita Mota
17/05/2009