Escreva seu Comentário:

Warning: include(../i_menu_impressao.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in D:\Domains\omelhordaweb.com.br\wwwroot\poesias\comentario_poesia.php on line 406

Warning: include(../i_menu_impressao.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in D:\Domains\omelhordaweb.com.br\wwwroot\poesias\comentario_poesia.php on line 406

Warning: include() [function.include]: Failed opening '../i_menu_impressao.php' for inclusion (include_path='c:\php5.2fastcgi\dev;c:\php5.2fastcgi\ext;c:\php5.2fastcgi\extras;c:\php5.2fastcgi\extras\pdf-related;c:\php5.2fastcgi;.') in D:\Domains\omelhordaweb.com.br\wwwroot\poesias\comentario_poesia.php on line 406
Duetos

Autor(a): CATHERINE ROOS



Almas amantes / Amantes...assim como antes!
Marcos Sérgio T. Lopes


Almas errantes

A procura de sua metade

Perdida não sabe onde

Procurada por todos os cantos.

Almas de tantas promessas

De dor agora

Pela separação profunda

E o desejo tanto do encontro.

Almas que se prometeram um dia

Que já sentiram alegria

Amor e euforia.

Almas de laços profundos

Unidas por vezes

Sozinhas agora

Carente de beijos.

Almas lamuriantes

De mil gemidos e tantos gritos!

Silenciam, choram

Se sentem vazias.

Vazio contundente

Solidão tão fria!

Encontro que não chega

Que amarga sem cessar.

Sonha e sonha

Relembram tudo outra vez:

Sorrisos,

Lágrimas,

Momentos de amor...

Almas amantes

Que só se fazem felizes

Quando juntas estão

Quando juntam as mãos

Quando se acham em cada vida.



Marcos    Sérgio T. Lopes – 14/04/2007


-----------------------------


Amantes...assim como antes!

Catherine Roos.


Em algum lugar do passado,
Nos encontramos,
Penso até, que vocês amantes...
Tal afinidade...tal comunhão,
Só pode ser almas gêmeas!
Perdidas? Talvez!
Mas, sempre amando-se!
Sempre buscando-se!
Agora, sólitária,
Lhe busco como um diamante!
Quero seus beijos, seus abraços,
Seus afagos, seu calor...
Precisamos de nossos momentos,
Precisamos nos sentir...
Eu preciso do seu amor!
Somos almas pudicas,
Só queremos amar,
Só queremos sonhar!
Almas em roldana,
Seguras pelo cabo da esperança,
De reviver momentos,
Momentos guardados na lembrança...
Como almas amantes,
Vem...te espero,
Tudo o que quero,
É te amar como antes...

Catherine Roos.

http://grupoamorempalavras.blogspot.com/




Publicado no site: O Melhor da Web em 18/07/2009
Código do Texto: 33827
É necessário efetuar o login para fazer comentários.
Comentários Recebidos