Escreva seu Comentário:
Tristeza

Autor(a): GIL DE OLIVE



A MOÇA DO RECANTO
No recanto da minha saudade
guardo o retrato da felicidade
que a muito tempo extinguiu.

Sentimento que a tanto tempo dura
mas ainda mora com ela a ternura
de um tempo, que não existiu...

Essa história de mim e dela
se resume a encontros na favela
era meu amigo, seu irmão.

Foi aos poucos, bem devagarinho
que á fui amando ,com tanto carinho
mas ficou em segredo, aquela paixão...

Coisas que acontece nessa vida
ela foi vítima, de bala perdida
o que deu início a minha dor.

Depois que isso    aconteceu
todo o meu sonho morreu
e não te declarei, o meu amor...

Converso com ela, no dia a dia
falo com a sua fotografia
tentando, espantar a solidão.

Que se recusa a ir embora
pois comigo a tanto tempo mora
o seu endereço, é meu coração...
GIL DE OLIVE


Publicado no site: O Melhor da Web em 15/08/2009
Código do Texto: 36755
É necessário efetuar o login para fazer comentários.
Comentários Recebidos
GORETTI ALBUQUERQUE
Foto Internauta: nº 1229 - Gorettistar - GORETTI  ALBUQUERQUE

Vai para a página de Recados! Texto mais recente, cadastrado no site! CLIQUE PARA LER! Decreto: Igualdade e Paz. Vai para a página de Contatos!
Mensagem referente ao texto: A MOÇA DO RECANTO
A MOÇA DO RECANTO

Não pode o mundo chorar a falta de um poeta mais...
Poeta que emoção e lindeza em seus versos. Beijos.
24/09/2009