Espaço Literário

O Melhor da Web

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
Setedados - EDUARDO EUGÊNIO BATISTA
EDUARDO EUGÊNIO BATISTA
Cadastrado desde: 25/02/2010

Texto mais recente: NOTA DO FALECIMENTO DE ARADIA RHIANON!



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de EDUARDO EUGÊNIO BATISTA , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=3893

 
Textos & Poesias || Social
Imprimir - Impressora!
Imprimir
POR PIEDADE (reedição)
05/03/2013
Autor(a): EDUARDO EUGÊNIO BATISTA
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
 
103355 POR PIEDADE (reedição) Setedados - EDUARDO EUGÊNIO BATISTA
POR PIEDADE (reedição)

Eu queria poder amá-lo uma vez somente,
Matar este desejo que me mata, carente.
Amá-lo e ser amado por um único dia,
Para satisfazer a minha dúbia alegria;
Mas, você não me quis..., pelo seu egoísmo indelicado.
Imaginou-se ser maior, erradamente deu-me seu recado...

"As mágoas não ferem porque não são sólidas, como armas as usamos, machucando uma verdade ou mentira em sentimentos, mutilando a carência de um amor"

As pedras jogadas ao céu são as inimigas,
Elas retornarão maiores ao atirador um dia,
Em forma de tristeza pelo que me fustigas,
Assim como não previas que tudo mudaria.

O tempo é o mais fiel e melhor mensageiro do amor.
Seja em forma de paraísos ou nas vis tempestades,
Nos traz a paz, alegrias e emoções, ou infelicidades
Para quem deixou uma marca num coração de dor...

Agora eu o vejo sempre só,
Onde tu um dia me negou.
Do seu triste rosto, eu chego a ter dó,
Até parece que o mundo lhe abandonou.

Por esta minha desejada aventura,
Qual você não    fizeste acontecer,
Tornou-se sua própria amargura,
Dentro do seu ego a esmorecer...

Um determinado dia, uma nova vida me encontrou...
E de mim e dele, o mais verdadeiro amor se provou.

Espero que tu me perdoes sem se merecer.
Sabendo que tentas a meu respeito saber,
Pois, agora sou eu que por ti nada sinto;
Por favor..., permaneça lá no seu recinto.

Espero que ao menos viva neste pesar,
Mas, notícias não precisas me mandar.


Setedados777

Publicado no site: O Melhor da Web em 05/03/2013
Código do Texto: 103355
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):