Espaço Literário

O Melhor da Web



Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
Manu - MANUELA
MANUELA
Cadastrado desde: 23/04/2012

Texto mais recente: Cantigas (Jorge de Lima) (+tradução italiana)



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de MANUELA , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=6281

 
Textos & Poesias || Poema
Imprimir - Impressora!
Imprimir
A ilusão da liberdade (Victor Motta) (+ tradução italiana)
09/04/2013
Autor(a): MANUELA
VOTE!
TEXTO ELEITO
70
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
A ilusão da liberdade (Victor Motta) (+ tradução italiana)

INSÔNIA
Sozinho, reflito no frio silêncioso
de meu quarto sem luzes.
Busco encontrar meu tempo
e, sem sono, me perco
a buscar o tempo passado,
mas, é o tempo que me encontra
entre os lençois, perdido !

REFLEXÕES
Um dia, acreditei no livre arbítrio
da natureza humana.
Pobre Joseph Nuttin, estava errado!
Somos seres sem vontade própria,
sem condições de guiar nossas vidas.
De alguma forma nascemos assim,
marcados para seguir um caminho
que não é o nosso, nos foi imposto.
Por que acontecem os fatos da vida,
fomos nós mesmos que os criamos ?

ILUSÕES
A estrada nos foi adrede traçada
e não nos permite maiores desvios.
Apenas, como seres autômatos,
seguimos o roteiro do papel vivido.
Por que um não foi mais forte que o sim ?
Por que apenas uma palavra mudou
tudo que pensamos verdadeiro ?
Seguimos sem vida a viver a vida
em um papel que não escrevemos.
Não escolhemos onde e quando nascer,
não saberemos onde e quando morrer.

---------------------------

Tradução italiana de Manuela Colombo


L’ILLUSIONE DELLA LIBERTÀ

INSONNIA
Solo, rifletto nel freddo silenzioso
della mia stanza buia.
Cerco di ritrovare il mio tempo
e, insonne, mi perdo
cercando il tempo passato,
ma è il tempo che trova me
fra le lenzuola, perduto!

RIFLESSIONI
Un tempo, credetti nel libero arbitrio
della natura umana.
Povero Joseph Nuttin, si sbagliava!
Siamo esseri senza volontà propria,
inadeguati a guidare le nostre vite.
Per qualche motivo siamo nati così,
destinati a seguire un cammino
che non è il nostro, ci fu imposto.
Perché accadono i fatti della vita,
siamo stati proprio noi a crearli?

ILLUSIONI
La strada ci fu tracciata espressamente
e non ci permette grandi scostamenti.
Seguiamo appena, come fossimo automi,
il copione del ruolo a noi assegnato.
Perché un no fu più forte di un sì?
Perché una sola parola ribaltò
tutto ciò che pensavamo vero?
Continuiamo passivi a vivere la vita
in un ruolo che non abbiamo scritto.
Non scegliemmo dove e quando nascere,
non sapremo dove e quando morire.

Publicado no site: O Melhor da Web em 09/04/2013
Código do Texto: 104586
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.