Espaço Literário

O Melhor da Web

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
Gilson Lira - GILSON  LIRA
GILSON LIRA
Cadastrado desde: 22/04/2009

Texto mais recente: 28.04. DIA DO TRABALHADOR JOALHEIRO



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de GILSON LIRA , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=1865

 
Textos & Poesias || Datas Especiais
Imprimir - Impressora!
Imprimir
25.04. MORTE DE ÁLVARES DE AZEVEDO (1.852) / DIA DE SÃO MARCOS (EVANGELISTA)
25/04/2013
Autor(a): GILSON LIRA
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
25.04. MORTE DE ÁLVARES DE AZEVEDO (1.852) / DIA DE SÃO MARCOS (EVANGELISTA)

25.04. MORTE DE ÁLVARES DE AZEVEDO (1.852)

Fez parte da Academia Brasileira,
era o dois, o número de sua cadeira.
Foi ele o patrono predileto
do nosso grande Coelho Neto.

Álvares tinha na verdade,
muito pouca vitalidade.
A poesia melancólica foi seu forte,
sobretudo a da previsão da morte.

A doença cedo lhe teve lugar,
uma terrível tuberculose pulmonar
veio afetar seus planos.

Compôs em sua mente sã,
“Se eu morresse amanhã”,
e a “Lira dos vinte anos”.

25.04. DIA DE SÃO MARCOS (EVANGELISTA)

Falo agora em nossa lista
Do objetivo doutrinal evangelista.
Ele colocou a sua vida à prova,
Quando saiu proclamando a boa nova.

O centro dos objetivos seus
Era falar da pessoa do filho de Deus.
Andava com Pedro, foi intérprete seu,
Tudo que lhe dizia, ele escreveu.

Também com Paulo caminhou,
Com ele a Roma viajou
E logo depois sucumbiria.

Amarrado pelo pescoço e mãos,
Foi arrastado pelos pagãos
E morreu em Alexandria.



Publicado no site: O Melhor da Web em 25/04/2013
Código do Texto: 105435
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):