Espaço Literário

O Melhor da Web



Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto

ROGESSI DE A. MENDES
Cadastrado desde: 08/08/2009

Texto mais recente: HAY SIEMPRE



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de ROGESSI DE A. MENDES , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=2877

 
Textos & Poesias || Prosa Poética
Imprimir - Impressora!
Imprimir
EM PRETO E BRANCO
03/05/2013
Autor(a): ROGESSI DE A. MENDES
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
EM PRETO E BRANCO

COVER

Olhei    a foto antiga em preto e branco, mergulhei em sua    profundidade. Família    grande: três rapazes – homens feitos, duas moças e um adolescente.
O senhor da casa, o pai, e dono das terras; senhor da escrava branca – a esposa, governanta do lar, moída, deprimida, anulada; seu ofício sem    nunca tirar o avental: cozinhar, passar, lavar, cozer, limpar, bordar, tirar as botas do patrão, tirar a própria roupa, e, fazer, fazer, sem se satisfazer. Sempre olhando para baixo - submissão e omissão do seu eu -, na hora certa, sempre metódica: mesa posta, família alegre, saudável.
Após as refeições uma filha cantava, o mais novo tocava violino – orgulho do pai, o senhor.
Até a chegada dele – o retratista, contratado pelo senhor da casa, para registrar em fotos, o dia a dia da família. Foi justamente naquela foto, da qual a dona da casa não queria participar, e que diante da insistência do fotógrafo, de avental e mãos cheias de terra, pois cuidava do jardim atendeu ao apelo do visitante.
Pronta a foto registro de sua presença: cabeça baixa, corpo de lado, e, de costas para o senhor da casa.
Terminado o trabalho fotográfico, um grande jantar de despedida; mesa farta, música.
Amanhece o dia, a mesa que cedo – marido e os filhos    trabalhavam no campo – estava posta, não tinha sido desfeita,após o jantar da noite passada. Perceberam então a ausência, e a importância do trabalho da escrava branca, que jamais voltou.

Paráfrase:

Quantas vezes temos jóias entre nós; existem pessoas de valor no nosso convívio,comumente, passam despercebidos... Só quando as perdemos é que sabemos dar o real valor.

Faço votos de que isso não aconteça consigo, não aconteça comigo.Que saibamos, valorizar as pessoas que nos cercam principalmente, as que costumam cuidar de nós, com zelo, com sinceridade. Não só no lar, mas em outras áreas da nossa vida.



O trabalho EM PRETO E BRANCO de EstherRogessi foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil.


Publicado no site: O Melhor da Web em 03/05/2013
Código do Texto: 105830
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.