Espaço Literário

O Melhor da Web


Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
Manu - MANUELA
MANUELA
Cadastrado desde: 23/04/2012

Texto mais recente: Alexandria (Mário Osório) (+tradução italiana)



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de MANUELA , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=6281

 
Textos & Poesias || Sonetos
Imprimir - Impressora!
Imprimir
E se eu disser (Ivan Junqueira) (+tradução italiana)
04/06/2013
Autor(a): MANUELA
VOTE!
TEXTO ELEITO
6
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
E se eu disser (Ivan Junqueira) (+tradução italiana)

E se eu disser que te amo – assim, de cara,

sem mais delonga ou tímidos rodeios,

sem nem saber se a confissão te enfara

ou se te apraz o emprego de tais meios?


E se eu disser que sonho com teus seios,

teu ventre, tuas coxas, tua clara

maneira de sorrir, os lábios cheios

da luz que escorre de uma estrela rara?


E se eu disser que à noite não consigo

sequer adormecer porque me agarro

à imagem que de ti em vão persigo?


Pois eis que o digo, amor. E logo esbarro

em tua ausência – essa lâmina exata

que me penetra e fere e sangra e mata.

__________________________

Tradução italiana de Manuela Colombo


E se io dicessi

E se io dicessi che ti amo – così, in faccia,
senza alcun indugio o giri di parole imbarazzati,
senza sapere se la mia dichiarazione ti piaccia
o se consideri questi modi di fare un po’ sgarbati.

E se io ti dicessi che sogno il tuo seno,
e il ventre, le cosce, e la tua chiara
maniera di sorridere, il labbro pieno
della stessa luce che emana da una stella rara?

E se io ti dicessi che la notte non mi riesco
ad addormentare perché m’aggrappo
all’immagine tua che ad inseguire insisto?

Perciò lo dico, amore. E subito m’imbatto
nella tua assenza – questa lama grezza
che mi penetra, mi ferisce a sangue e m’ammazza.





Publicado no site: O Melhor da Web em 04/06/2013
Código do Texto: 107283
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.