Espaço Literário

O Melhor da Web



Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
Clailton333 - CLAILTON KITTER FERREIRA
CLAILTON KITTER FERREIRA
Cadastrado desde: 21/10/2011

Texto mais recente: O dia do TOC



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de CLAILTON KITTER FERREIRA , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=5790

 
Textos & Poesias || Humor
Imprimir - Impressora!
Imprimir
A Hemorroides
26/09/2013
Autor(a): CLAILTON KITTER FERREIRA
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
A Hemorroides

                                 O Saco Escrotal

   E o homem caminhava aflito. No seu íntimo continha semelhança mas se calavam por discrição. Na sua ausência exclamava: -”Eu sou!”.
   No médico se dirigiu – pois era conveniente a certo ponto, eis a cena:
Dr. Brocha estou com – acredito – com hemorroides. As bolas,    ora bolas...era ponto pacífico!
   E o doutor permaneceu pensativo mas seguiu o profissionalismo, portanto.
Tire a roupa senhor – solicitando.
   O homem retirou-a lentamente. O médico olhou-a para ver o grau de dilatação. Para espanto vira um saco escrotal alojado.
O quê?
Sim, porém não acreditara e colocou os óculos e era um saco escrotal. Não acreditando pegou um microscópico eletrônico e está frente a um saco escrotal ocasionado dentro do indivíduo.
O quê?
Não se envergando a acreditar olhou com o telescópio Huble, sim!, de fato vira era um saco escrotal.
Wait?
(Neste momento começa a tocar uma música no Rádio*)
"Mu...Mu...Mulher em mim fi..fizeste
Um    estrago    eu de nervoso eu tô tô
Fi...ficando gago    não po...posso com a
Cru...cru...crueldade da saudade
Que ma...maldade    vi...vivo sem afago
Teu tem pena    desse moribundo
Que...que já virou vagabundo
Só só só porque sou sou sofrido
Tu tu tu tu tens tens tens um
Coração fingido
Teu co...ração tu me em...tregaste
De...depois de mim tu tu to...ma...maste
A sua falsidade é pro...profunda
Tu tu tu tu va...va...vais ficar cor...cunda"
Prescreverei um laxante e vaselina –    finaliza o Dr. Brocha.
O homem abre um sorriso leve e tristemente, e retorna ao conforto familiar...
E a Rádio toca o refrão:
“MU...MU...MULHER EM MIM    FI...
FIZESTE (...)”
(Autor: Noel Rosa)

Publicado no site: O Melhor da Web em 26/09/2013
Código do Texto: 110784
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.