Espaço Literário

O Melhor da Web


Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto

ARMANDO AUGUSTO COELHO GARCIA
Cadastrado desde: 05/05/2008

Texto mais recente: SER PAI (replay)



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de ARMANDO AUGUSTO COELHO GARCIA , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=270

 
Textos & Poesias || Patrióticas
Imprimir - Impressora!
Imprimir
A compra da refinaria Pasadena
22/03/2014
Autor(a): ARMANDO AUGUSTO COELHO GARCIA
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
A compra da refinaria Pasadena

A compra da refinaria Pasadena

Quarenta e dois milhões e meio de dólares
Foi o preço pelo qual a Astra a comprou
No ano seguinte os Belgas venderam metade
Por trezentos e sessenta milhões de dólares.
Sabe quem! generosamente, a comprou...
Com cláusula obrigando à compra da outra metade?

Se não sabe, eu te direi, foi a nossa Petrobras
Obrigada a adquirir a outra metade por mais do dobro
Do que ela pagou no primeiro pagamento.
A empresa que andava pra frente, andou pra trás
É da inteligência desse pessoal que eu cobro
Explicações para esse péssimo investimento.

Afinal, se a petrolífera não processa o óleo
Produzido no Brasil, qual o motivo da compra ?
Negócio irregular é o que se pode entender
Ninguém faz uma empresa falida dar petróleo
A não ser a Petrobras, isto nos assombra!...
Agora, vender a sucata... milhões vai perder

A ministra chefe da Casa Civil, por ironia
Então presidente do Conselho Administrativo
Da Petrobras era Dilma Rousseff, presidente
Diz não saber o que assinou, porque o faria...
Quem assina, o que não lê, não é defensivo
E muito menos, criterioso e prudente !

Agora, sobra essa conta, para nós pagarmos,
Duma administração caótica e desordenada.
De cento e oitenta milhões de dólares foi a proposta
Para compra da sucata... só resta entregarmos
Se afinal, não vale nada, como foi valorizada
No ato da compra. Negociata, eis a resposta !


O mais irritante neste episódio, é o baixo lance
De diretores afastados, dependurando-se
Imediatamente em outro cargo semelhante
Chego a crer que honorabilidade não tem alcance.
Prejudicando o erário, os conchavos ajeitando-se
No meio político, terá um cargo importante !

Porangaba, 22/03/2014    (data da criação)
Armando A. C. Garcia
Visite meu Blog:
brisadapoesia.blogspot.com


Publicado no site: O Melhor da Web em 22/03/2014
Código do Texto: 116859
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.