Espaço Literário

O Melhor da Web


Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto

PAULO FONTENELLE DE ARAUJO
Cadastrado desde: 06/03/2018

Texto mais recente: PONTOS DE VISTA



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de PAULO FONTENELLE DE ARAUJO , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=7367

 
Textos & Poesias || Poema
Imprimir - Impressora!
Imprimir
AQUI SE MORRE DE CÂNCER
12/03/2018
Autor(a): PAULO FONTENELLE DE ARAUJO
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
AQUI SE MORRE DE CÂNCER

Aqui se morre de câncer,
até as velinhas de aniversários caem
com o cancro do pavio.
mas, se repararmos,
nem tudo é furo e tumor.
Ostras não têm câncer;
labirintos perderam o inchaço
e cristais de gelo formam o hexagonal
não o furúnculo.
E se reparamos melhor:
zigotos estão além dos abscessos
assim como a língua dos tamanduás,
não perdem tempo
para os carcinomas,
(eles não se espalham pelo mundo como formigas).
E os ciclopes,    principalmente eles,
- vivos em histórias infantis -
perderam um olho,
mas não viram qualquer ulceração
na retina que sobrou.
As crianças riem.

Aqui se morre de câncer,
mas nem tudo é furo e tumor.
Uma bola de gude
que antes de um caroço se chama também
pirosca, bugalho, boleba, bolega e carolo,
bate no calombo
e dali não sai sequer um eco.
O tumor não brinca,
nem chega ao círculo do jogo.
Para que se preocupar?

Aqui se morre de câncer,
mas há    tantas variantes para o consolo, amigo.
O doente mesmo pode comer antes
abóboras
frutos das aboboreiras.
São quase edemas,
mas se mantém no limite do bago.

DO LIVRO:"A CRIANÇA, SUBSTANTIVO SOBRECOMUM"


Publicado no site: O Melhor da Web em 12/03/2018
Código do Texto: 136751
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.