Espaço Literário

O Melhor da Web


Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
Altoé - Geraldo Altoé
Geraldo Altoé
Cadastrado desde: 23/11/2008

Texto mais recente: POESIA É A PUREZA E O AMOR



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de Geraldo Altoé , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=671

 
Textos & Poesias || Sonetos
Imprimir - Impressora!
Imprimir
CORAÇÕES QUE VIVEM EM SER AMADOS
11/06/2018
Autor(a): Geraldo Altoé
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
CORAÇÕES QUE VIVEM EM SER AMADOS


Corações que vivem em ser amados,
Não sabem onde moram, se em seus entes,
Ou se num outro peito transmudados
Em forma de um amor que os representem.

Não morre um coração que em outro vive,
Que pulsa em outro ser ao seu favor,
E é assim, cá no meu peito sobrevive
Um doce coração na minha dor.

E tudo o que eu faço é por ela,
Por ela ainda colho esses buquês,
E ainda a vejo em mim formosa e bela.

E reclamando aos céus esses porquês
Eu peço que me leve junto àquela
Que sempre vive em mim: o amor de Inês.

Serra, 11/06/2018

Geraldo Altoé


Publicado no site: O Melhor da Web em 11/06/2018
Código do Texto: 137686
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.