Espaço Literário

O Melhor da Web

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
Manu - MANUELA
MANUELA
Cadastrado desde: 23/04/2012

Texto mais recente: Surpresa (Adolfo Casais Monteiro) (+tradução italiana)



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de MANUELA , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=6281

 
Textos & Poesias || Poema
Imprimir - Impressora!
Imprimir
Morte (Murilo Mendes) (+tradução italiana)
13/04/2019
Autor(a): MANUELA
VOTE!
TEXTO ELEITO
8
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
Morte (Murilo Mendes) (+tradução italiana)

É doce o pensamento da morte
Quando o corpo exausto de prazer ou de dor
Sofre os seus limites.
É doce o pensamento da morte
Quando o espírito enfraquecido pela revolta
Não se aplaca nem mesmo em Jesus.
Morte, suave música da morte,
Devolve-me ao sono inicial antes do pecado.

Não quero os cantos celestes nem a palma da glória.
Talvez eu queira o nada absoluto:
(Até mesmo o pensamento da morte ainda é vida.)
______________________________________


Tradução italiana de Manuela Colombo


Morte

È dolce il pensiero della morte
Quando il corpo sopraffatto dal piacere o dal dolore
Soccombe ai propri limiti.
È dolce il pensiero della morte
Quando lo spirito infiacchito dalla rivolta
Non trova ristoro neppure in Gesù.
Morte, soave musica della morte,
Riportami al sonno iniziale prima del peccato.

Non voglio inni celesti né la palma della gloria.
Forse ciò che voglio è il nulla assoluto:
(Il pensiero stesso della morte è pur sempre vita.)



Publicado no site: O Melhor da Web em 13/04/2019
Código do Texto: 139724
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):