Espaço Literário

O Melhor da Web

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
kuryos - Silvio Dutra
Silvio Dutra
Cadastrado desde: 29/08/2012

Texto mais recente: Não Apenas por Palavras, mas por Poder



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de Silvio Dutra , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=6704

 
Textos & Poesias || Evangélicas
Imprimir - Impressora!
Imprimir
Uma Preciosa Promessa para um Povo Puro
12/05/2019
Autor(a): Silvio Dutra
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
Uma Preciosa Promessa para um Povo Puro


Sermão nº 3542
Por Charles H. Spurgeon (1834-1892)
Traduzido, Adaptado e
Editado por Silvio Dutra
Mai/2019
2
S772
Spurgeon, Charles H.- 1834-1892
Uma Preciosa Promessa para um Povo Puro
/ Charles H. Spurgeon
Tradução e adaptação Silvio Dutra Alves – Rio
de Janeiro, 2019.
27p.; 14,8 x21cm
1. Teologia. 2. Pregação. 3. Alves, Silvio Dutra.
I. Título.
CDD 252
3
“Seus olhos verão o Rei em Sua beleza.” (Isaías 33:17)
Sem dúvida, essas palavras originalmente tinham um significado oportuno e estritamente literal para o povo de Jerusalém. Quando a cidade foi sitiada por Senaqueribe, os habitantes viram Ezequias em trajes de luto. Como ele rasgou suas roupas em tristeza! Mas o dia chegaria, de acordo com a profecia, quando Senaqueribe deveria cair. Aqueles que contavam os recursos e estimavam a força ou a fraqueza da cidade estariam longe - e então haveria tempos de liberdade. O povo seria capaz de viajar para os extremos da Palestina, para ver a terra que está muito longe. O próprio Ezequias sairia em suas vestes de excelência e majestade em uma alegre ocasião de louvar ao Senhor, e assim os olhos do povo veriam o rei em sua beleza. A passagem, no entanto, tem sido frequentemente usada com uma importância bem diferente, e isso é apropriadamente suficiente se for completamente compreendido que é por meio de acomodação que a tomamos, e que é tipicamente nós a rastreamos. Não temos pela fé visto nosso Rei em Suas vestes de luto? Nós não vimos Jesus nas dolorosas ervas daninhas e humilhação enquanto estamos aqui embaixo? Nossa fé olhou para Ele nas vestes
4
rasgadas de Sua paixão. Nós O contemplamos em Sua agonia e suor sangrento, em Sua crucificação e Sua morte. Bem, agora, outra e uma visão mais brilhante nos aguarda! Nossos olhos um dia verão o rei em uma ordem mais gloriosa! Vamos contemplá-lo como João o viu em Patmos. Nós contemplaremos o Rei em Sua beleza e então entraremos e desfrutaremos da terra que é atualmente muito distante.
Eu acho que é certo e correto tomar uma palavra como esta, esta noite, quando há tantos no nosso meio que estão buscando e encontrando o Salvador, porque é muito certo que não muito tempo depois de sua conversão, eles terão que encontrar algumas das dificuldades do caminho. Às vezes, poucas horas depois de começarem a peregrinação, eles são recebidos por alguns dos dragões, ou caem em algum tipo de desleixo, ou são surpreendidos por alguma dificuldade na colina! Portanto, eles devem ser estimulados com incentivos - eles precisam ser aplaudidos e consolados pela perspectiva que está diante deles. Você vai se lembrar de como Cristão é representado por Bunyan em sua famosa alegoria de estar lendo em seu livro, enquanto ele prosseguia, para o país abençoado, a terra celestial onde seus olhos deveriam contemplar o Rei em Sua beleza - isso seduzia a aspereza da estrada e fez o peregrino acelerar
5
com mais entusiasmo e menos cansaço. Agora vou entregar uma das páginas elementares deste livro. Quero mostrar aos jovens convertidos uma visão agradável e proveitosa para todos os cristãos, jovens ou idosos, a glória que o aguarda, o descanso que é assegurado pela promessa de Deus a todo peregrino que continua no caminho abençoado, e continua firme até o fim! Seus olhos, amados, vocês que ultimamente se converteram a Deus - se por graça divina sua conversão se mostrar genuína - seus olhos um dia verão o Rei em Sua beleza! Isso pode inspirar coragem e encorajá-lo a suportar com paciência todas as dificuldades do caminho.
Quando Deus trouxe o seu servo Abraão para a posição separada de um estranho numa terra estranha, não demorou muito para que Ele lhe dissesse: “Erguei agora os teus olhos e olhai para o norte e para o sul. e para o leste, e para o oeste, por toda esta terra eu darei a você e à sua semente para sempre”, como se para consolar e alegrá-lo no lugar de sua estada pela imagem e a promessa que o cumprimentou. De igual modo, vós filhos do crente Abraão, vós que deixastes tudo por amor a Cristo, considerai a vossa futura herança do lugar do vosso exílio presente - e os vossos corações exultarão muitíssimo! Notaremos, primeiro, o objeto a ser visto - o Rei
6
em Sua beleza! Então, em segundo lugar, a natureza dessa visão, para os nossos olhos: verão o admirável espetáculo. E, em terceiro lugar, chamaremos sua atenção para aqueles a quem esse favor será concedido. O contexto nos ajudará a descobrir de quem é o Senhor que fala quando Ele diz: “Seus olhos verão o Rei em Sua beleza”. Nem todos os olhos, mas seus olhos verão o Rei em Sua beleza. Qual é essa visão que é aqui prometida ao povo de Deus? Eles devem ver o rei.
I. O REI EM SUA BELEZA. O Rei - um doce título que pertence a nosso Senhor Jesus Cristo como Sua exclusiva prerrogativa, coroado com a coroa de espinhos uma vez, mas agora usando o diadema da monarquia universal! Outros reis existem, mas o deles é apenas um título temporário para a precedência temporal entre os filhos dos homens. Eu quase disse que a deles era uma soberania imitadora. Ele é o verdadeiro Rei - o Rei dos reis - o Rei que reina para sempre e sempre! Ele é o Rei, porque Ele é Deus. Jeová reina. O Criador da Terra deve ser seu Rei. Aquele em cujas mãos estão os lugares profundos da terra e a força das colinas - Aquele por quem todas as coisas existem e todas as coisas consistem - Ele deve necessariamente reinar! O governo estará sobre os seus ombros. Seu nome será chamado Maravilhoso,
7
Conselheiro, o Poderoso Deus. Do próprio fato de que Ele é o Filho de Deus, a imagem expressa da glória de Seu Pai, Ele deve ser o Rei! Porque Ele condescendeu em velar-se em nossa carne, Ele deriva um segundo título para o reino - Ele é Rei agora por seus méritos. Por isso Deus também o exaltou e lhe deu um nome que está acima de todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho das coisas do céu, e da terra, e debaixo da terra! Para o sofrimento da morte, Ele foi feito, por um pequeno tempo, mais baixo do que os anjos, mas agora, vendo que Ele foi obediente até a morte, a morte da cruz, Ele obteve um nome mais excelente que os anjos e Ele é coroado de glória e honra. Ele é cabeça sobre todas as coisas agora. Nele habita toda a plenitude da divindade corporalmente. Regozijamo-nos por refletir sobre Ele como Rei por natureza e depois como Rei sobre um reino que Ele herdou por direito divino. Ele é rei neste momento em virtude das conquistas que ele fez, tendo arruinado os principados e potestades das trevas. Neste mundo Ele lutou a batalha e tão bravamente Ele lutou que pôde dizer: “Está consumado”. Ele fez um fim do pecado! Ele fez a reconciliação pela iniquidade! Ele pisoteou a morte e o inferno sob os Seus pés, e agora Ele é o Rei pela força dos braços. Ele entrou na casa do homem forte, lutou com ele e o derrotou, pois Ele é mais forte que ele. Ele levou cativo o
8
cativeiro e subiu ao alto - Rei dos reis e Senhor dos senhores. Além disso, Ele reina supremamente em alguns de nossos corações. Nós cedemos ao domínio de Seu amor. Nós nos alegramos em coroá-lo. Nunca nos sentimos mais felizes do que quando nossos corações e línguas estão cantando - "Traga o diadema real e coroai-o Senhor de todos". Confio que há muitos mais entre vocês que ainda não cederam; quem ainda entregará seus corações ao poder dEle. Províncias frescas serão adicionadas ao Seu Império; as novas cidades de Mansoul abrirão seus portões para que o Príncipe Emanuel possa entrar, e possa sentar-se em triunfo lá. Oh, que assim seja, pois uma multidão que nenhum homem pode contar alegremente reconhecerá o Seu poder e beijará o Filho, para que ele não fique zangado.
Mas marque, o limite de Seu poder não está de acordo com a vontade do homem, pois onde Ele não reina pelo consentimento jubiloso de Seu povo e a poderosa conquista de Seu amor, Ele ainda exerce domínio absoluto! Até os ímpios são seus servos! Eles devem ser feitos de uma maneira ou de outra para servir à Sua glória, pois Ele deve reinar até que Ele coloque todos os inimigos sob Seus pés. Por que a ira pagã e as pessoas imaginam uma coisa vã? O rei é ungido no monte sagrado de Deus de Sião. Rei Ele é. Ele
9
tem um pouco na boca de Seus adversários mais violentos e Ele os transforma de acordo com sua própria vontade. O que, embora com homens mistos de crueldade e raiva, atacam o evangelho de Cristo, eles lutam em vão para frustrar o decreto divino! De maneiras misteriosas e desconhecidas para nós, o Senhor afirma Sua própria supremacia. Ele reina mesmo onde os governantes conspiram e as pessoas se rebelam contra ele! Amados, a soberania de nosso Senhor Jesus Cristo, à qual Ele tem direito por herança, é devida a Ele por Seus méritos e pela reivindicação de Suas conquistas - esse reino de Cristo se estende sobre todas as coisas. Ele é o Senhor universal. Neste mundo Ele é regente em todos os lugares. Por Ele todas as coisas existem e consistem. Quando penso nEle, parece-me que o mar ruge em Seu louvor e as árvores das florestas se alegram em Sua presença. Não há uma gota de orvalho que cintila na flor ao nascer do sol, que não reflita sua generosidade. Não há uma avalanche que caia de seus alpes com estrondo trovejante, que não ressoe com sinais de seu poder. O Grande Pastor reina! O senhor é rei! Assim como José foi feito governador de toda a terra do Egito, assim também, de acordo com a palavra de Jesus, todo o povo é governado. Ele tem todas as coisas colocadas debaixo de Seus pés, pois foi dEle que o profeta cantou: "Você O fez um pouco" - (ou
10
como a margem tem, um pouquinho) - "menor que os anjos, e o tem coroado com glória e honra. Tudo puseste debaixo de seus pés, todas as ovelhas e bois, e as feras do campo, as aves do céu, os peixes do mar, e tudo o que passa pelas veredas dos mares”. Todas as coisas são submetidas ao homem, mas vemos a Jesus, que, pelo sofrimento da morte, foi feito, por um pouco, inferior aos anjos, coroado de glória e honra. Nesta hora Ele governa na terra. A morte e o inferno estão sob o seu cetro. Satanás e os espíritos que seguiram sua liderança mordem suas correntes de ferro enquanto confessam que o poder do Senhor divino é primordial. Ele pode esmagar seus inimigos e quebrá-los com uma vara de ferro como vaso de oleiro. Seu grande poder é sentido e temido. Mas, oh, lá no céu, onde os raios cheios de Sua glória são revelados, Ele reina em esplendor incomparável! Os anjos adoraram quando ele foi trazido como o Unigênito para o mundo. Assim falou o oráculo: “Que todos os anjos de Deus o adorem.” Serafins e querubins, não são seus mensageiros? Ele os faz como chamas de fogo. Os remidos pelo sangue, o que eles poderiam fazer? Qual é a sua alegria, sua ocupação, seu deleite, senão cantar para sempre: "Digno é o Cordeiro que foi morto de receber honra, glória, domínio e poder"? Oh, não nos diga de imperadores - há apenas uma cabeça imperial!
11
Não nos diga de monarcas, pois a coroa pertence ao abençoado e único potentado! Só ele é rei. Como tal, pensamos nEle e esperamos que Ele apareça, quando saudarmos o Rei em Sua beleza! Eu amo ver seus cortesãos. Essa é uma hora feliz em que posso conversar com alguém que tem ouvido do meu Mestre. Adoro ver as orlas de Suas vestes quando venho em comunhão com Ele à Sua mesa. Eu amo pisar em seus tribunais. Eu adoro ouvir a sua voz, embora eu ainda não possa ver a face daquele que fala comigo! Mas ver o rei - ver o próprio rei! Ah, alegria indescritível! Vale a pena, no entanto, ter uma boa esperança de ver uma visão tão resplandecente da glória de Deus! Observe bem a promessa: "Seus olhos verão o Rei em Sua beleza". Isso não nos sugere que o Rei foi visto, embora não em Sua beleza? Ele foi visto na terra como o profeta predisse: “Desprezado e rejeitado pelos homens, um homem de tristezas e familiarizado com a tristeza”. E, como visto então, nos é dito que não há beleza para que possamos desejá-Lo. Houve uma época em que muitos ficaram espantados com ele. Seu rosto era mais desfigurado do que de qualquer homem e Sua forma mais do que dos filhos dos homens - isso foi no dia de Sua humilhação. Mas ainda estamos para ver o Rei em Sua beleza, e eu sei, amado, que em parte essa visão irradia, mesmo agora, espíritos diante do trono de Deus.
12
Eu não diria exatamente que eles têm olhos, pois deixaram esses órgãos de sentido para detrás deles. Eles não receberam a plenitude desta promessa - mas em certa medida eles veem a beleza do Rei, aquela beleza que Seu Pai colocou sobre Ele, agora que Ele subiu ao alto e retornou ao Pai, tendo obedecido a todos os Seus preceitos e cumpriu toda a Sua vontade. Seu pai já o recompensou. Ele está entronizado à destra da Majestade nas alturas Ele é louvado e adorado! Não é uma visão pequena para nossos espíritos contemplarem e adorarem. Mas lembre-se que os espíritos no céu, sem nós, não podem ser aperfeiçoados, diz o apóstolo. Eles estão esperando pela adoção - a saber, a redenção do corpo - esperando pela trombeta da ressurreição. É então, penso eu, que esta bendita esperança será plenamente verificada: “Seus olhos verão o Rei em Sua beleza”. Como Jó diz: “Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra. E depois de consumida a minha pele, contudo ainda em minha carne verei a Deus, Vê-lo-ei, por mim mesmo, e os meus olhos, e não outros o contemplarão; e por isso os meus rins se consomem no meu interior.” Nossos corpos ressuscitarão dos mortos - “Estes os olhos o verão naquele dia, o Deus que morreu por mim - e todos os meus ossos levantados dirão: Senhor, quem é semelhante a Ti?” Das
13
câmaras escuras da sepultura, sairemos com toda a companhia dos fiéis comprada pelo sangue. Então vamos ver o rei em sua beleza! Que beleza isso será! Buscamos firmemente o Seu aparecimento quando Ele vier pela segunda vez! Esta manifestação pessoal deve ser bem-vinda aos santos. Vê-lo, então, deve ser para ver sua beleza! Nossos sentidos, aliviados da fraqueza, serão dotados de plena capacidade! Nossas graças, sendo aumentadas, nossos espíritos serão vivos e vigorosos para apreciar Sua pessoa maravilhosa! Como Deus e homem nós acreditamos agora nele, mas quão pouco nossa fé pode antecipar a visão! Nós reconhecemos o mistério que ainda é revelado. Quão pouco somos afetados pela maravilhosa informação que deve surpreender os anjos - que o infinito pode ser unido ao finito, que a Divindade pode estar em perfeita união com a humanidade - a sarça da humanidade queimando com o brilho da Divindade, não assim consumido! É incomparável que o Eterno se ligue a uma carne finita; que deveria se pendurar no peito de sua mãe Aquele que sustenta as colunas do universo! Conjunção estranha! Até que acordemos à Sua semelhança, nunca entenderemos completamente. Oh, como o assombro se transformará em admiração ao contemplarmos Aquele que tem uma natureza com a qual estamos
14
familiarizados e, ainda assim, a própria divindade que nenhum homem viu ou pode ver! Que grandeza de se ver! Que arrebatamento experimentar quando nossos olhos veem o Rei em Sua beleza! A visão nos subjugará.
Mas em outros aspectos além do que é essencial para sua dignidade real, o espetáculo será ilustre. Na hora da conquista Ele tomará posse de um trono que nenhum rival ousa disputar. Judas estará lá, mas ele não pensará em traí-lo. Pilatos estará lá, mas ele não pensará em questioná-lo. Os judeus estarão lá, mas não clamarão: "Crucifica-o". Os romanos estarão lá, mas não pensarão em arrastá-lo para a execução. Seus inimigos naquele dia lamberão o pó! Eles serão como palha perante o redemoinho no dia da Sua vinda! E qual será o esplendor de Sua glória quando Ele for proclamado Rei dos reis em Sua beleza, com todas as insígnias de Seu poder real! Ele também terá a beleza do desfile triunfal, pois assumirá o cargo de juiz dos vivos e dos mortos. Então soará a trombeta, e toda a solene pompa do grande exército o rodeará ao redor. O relâmpago vívido irá brilhar através do universo e o rugido de Seu trovão despertará os mortos, enquanto uma convocação irresistível os obrigará a aparecer diante de Seu terrível tribunal! Do seu olhar penetrante, nenhuma criatura será escondida, e
15
todo olho o verá. Também aqueles que o traspassaram e todas as tribos da terra chorarão por causa dele. Mas para nós, essa pompa terrível não será terrível, mas um acessório adequado no qual Sua beleza real é exibida! Admiraremos a mão que segura o cetro, pois a reconheceremos como a mesma mão que outrora foi perfurada por nós. Admiraremos a voz que condena os ímpios e lhes diz: "Apartai-vos!", Pois essa voz pronunciará as nossas boas-vindas, dizendo: "Vinde benditos". Admiraremos o redil do Pastor, na qual Ele separará as ovelhas das cabras, pois isso nos distribuirá a felicidade eterna, embora deva rejeitar as cabras ao seu destino eterno! Três vezes feliz e muito abençoado estaremos nesse dia! Terror e problemas serão o destino do mundo - a confiança e o triunfo serão então a porção dos santos! Ele deve ser admirado em todos os que acreditaram! E quando esse julgamento final tiver cumprido o seu propósito destinado, Ele será em Sua beleza visto como o conquistador de todo o mal, o conquistador do pecado, da morte e do inferno. O último inimigo que será destruído é a morte. Como o veremos em sua beleza quando a própria morte morrer! Não posso tentar descrever essa beleza. É muito deslumbrante para mim imaginar. Eu sonhei com isso algumas vezes em solilóquios sagrados. Minha fé tentou compreender os fatos
16
que nos são revelados pelo Seu Espírito. Ainda assim, a língua não pode dizer tanto quanto o coração concebeu. Há palavras indescritíveis que nos saúdam em ocasiões de êxtase que não é lícito declarar. Sempre que somos levados ao terceiro céu em meditação arrebatadora, temos apenas pequenas notícias para contar aos homens. Mas quão inconcebível para nós, agora, é a glória de Cristo como será quando todo o Seu povo estiver presente com Ele no céu! Eu não toquei na era milenar ou na glória dos últimos dias. Seus pensamentos podem preencher a vaga. Mas qual será a beleza de Cristo no céu naquele dia “quando ele exibir as suas joias”? Quais são as joias do nosso rei, senão o seu povo redimido? Quais serão os ornamentos de Seu estado, senão aqueles para quem Ele derramou Seu sangue? E quando eles estiverem todos lá, então veremos o Rei em Sua beleza com todas as Suas joias. Beleza! A beleza de um pastor reside muito em seu traje simples. A beleza de uma mãe - muito disso é para ser vista quando ela aparece no centro de uma família feliz e amável. Assim, além de qualquer dúvida, a beleza de Cristo será mais evidente quando todos os Seus santos estiverem com Ele! Eu estava em companhia de algumas pessoas boas ultimamente, que estavam discutindo a questão de saber se deveríamos ver os santos no céu. Eu não sei se eles resolveram a questão para
17
sua satisfação, mas eu resolvi muito bem a minha. Espero ver e conhecer todos os santos, reconhecê-los e regozijar-me com eles - e isso sem o menor preconceito de eu estar totalmente absorvido aos olhos de meu Senhor! Deixe-me explicar-lhe como isso pode ser. Quando fui outro dia, na sala de visitas de um amigo, observei que por todos os lados havia espelhos. Todas as paredes estavam cobertas de vidro - e em todos os lugares que eu olhava, ficava vendo meu amigo. Não era necessário que eu fixasse meus olhos nele, pois todos os espelhos refletiam-no. Assim, irmãos e irmãs, parece-me que todo santo no céu será um espelho de Cristo, e que ao olharmos para todos os entes queridos, olhando em volta para todos eles, veremos Cristo em cada um deles, então ainda estaremos vendo o Mestre nos servos, vendo a cabeça em todos os membros! Sou eu neles e eles em mim. Não é assim? Será o mestre inteiro. Esta é a soma total do céu - "Seus olhos verão o Rei em Sua beleza" - e eles verão a beleza do Rei em todo o Seu povo! Nem parece que a manifestação será sempre retirada, ou que jamais deixaremos de ver a beleza de nosso Rei. Existe a misericórdia. "Seus olhos verão o Rei em Sua beleza", assim por diante, e assim por diante, para sempre, discernindo mais e mais a beleza, a inesgotável beleza e esplendor do Sol da Justiça, mundo sem fim! O tema cresce sobre
18
nós. Nós devemos nos conter. Nós podemos, senão roçar a superfície como a andorinha faz o riacho. Agora, quanto a –
II. A NATUREZA DESTA VISÃO, sabemos que é no futuro. “Seus olhos verão o Rei em Sua beleza”. Seus pobres pecadores devem se contentar em ver o Rei em Sua majestade. Almas felizes que vêm ver Jesus na cruz! Oh, é alegria para eles olharem para Ele e serem salvos! Eis o Cordeiro de Deus! Eis o Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo! Pobre alma doente do pecado, você está olhando para Jesus para ser salvo? Se é assim no presente, então no futuro você o verá em Sua beleza! Será uma visão para todos. Seu senso natural deve discernir o verdadeiro Salvador: “Seus olhos verão o Rei em Sua beleza”. Não é apenas sua percepção espiritual, mas seus olhos naturais. Jó não expressa essa convicção “a quem meus olhos verão”? Oh, sim, não como agora é com esta carne e sangue, mas ainda com este corpo! Eu chamo de um corpo vil às vezes, minha pobre carne e sangue, e você também chama assim. No entanto, em sua origem havia algo de bom e em seu destino há algo melhor: "osso de seus ossos e carne de sua carne." Nascido de uma mulher como você era, e alimentado com pão como você deve ser, e embora o vermes lhe devorem, mas você deve
19
ressuscitar novamente! Ó corpo, você é agora mesmo o templo de Deus! Não sabeis vós que os vossos corpos são membros de Cristo? Não sabeis vós que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo? Estes olhos o verão! Eles podem estar chorando, olhos doloridos, olhos cansados e olhos sonolentos, sim, ou até mesmo olhos cegos, ou seus olhos falhos nos quais a cortina está sendo descida sobre você - seus olhos verão o Rei! Quando o céu estiver à vista, não haverá necessidade de óculos para ajudar a sua visão. Seus olhos, todos fortalecidos para suportar a luz, como os olhos da águia quando o sol brilha em sua força - "Seus olhos verão o Rei em Sua beleza". Será uma visão pessoal. “A quem meus olhos verão, e não outro”. Não será outra pessoa repetindo o testemunho de outra pessoa: “Sim, eu O vejo”. Gosto de ouvir o que João viu, mas eu prefiro ter o privilégio de João! Nós seremos como João e iremos, nós mesmos, contemplá-lo. Você pode perceber isso? Você se lembra do Progresso do Peregrino de Bunyan como Misericórdia enquanto dormia, e Cristão perguntou-lhe o que a fez rir tanto. Misericórdia respondeu que ela tinha visto uma bela visão. Não é suficiente nos fazer rir em nosso sono, pensar que "seus olhos verão o Rei em Sua beleza"? Pensar que esta cabeça deve usar uma coroa; que estas mãos segurem as palmas das mãos; que estes pés estarão sobre o globo
20
transfigurado; que estes ouvidos ouvirão as sinfonias da eternidade e que esta língua ajudará a inchar o coro eterno! Oh, quem não se alegraria? Este é o vinho que, ao descer, faz os lábios daquele que bebe falar. Oh, que todos nós possamos ter uma visão pessoal do Rei em Sua beleza! E será uma visão próxima, porque será clara e distinta. “Seus olhos verão o Rei em Sua beleza”. Isso não implica uma visão distante de um objeto remoto - uma visão obscura do esplendor deslumbrante, mas você o verá tão próximo que poderá discernir cada característica de Sua pessoa. , toda fase de sua beleza! Você deve discernir todas as insígnias de Seus ofícios, Suas conquistas, Seus títulos, Seu domínio e Sua glória! Agora você só vê uma imagem dEle refletida como num espelho, sombriamente - então você O verá face a face! Oh, que a cortina possa ser removida, o véu rasgado, a visão desdobrada! Será uma visão deliciosa. Quando Ele aparecer em Sua beleza, não podemos usar as vestes do nosso luto e tristeza. Como Ele é, nós também somos neste mundo. Como ele será revelado, assim seremos também nesse mundo! “Ainda não aparece o que seremos, mas sabemos que quando Ele aparecer, seremos como Ele, pois o veremos como Ele é.” Assim seremos formosos quando o vermos em Sua beleza! Ele nos dirá: “Todos são justos, meu amor; não há um ponto falho em
21
você.” Oh, o deleite, a pura alegria sem nuvens, reflexiva como a luz do céu! Que introdução à felicidade eterna será quando seus olhos virem o Rei em Sua beleza! Não há período, sem final, sem fim. Este não é um espetáculo transitório. Sua beleza nunca desaparece. Nosso festival nunca pode terminar. Enquanto Ele aparecer em Sua beleza, nós O veremos e nos enamoraremos de Sua amabilidade! Não está escrito: "Porque eu vivo, você deve viver também"? Sem o Seu povo, sem o complemento dos Seus santos com Ele, Ele não seria um Cristo completo a qualquer momento. “Não sabeis vós que a Igreja é a plenitude daquele que enche tudo em todos?” Assim, todos os Seus discípulos devem estar para sempre com Ele, e eles devem sempre ver Seu rosto e ser participantes de Sua glória!
III. A QUEM É ESTA VISÃO DADA? Encontramos uma descrição notavelmente completa dessas pessoas. Leia o versículo 15. Sua marcha ordinária os distingue. “Aquele que anda em retidão.” “Os puros de coração verão a Deus.” Mas se o seu comportamento o desonra, quão profunda será a sua desonra? Criaturas profanas nunca verão um Deus santo! Não é possível! Oh, pecadores, o que você acha disso? Você deve ser mudado! Você deve estar limpo! Você deve ser convertido! O Espírito Santo deve
22
regenerar você! Você deve nascer de novo! Caso contrário, você não pode andar em pé ou ficar na presença do Rei em Sua beleza! Ao lado disso, eles são conhecidos pelo seu discurso, “e fala retamente”. Nenhum mentiroso entrará no céu. Os que falam lascivamente, os que juram profanamente, os cantores de canções ociosas, os que emprestam os seus lábios para caluniar, injuriar os seus próximos e circulam maus relatos em malícia - estes e tais como estes não podem ter herança no reino de Deus! Oh, que o Senhor lave suas línguas, lave suas bocas e torne-os doces e limpos; caso contrário, nunca cantarás as canções do céu. "Aquele que anda em retidão e fala retamente" é até agora aprovado. Mas que ele dê atenção ao seu caráter comercial, pois é dito ainda: “Aquele que despreza o ganho das opressões” ou, como a margem diz, o engano. Um homem que consiga dinheiro espremendo outros, oprimindo os pobres por barganhas difíceis, não desfrutará da visão beatífica. Se você compra e vende, e ganha por mentir, por falsos pretextos, por truques do ofício - sim, até mesmo pelos costumes que são comumente permitidos, embora parecessem fraudulentos se completamente expostos - você não terá herança no reino. de Deus! Como você pode ser gentil quando não é honesto? Aquele que não é capaz de segurar a balança levemente, medir um quintal plano, ou fazer uma conta
23
equitativamente, pode tremer ao ser equilibrado na balança do santuário! Quando estes são pesados, eles serão achados em falta. A integridade completa deve resistir ao teste do desinteresse. “Aquele que abala as mãos de sustentar subornos.” Alguns homens não podem deixar de preferir a moeda à consciência. Esse é o caminho do suborno. O óleo de palma foi largamente usado quando Isaías escreveu. Ainda está muito em voga - talvez não tanto neste país como em outros - mas há muitas maneiras de receber subornos além de vender o voto na cabine de votação. Quantos homens são subornados por um sorriso ou uma coroa - subornados ao rompimento do sábado - subornados às loucuras do mundo - subornados não sei de qual erro! Mas jogue um xelim na mão de um homem consciencioso e ele o sacode da mão! Ele não gosta da sensação disso. Ele é como Paulo, que sacudiu a víbora no fogo. Então, o homem que vai ver o rei em sua beleza, evita que sua mão receba subornos. Além disso, "Ele impede seus ouvidos de ouvirem falar de sangue". Ele não gosta de ouvir falar de crueldade, de indignação ou de provocar a dor em outros. Ele para seus ouvidos - ele não escutará nenhuma proposta para gratificar um ressentimento ou buscar uma vantagem pessoal pela qual seu próximo seria ferido. Neste mundo perverso, muitas vezes é sábio
24
parar os ouvidos. Um surdo é uma grande bênção quando há conversas vis no bairro. O bom homem que assim guarda as mãos e os pés, a língua e os ouvidos também é conhecido pelos seus olhos. "Ele fecha os olhos para não ver o mal." Ele evita as tentações que uma curiosidade vaidosa iria expô-lo. Oh, se a nossa mãe Eva tivesse fechado os olhos quando a serpente apontou-lhe o fruto proibido na árvore! Oh, que ela fechasse os olhos para isso! Oh, que ela dissesse: "Não, eu nem vou olhar para isso". Olhar leva ao desejo e o desejo leva ao pecado. Você diz: "Não pode haver mal em olhar, apenas para ver por si mesmo - não nos dizem para provar todas as coisas?" "Apenas venha aqui, jovem", diz o tentador, "você não sabe o que é a vida! Uma noite será suficiente para mostrar-lhe um pouco de alegria e deixá-lo ver como a brincadeira é realizada. Você não precisa compartilhar, você sabe. Você pode aprender uma coisa ou duas com a qual nunca sonhou antes. Certamente um homem não é para o mundo passar por um bebê - basta vir por uma ou duas horas e olhar!” “Ah, não”, diz o homem cujos olhos devem ver o Rei em Sua beleza -“ a árvore do conhecimento do bem e do mal nunca trouxe bem a nenhum homem, então, por favor, me deixe em paz! Eu fechei meus olhos ao vê-lo. Eu não quero participar, nem mesmo como espectador. Eu não me importo de olhar para
25
aquilo que Deus não vai olhar sem aversão! Eu sei que o Seu amor colocou os meus pecados nas costas dele - o que, então, Ele coloca nas costas dele, devo colocar diante do meu rosto? Isso foi ingratidão, de fato!” Talvez você diga: “Bem, se este é o caráter de tal que verá o Rei em Sua beleza, eu nunca irei para o padrão.” “Não, mas você deve, caso contrário você nunca irá desfrutar da visão beatífica.” “Mas eu não posso me converter depois dessa moda.” Eu sei que você não pode, mas existe Alguém que pode! Jesus Cristo não veio ao mundo para nos tornar novas criaturas? É o Seu objetivo e intenção - “Eis que faço novas todas as coisas”. Ele muda um homem, dá-lhe novos desejos, novos anseios e novas esperanças. E ele pode mudar você! Deixe-me perguntar-lhe, você já viu, pela fé, o rei? Você já olhou para Jesus na cruz e já reconheceu que Jesus Cristo, se Ele quer ser seu Salvador, deve ser seu Rei? Você diz que acreditou em Jesus. Sim, mas você O levou para ser seu Rei? Você quis obedecê-lo e confiar nele? Você pretendia servi-lo, bem como se apoiar nele? Lembre-se, você não pode ter metade de Cristo. Você não pode tê-lo como seu Redentor, mas não como seu Governante! Você deve tomá-lo como ele é. Ele é o Salvador, mas Ele salva o seu povo dos seus pecados. Agora, se você já viu Cristo como seu Salvador, você viu a beleza nEle. Ele é adorável aos seus olhos, pois a
26
visão mais adorável do mundo para um pecador é o Seu Salvador! "Quais são as últimas notícias", disse um certo escudeiro a um companheiro, acostumado a caçar com ele, que havia chegado à Metrópole - "quais são as últimas notícias que você ouviu em Londres?" as melhores notícias que já ouvi”, foi a resposta rápida, “é que Jesus Cristo veio ao mundo para salvar os pecadores.” “Tom”, ele disse, “acho que você é louco!” “William”, disse Tom, “Eu sei que você é. Eu só queria que você estivesse curado de sua insanidade como, pela graça de Deus, eu tenho sido!” Oh, que nós pudéssemos, senão todos nós conhecermos Jesus Cristo em Sua beleza, e pudéssemos, cada um de nós, regozijarmo-nos nEle como aqueles que estão encantados com a visão! Se você não tiver os olhos abertos, não poderá ver o Rei em Sua beleza. Mas se eles estão abertos agora para que você cumprimente Jesus como seu Rei e veja a beleza nEle, então, qualquer que tenha sido sua vida anterior, seus pecados são perdoados - eles são apagados! O sacrifício de Seu Salvador, que ofereceu tal satisfação a Deus por seus pecados, dará um doce consolo à sua consciência. Pela graciosa ajuda do Espírito Santo, você começará uma nova carreira e começará uma nova vida! Seja assim e, a partir daí, você deixará de ver os com olhos, impedirá que seus ouvidos escutem, sacudirá as mãos de toda a iniquidade e desviará
27
seus pés para viver a vida em que vivem. Você deve começar uma nova carreira e começar uma nova vida! Pela fé do Filho de Deus, para Sua honra e glória! Assim os vossos olhos, pobres pecadores - e tristes olhos como podem ser agora - seus olhos verão o Rei em Sua beleza! O Senhor conceda que nós, todos nós, tenhamos um presente sincero e uma futura fruição desta promessa deleitável, por causa do Seu nome. Amém.

Publicado no site: O Melhor da Web em 12/05/2019
Código do Texto: 139905
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):