Espaço Literário

O Melhor da Web

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
kuryos - Silvio Dutra
Silvio Dutra
Cadastrado desde: 29/08/2012

Texto mais recente: Lutando Contra o Pecado



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de Silvio Dutra , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=6704

 
Textos & Poesias || Evangélicas
Imprimir - Impressora!
Imprimir
A Providência de Deus
15/05/2019
Autor(a): Silvio Dutra
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
A Providência de Deus


Sermão nº 3114
Por Charles H. Spurgeon (1834-1892)
Traduzido, Adaptado e
Editado por Silvio Dutra
Mai/2019
2
S772
Spurgeon, Charles H.- 1834-1892
A providência de Deus / Charles H. Spurgeon
Tradução e adaptação Silvio Dutra Alves – Rio
de Janeiro, 2019.
29p.; 14,8 x21cm
1. Teologia. 2. Pregação. 3. Alves, Silvio Dutra.
I. Título.
CDD 252
3
“15 Vi os seres viventes; e eis que havia uma roda na terra, ao lado de cada um deles. 16 O aspecto das rodas e a sua estrutura eram brilhantes como o berilo; tinham as quatro a mesma aparência, cujo aspecto e estrutura eram como se estivera uma roda dentro da outra. 17 Andando elas, podiam ir em quatro direções; e não se viravam quando iam. 18 As suas cambotas eram altas, e metiam medo; e, nas quatro rodas, as mesmas eram cheias de olhos ao redor. 19 Andando os seres viventes, andavam as rodas ao lado deles; elevando-se eles, também elas se elevavam.” (Ezequiel 1: 15-19)
Em minha pregação, eu estou constantemente falando sobre providência, então eu pensei que seria bom dedicar um sermão inteiro para explicar o que eu acredito serem os grandes processos de trabalho de maravilha de Deus que nós chamamos de “providência”. Ao procurar um texto adequado, Eu encontrei este. Essas "rodas" significam providência divina e eu confio, enquanto as explico, posso ser tão auxiliado pelo Espírito de Deus que eu posso lhe
4
dizer muitas coisas sobre o governo de Deus que pode levantar qualquer um que esteja desanimado e erguer as almas de muitos que estão aflitos.
I. Indo de uma vez para minhas divisões, minha primeira observação será que a PROVIDÊNCIA ESTÁ AQUI comparada a uma “RODA”.
Quando o profeta tinha “contemplado as criaturas viventes”, que eu considero eram anjos, ele abriu os olhos novamente e ele viu uma maravilhosa ilustração da providência divina; e esta exposição estava na figura de uma roda. Você deve saber que este não é o único lugar onde esta comparação deve ser encontrada, pois os Romanos e os Gregos estavam acostumados a comparar a maravilhosa obra de Deus na providência às revoluções de uma roda.
A história diz que certo rei, sendo feito prisioneiro, foi amarrado em correntes e arrastado nas rodas de carro de seu conquistador. Enquanto caminhava, ele continuou olhando para o volante e derramando lágrimas, e depois para o volante, novamente, erguendo os olhos e sorrindo. O conquistador se virou e disse: “Por que você está olhando para essa roda?” Ele disse: “Eu estava
5
pensando, tal é o destino do homem; agora mesmo eu estava aqui, agora estou lá; mas logo eu posso estar aqui novamente no topo da roda, e você pode estar moendo a poeira.” Isso foi bom para um pagão. O profeta teve a mesma ideia; pois lhe foi permitido por Deus ver que a roda é uma figura muito bela da providência divina. Deixe-me mostrar a você que é assim.
Acabei de sugerir uma razão pela qual a providência é como uma roda; porque às vezes uma parte da roda está no topo e depois está no fundo. Às vezes esta parte é exaltada e logo afunda até a poeira. Então ela é levantada no ar e, novamente, por uma única revolução, é trazida de volta à terra. Então é com a nossa vida. Às vezes estamos em humilde pobreza e mal sabemos o que faremos pelo pão. Logo a roda gira e somos trazidos para o conforto da riqueza; nossos pés estão em um quarto espaçoso, somos alimentados com trigo e vinho; nós bebemos de um copo transbordando sua borda. Mais uma vez somos abatidos pela aflição e fome. Um pouco e outra página é virada; e somos exaltados aos céus e podemos cantar e nos regozijar no Senhor nosso Deus! Não tenho dúvidas de que muitos de vocês aqui experimentaram uma vida muito mais confusa do que eu e, portanto, vocês podem sentir que sua vida tem sido como uma “roda”. Ah, homem! Você é forte, grande e rico!
6
Você pode agora estar na parte mais alta dela, mas é uma roda e você ainda pode ser abatido. E vocês pobres que estão deprimidos e abatidos; os que choram porque não sabem onde porão a cabeça; essa roda pode girar e você pode ser levantado! Nossa própria experiência nunca é uma coisa obsoleta. Está sempre mudando, sempre voltando. A mosca que está agora na borda da roda pode ser esmagada pela sua próxima revolução. O mundo pode clamar, “Hosana”, ao seu ministro, hoje, e no dia seguinte pode dizer: “Crucifica-o, crucifica-o”. Tal é o estado do homem. Providência é como uma roda! Você sabe que em uma roda há uma porção que nunca muda de posição e que é o eixo central. Então, na providência de Deus, há um eixo que nunca se move. Cristão, aqui está um pensamento doce para você! Seu estado está sempre mudando; às vezes você é exaltado e às vezes deprimido; ainda há um ponto estático em seu estado. O que é esse eixo? Qual é o pivô em que todo o maquinário gira? É o eixo do amor eterno de Deus para com o povo do pacto. O exterior da roda está mudando, mas o centro fica fixo para sempre. Outras coisas podem se mover, mas o amor de Deus nunca se move; é o eixo da roda! Esta é outra razão pela qual a providência deve ser comparada a uma roda. Ainda mais. Você observa quando a roda se move muito rapidamente, você não pode
7
discernir nada além do círculo exterior. Então, se você olhar para trás para a história e ler a história de mil anos, você coloca a roda da providência girando rapidamente e perde de vista todas as pequenas coisas que estão dentro do círculo. Você vê apenas uma grande coisa e é que Deus está trabalhando no mundo com seus propósitos eternos. Você se senta e pega um livro de história; dizem a história da Inglaterra; e você dirá de um evento: "Agora, isso parece estar fora de lugar." Você diz de outro: "Isso parece estar fora do tempo". Outro: "Isso parece ser adverso à causa da liberdade". Olhe através de mil anos e aquelas coisas que pareciam como se esmagassem a liberdade em seu germe; Aquelas coisas que pareciam como se elas pudessem destruir isto, nossa comunidade, em nosso próprio surgimento, foram aquelas que fizeram com que o robusto carvalho da liberdade tomasse uma raiz mais profunda! Tome o todo junto, em vez de tomar os eventos um por um; olhe para mil anos e você não verá nada além de um anel redondo de simetria ensinando a você que Deus é sábio e que Deus é justo. Então deixe estar com você em suas vidas. Aqui você está se preocupando com problemas hoje. Pense também no passado; coloque todos os seus problemas juntos e eles não são problemas em tudo! Você verá que um neutraliza o outro. Se você tirar sua vida; não
8
hoje, somente, mas olhe para trás em 40 anos; você será obrigado, em vez de lamentar e lamentar, a abençoar a Deus por Suas misericórdias para com você. Deixe a roda girar e você não verá nada além de um anel de sabedoria eterna girando! Acredito ter tornado inteligível a primeira parte do meu assunto; que a providência de Deus é aqui comparada a uma roda.
II. Meu segundo pensamento é que a PROVIDÊNCIA DE DEUS É, EM ALGUMA FORMA MISTERIOSA, CONECTADA COM OS ANJOS. Veja o versículo 15. “Agora, quando contemplei as criaturas vivas.” Então, volte para o versículo 19. “E quando os seres viventes foram, as rodas passaram por eles; e quando as criaturas viventes foram levantadas da terra, as rodas foram levantadas”. Estas criaturas vivas eu acredito serem anjos. E o texto nos ensina que existe uma conexão entre a providência e a agência angélica. Eu não sei como explicar isso. Não sei dizer como é, mas acredito que os anjos têm muito a ver com os assuntos deste mundo. Um anjo cortou as hostes de Senaqueribe e ainda é minha firme convicção de que os anjos são enviados, de alguma forma ou de outra, para realizar o propósito eterno de Deus. A grande roda da providência ainda é girada por um anjo. Quando há algum problema que parece parar
9
aquela roda, algum poderoso querubim coloca seu ombro nele e o arremessa; e faz a carruagem da providência de Deus continuar ainda. Os anjos têm muito mais a ver conosco do que imaginamos. Eu não sei, mas os espíritos às vezes descem e sussurram pensamentos em nossos ouvidos. Tenho pensamentos estranhos, às vezes, que parecem vir de uma terra de sonhos; e visões de fogo que fazem a minha alma quente dentro de mim. Às vezes tenho pensamentos que sei que vêm do Espírito de Deus; alguns que são gloriosos e alguns que não são tão bons, mas ainda santos pensamentos; e eu frequentemente os atribuo aos anjos. Às vezes tenho um pensamento que me anima na angústia; e não foi um anjo enviado para fortalecer a Cristo no Jardim do Getsêmani? Como você acha que o anjo o fortaleceu? Por colocar pensamentos na mente de Cristo! Ele não podia fazer isso de outra maneira; ele não podia fortalecê-lo por um emplastro ou por qualquer meio físico, mas injetando pensamentos santos! Então é isso conosco. Houve uma tentação que poderia levá-lo a se desviar, mas Deus disse: “Gabriel, voe! Há um do Meu povo em perigo; vá e ponha tal pensamento em sua alma que quando o perigo vier, ele dirá, “para trás de mim, Satanás, não terei nada a ver com o pecado”. Nós temos, cada um de nós, um anjo da guarda para participar do
10
significado da passagem, "No céu seus anjos sempre contemplam a face de Meu Pai que está no céu", certamente é que todo cristão tem um anjo da guarda que voa sobre ele e segura o escudo de Deus sobre sua fronte, guarda seus pés para que ele não seja arremessado contra uma pedra, para protegê-lo, controlá-lo, administrá-lo, para injetar pensamentos em sua mente, restringir seus maus desejos e é o ministro e servo do Espírito Santo para afastá-lo do pecado e levá-lo à justiça. Quer eu esteja certo ou errado, deixo você para julgar, mas talvez eu tenha mais angelologia em mim do que a maioria das pessoas tem. Sei que minha imaginação às vezes é tão poderosa que, quando estou sozinho à noite, quase posso imaginar que vi um anjo voar por mim quando saí para pregar a palavra. No entanto, eu entendo que o texto nos ensina que os anjos têm muito a ver com a providência de Deus, pois diz: “E quando os seres viventes foram, as rodas passaram por eles, e quando os seres viventes foram levantados da terra as rodas foram levantadas”. Bendizemos a Deus que Ele tenha feito os anjos espíritos ministradores para ministrarem àqueles que são herdeiros da salvação! III. Minha terceira observação será que a PROVIDÊNCIA É UNIVERSAL. Isso você verá pelo texto. “Vi os seres viventes; e eis que havia
11
uma roda na terra, ao lado de cada um deles.” A roda tinha “quatro faces”. Acho que isso significa uma face para o norte, outra para o sul, outra para o leste e outra para o oeste ; há um rosto para cada trimestre; nos ensinando que a providência é universal, olhando para todos os cantos do globo. Você já esteve em uma casa onde havia uma foto antiga pendurada? Às vezes tenho estado em uma galeria de fotos e tem havido uma pintura de algum antigo guerreiro; e ele olhou diretamente para mim. Se eu fui para o outro lado da sala, ele ainda olhou para mim. Onde quer que você esteja na sala, um retrato bem pintado estará olhando para você. Tal é a providência de Deus; onde quer que você esteja, os olhos de Deus estarão sobre você; tanto sobre você como se não houvesse outra pessoa no mundo inteiro! Se houvesse apenas um, você pode imaginar o quanto Deus olharia para aquele, mas Ele olha para cada um de nós como se não houvesse outro ser criado e nada mais no mundo inteiro! Seus olhos estão fixados em nós a cada hora e a todo momento. Onde quer que estejamos, teremos uma face da roda voltada para nós. Você não pode me banir do meu Senhor. Envie-me para as neves da Sibéria ou Lapônia; Eu terei os olhos de Deus lá. Envie-me para a Austrália e deixe-me trabalhar nas escavações de ouro, e lá Ele vai me visitar. Se você me enviar para o limite máximo do globo,
12
ainda terei os olhos de Deus sobre mim. Coloque-me no deserto, onde não há uma única folha de grama crescendo e Sua presença me animará. Ou deixe-me ir para o mar, em meio aos uivos da tempestade e aos guinchos do vento, onde as ondas loucas levantam suas mãos para os céus como se fossem arrancar as estrelas de seus tronos nublados; e terei os olhos de Deus sobre mim ali! Deixe-me afundar e deixar minha voz borbulhante ser ouvida entre as ondas; deixe meu corpo deitar-se nas cavernas do mar e os olhos de Deus estarão em cada osso! E no dia da ressurreição todos os meus átomos serão rastreados em suas andanças! Sim, os olhos de Deus estão em toda parte; a Providência é universal. Pode haver algumas pessoas aqui que têm amigos longe; deixe-me consolá-los. Os olhos de Deus estão olhando para eles. Pode haver alguns aqui que estão prestes a se separar de entes queridos que estão indo para países distantes. Onde quer que estejam, estarão tanto na guarda de Deus como se estivessem aqui. Se uma parte do mundo não está tão perto da luz do sol como a outra, todas elas estão igualmente próximas aos olhos do nosso Deus; transporte-me para onde quiser, onde quer que o pilar da providência me guie; e eu terei Deus comigo! Esse pensamento confortou o grande viajante, Mungo Park, quando ele estava no deserto do Saara. Ele havia
13
sido roubado e despojado de tudo e foi deixado nu. De repente, ele viu um pedacinho de musgo e, ao subir, viu como era lindo. Ele disse: “Então a mão de Deus está aqui, pois aqui está uma das Suas obras! Embora eu chame em voz alta, ninguém pode me ouvir, pois não há nada além do leão rondante e do chacal uivante; mas Deus está aqui”. Esse pensamento confortou-o e onde quer que você esteja, seja qual for o seu caso, Deus estará com você! Seja qual for o período da sua vida em que você esteja agora, Deus está com você! Seus olhos estão no casamento e no funeral, no berço e no túmulo. Na batalha, os olhos de Deus estão olhando através da fumaça. Na rebelião, há as mãos de Deus administrando as massas de homens que se libertaram de seus governantes. No terremoto, Jeová se manifesta. Na tempestade, há as mãos de Deus jogando o barco, arremessando-o contra as rochas ou salvando-o das ondas turbulentas. Em todas as estações, em todos os momentos, em todos os perigos e em todos os climas, há as mãos de Deus! (Nota do Tradutor: Alguns contestam e negam a providência divina sob o argumento pueril de que caso ela existisse, Deus, sendo onisciente e onipotente poderia impedir todas as ações dos ímpios, especialmente aquelas que atentam contra a vida do seu próximo. Que Deus poderia
14
até mesmo exterminá-los no ato, impedindo que continuassem praticando suas iniquidades na Terra. Ora, caso isto fosse feito na forma imaginada, Deus seria conhecido não como o Deus de amor, misericórdia, paciência e longanimidade que é, mas como um terrível exterminador que não dá a mínima oportunidade de arrependimento aos pecadores, retribuindo-lhes no ato por todas as suas más ações. Além disso, um grande desequilíbrio seria provocado na continuidade da vida organizada na Terra, sobretudo no que diz respeito à realização das atividades profissionais que são necessárias para a manutenção da vida de todos os seres humanos. De modo que somente Deus sabe como equilibrar a aplicação de seus juízos, e determinando e fixando um dia futuro em que depois desta vida, todos terão que comparecer perante Ele para prestarem contas de suas obras más ou boas que praticaram enquanto viviam aqui na Terra.) IV. Minha próxima observação é que a PROVIDÊNCIA É UNIFORME. É apenas uma providência e sempre uma. “Agora, enquanto observava as criaturas vivas, eis que uma roda estava na terra com as criaturas vivas, com suas
15
quatro faces. A aparência das rodas era semelhante à cor de um berilo: e os quatro seres tinham uma semelhança. ”Havia quatro rodas e quatro faces, mas uma semelhança. Havia apenas uma peça de maquinaria e, portanto, somos ensinados que a providência é uma só. Às vezes as providências parecem se cruzar. Uma coisa que Deus faz parece contradizer outra coisa que Ele faz; mas isso nunca acontece. É uma grande verdade de Deus, embora difícil de entender, que a providência é uma só. Basta olhar para o caso de José. Deus tem em mente que José será governador de toda a terra do Egito. Como isso deve ser realizado? A primeira coisa a ser feita é que os irmãos de José devem odiá-lo. “Oh”, você diz, “isso é um passo para trás”. Em seguida, os irmãos de José devem colocá-lo no poço. "Esse é outro passo para trás", você diz. Não, não é. Espere um pouco. Os irmãos de José devem vendê-lo; isso é outro passo para trás, não é? Ah não! A providência é uma e você não deve olhar para suas partes separadas. Ele é vendido; ele se torna um favorito. Por enquanto, tudo bem; isso é um passo em frente! Logo ele é colocado em uma masmorra. Espere e veja o final; todas as diferentes partes da maquinaria são uma. Elas parecem entrar em conflito, mas nunca o fazem. Coloque todos juntos. Se José não tivesse sido colocado no poço, ele nunca teria sido o servo de Potifar. Se ele nunca tivesse
16
sido colocado na prisão, ele nunca teria interpretado os sonhos de seus companheiros de prisão. E se o rei nunca tivesse sonhado, ele não teria sido chamado para ir ao palácio. Havia mil “chances”, como o mundo, trabalhando juntas para produzir a exaltação de José! A providência é uma só; nunca se choca. "Oh", diz alguém, "não consigo entender isso. A Providência parece ser muito adversa para mim.” Eu acho que é a Sra. Hannah More que diz que ela entrou em um lugar onde eles estavam fabricando um tapete. Veja, "Não há beleza lá". O homem disse: "É um dos tapetes mais bonitos que você já viu. Por que, senhora? Você está olhando para o lado errado do tapete”. Então, é muito comum ser assim conosco. Você e eu achamos que a providência é adversa para nós porque estamos olhando para o lado errado! Nós olhamos para o lado errado enquanto estamos aqui, mas quando chegarmos ao céu, veremos o lado certo dos procedimentos de Deus; e quando o fizermos, diremos: “Ó Senhor, quão múltiplas são as tuas obras! Na sabedoria tu fizeste todas elas.” Você algumas vezes ficou confuso ao pensar por que aquele amigo foi trazido para o túmulo, ou você disse,“ Por que eu fiquei doente em tal e tal hora? Por que esse problema e essa calamidade caíram sobre mim?” Isso não é da sua conta; você deve acreditar que todas as coisas funcionam juntas para um grande
17
propósito e que uma coisa nunca cruza outra! Mas você não deve esperar ver isso ainda. Aqui, na Terra, a máquina parece quebrada em pedaços e só podemos vê-la em confusão. Mas no céu veremos tudo junto. Suponha que eu entre em um lugar onde algum grande engenheiro esteja fabricando uma máquina e diga a ele: “Você quer me dizer que isto é uma máquina?” “Sim e uma primorosa será.” “Não parece isto. Eu não consegui juntar tudo.” “Oh, não, senhor, você não poderia, mas eu posso! Venha e veja quando eu tiver reunido, e você verá que cada parte se encaixa em seu devido lugar; que cada roda dentada na roda funcionará na engrenagem de outra roda, e todos os raios se moverão juntos quando eu os ajustar.” Não o critique e diga: “Um é muito pequeno e outro muito grande”, porque você não sabe nada sobre isso. Então, queridos amigos, você e eu nunca podemos ver mais do que partes dos caminhos de Deus. Nós vemos apenas aqui uma roda e outra roda; devemos esperar até chegarmos ao céu; então veremos o lado direito do tapete e então veremos que era uma peça de maquinário, com uma extremidade, um objetivo e um propósito! V. Meu próximo pensamento é que, neste texto, a PROVIDÊNCIA É COMPARADA AO MAR. Olhe o verso 16. “A aparência das rodas e seu trabalho
18
era como a cor de um berilo.” A palavra “berilo” é comumente usada nas Escrituras para denotar o oceano, porque o berilo tem a maior semelhança com aquele verde profundo que você às vezes vê no oceano e, outras vezes, a aparência azul do mar. Vamos nos transportar por um momento até o topo de um penhasco alto e olhar para o oceano barulhento. Tem sido o tema de mil músicas. Ele carregou miríades de frotas em seu peito poderoso, mas lá está, ainda rolando! Se você começar a pensar sobre o oceano, embora seja uma das partes menores das obras de Deus em comparação com as constelações nos céus, e os globos que Ele pendurou no alto, você começa a se perder na vastidão de suas concepções sobre a grandeza das obras de Deus. E assim é com a providência! É como o oceano por outro motivo. O mar nunca está parado; dia e noite, está sempre em movimento. De dia, quando o sol brilha sobre ele, suas ondas marcham em ordem organizada como se estivessem prestes a capturar toda a terra e afogar toda a terra sólida. Então novamente elas marcham para trás como se cada uma estivesse relutante em produzir a sua presa. Está sempre em movimento; a lua brilha sobre ele e as estrelas o iluminam; ainda se move. Ou a escuridão cai para que nada possa ser visto; ainda se move. De noite e de dia, as ondas inquietas entoam um hino turbulento de
19
glória, ou murmuram o solene sopro de marinheiros naufragados nas profundezas. Tal é providência à noite e a providência do dia está sempre acontecendo. O fazendeiro dorme, mas o trigo dele está crescendo. O marinheiro no mar dorme, mas o vento e as ondas estão carregando seu barco. A Providência nunca para! Suas rodas poderosas nunca permanecem paradas com seus círculos eternos! Como o oceano azul rolou impetuosamente por eras, assim a providência prosseguirá até que Aquele que primeiro a colocou em marcha, ordenará que ela pare; e então sua roda cessará, eternamente fixada pelo decreto eterno do Deus Todo Poderoso! Ainda, você verá outra razão pela qual o mar é como providência. O homem não pode administrar isso. Quem pode governar o mar? Homens não podem. Xerxes fez correntes para o Helesponto e chicoteou o mar com chicotes porque levou seus barcos, mas com o que se importava o mar? Ele riu dele e se ele não tivesse sido um covarde muito grande para se colocar no peito, poderia tê-lo engolido. Canute colocou a cadeira na praia e pediu que as ondas se retirassem. O que importava para ele? Elas vieram e teriam lavado ele e sua cadeira se ele não tivesse se movido para trás. O mar não deve ser governado pelo homem! Uma frota inteira
20
navega sobre ele e é apenas como uma pena soprada pelo vento sobre a superfície de um riacho! Tudo o que colocamos no mar é como nada. Nunca pode ser contido, nem acorrentado nem administrado pelo homem. O homem ganancioso esculpiu a terra, mas o mar não tem marco. É impetuoso! Segue sua própria vontade. Então, dá-se o mesmo com a providência. Não será gerenciada pelo homem. Napoleão uma vez ouviu dizer que o homem propõe e Deus dispõe. “Ah”, disse Napoleão, “mas também proponho e disponho”. Como você acha que ele se propôs e se desfez? Ele propôs ir e tomar a Rússia. Ele propôs destruir esse poder; mas como ele voltou? Ele voltou sozinho e solitário, seu poderoso exército pereceu e perdeu, tendo bem comido e devorado um ao outro pela fome! O homem propõe e Deus dispõe. A providência, como o mar, não pode ser dirigida pelo homem; só pode ser controlada por Deus. Deixe o homem tentar se levantar contra a providência de Deus e a providência irá esmagá-lo! VI. Ainda, a PROVIDÊNCIA DE DEUS É INTRICADA. O que você também encontrará no texto; “A aparência das rodas e seu trabalho era semelhante à cor de um berilo: e os quatro tinham uma semelhança: e sua aparência e trabalho eram, por assim dizer, uma roda no meio de uma roda”. Eu disse que a providência é
21
intrincada. Quando José levou seus dois filhos para o leito de morte de Jacó e Jacó estava prestes a abençoá-los, Jacó guiou suas mãos conscientemente; e pôs a mão direita sobre a cabeça do filho mais novo e a mão esquerda sobre a cabeça do mais velho. José disse: “Não é assim, meu Pai, porque este é o primogênito”. E Jacó disse: “Eu sei, meu filho, eu sei”; e ele não daria a bênção de qualquer outra maneira, senão com as mãos cruzadas; e Deus geralmente abençoa Seus filhos ao cruzar as mãos. Nós dizemos: "Não lide assim comigo", mas Deus diz: "Deve ser assim, meu filho. Há uma bênção na sua cabeça. Não diga "sem cruz sob suas mãos", pois essa é a maneira de abençoar você acima de tudo. Desejo dar-lhe a maior bênção e, portanto, cruzei as mãos. A providência é maravilhosamente complexa! Você quer sempre ver através da providência, não é mesmo? Você nunca vai conseguir, eu posso lhe garantir! Você não tem olhos bons o suficiente. Você quer ver o quão boa essa aflição era para você? Você deve acreditar! Você quer ver como isso pode trazer bem para a alma? Você pode estar habilitado para fazê-lo em pouco tempo, mas você não pode ver isso agora; você deve acreditar! Honre a Deus confiando nEle! Deus tem muitos nós górdios que homens maus podem cortar e que homens justos podem
22
tentar desvendar, mas que somente Ele pode desatar! Nós vemos os ímpios prosperando. Eles florescem e grande é o seu poder, enquanto os justos são abatidos. Nós dizemos: "Por que isso acontece?" Há rodas dentro das rodas. Não se preocupem porque os malfeitores são mais prósperos do que os piedosos. Pode haver uma nação que parece estar do seu lado; essa nação pode ser esmagada e outra nação, que é tirânica, pode obter a vitória. Não pergunte: "Por que isso acontece?" Você deve saber a razão quando chegar lá! Não tente fazer o que Gabriel nunca se atreve a fazer; para perguntar a razão porque Deus nunca dará. VII. Em seguida, a PROVIDÊNCIA É SEMPRE CORRETA. Eu não vou detê-lo por muito tempo neste ponto. O profeta viu as rodas e ele bem disse: "elas não viraram quando foram". Elas sempre iam direto; eles nunca se viraram para a direita ou para a esquerda. Tal é a providência de Deus. O homem faz planos. Ele diz: "Vou construir esta torre". Ele pega metade e descobre que não tem o suficiente para terminar; ele tem que puxar para baixo, estabelecer um alicerce menor, e construir novamente. Deus nunca faz isso; Ele tem um plano quando começa e realiza esse plano. Ele coloca a fundação e Ele também coloca a lápide. Há algumas pessoas que falam sobre Deus
23
mudar seu propósito; essas pessoas não sabem o que é Deus. Como Deus poderia mudar? Deus deve mudar de melhor para pior, ou de pior para melhor? Se Ele pudesse mudar de um pior para melhor, Ele não é perfeito agora. E se Ele pudesse mudar do que Ele é para algo pior, Ele não seria perfeito então; ele não seria Deus! Ele não pode mudar. Não é possível que Deus mude ou mude em algum de seus propósitos. Ele pode mudar porque não tem poder? Por que, senhores, Ele poderia cingir este globo com montanhas, ou mover as colinas para o mar! Ele pode mudar porque não tem paciência suficiente? O que? Aquele que de seu propósito nunca se desvia? Ele mudará porque cometeu um erro? Deve o Altíssimo Jeová algum dia ter um erro em Sua mente Todo-Poderosa? “Errar é humano.” Com o ser divino, todo o plano continua até a conclusão e o que Ele ordenou será! Na rocha de ferro do destino está escrito e não pode ser alterado. Deus move a roda e a roda continua; e apesar de mil exércitos estarem no caminho para pará-lo, isso ainda continua. “Eles não voltaram quando foram”. Não consigo entender o que alguns de vocês fazem com seu evangelho sem conforto; acreditando que Deus lhe ama hoje e lhe odeia amanhã; que você é um filho de Deus um dia e um filho do diabo no próximo. Eu não pude acreditar em um evangelho assim! Se eu fosse um pagão, eu
24
poderia acreditar de uma vez porque eu poderia fabricar um deus de lama que eu pudesse alterar com meus dedos e mudar para qualquer forma. Mas se uma vez eu crer no Deus que "Era e É, e está por vir", sei que Ele não pode mudar e sinto uma constância de fé e uma firmeza de esperança que os cuidados e provações desta vida mortal não podem destruir. Ele não rejeitará o seu povo a quem ele escolheu. VIII. Outro pensamento é que a PROVIDÊNCIA É SURPREENDENTE. Não vou me debruçar sobre este ponto, mas apenas lembrá-lo de que o texto diz que é assim. “Quanto aos aros, eram tão altos que eram terríveis; e os seus aros estavam cheios de olhos ao redor deles quatro.” Até o homem que sabe que toda onda que se arremessa contra o navio o leva mais perto de casa; que cada sopro de vento que sobe vem para sua vela e a enche e envia para os penhascos brancos de sua Albion natal; até o homem que sente que tudo está funcionando para ele; até ele deve dizer que a providência é incrível! Oh, esse pensamento; é demais para pensar! É uma ideia que me domina; que Deus está trabalhando em tudo o que acontece! Os pecados do homem, a maldade de nossa raça, os crimes das nações, as iniquidades dos reis, as crueldades das guerras, o terrível flagelo da peste; todas estas coisas estão, de alguma
25
maneira misteriosa, trabalhando a vontade de Deus! Eu não posso explicar isso. Eu não posso lhe dizer onde a vontade humana e o livre arbítrio se unem à soberania de Deus e a Seus decretos infalíveis. Este tem sido o lugar onde os gladiadores intelectuais lutaram entre si desde a época de Adão. Alguns disseram: “O homem faz o que ele gosta” e outros dizem: “Deus faz o que quer”. Em certo sentido, ambos são verdadeiros, mas não há homem que tenha inteligência ou compreensão suficiente para mostrar onde eles se encontram. Não podemos dizer como é que faço exatamente o que quero a respeito de qual rua devo ir para casa e, no entanto, não posso ir para casa a não ser por meio de uma certa estrada. John Newton costumava dizer que havia duas ruas pelas quais ele poderia ir a St. Mary Woolnoth; mas a providência dirigiu-o a qual ele deveria usar. No último sábado, desci uma certa rua; eu não sei porque; e havia um jovem que queria falar comigo. Eu digo que foi a providência de Deus para que eu pudesse conhecer aquele jovem. Aqui estava a providência, e ainda assim havia a minha escolha; como, eu não posso dizer. Eu não posso compreender isso. Acredito que toda partícula de poeira que dança no raio de sol não move um átomo mais ou menos do que Deus deseja; que cada partícula de spray que se lança contra o barco a vapor tem sua órbita e também
26
o sol no céu; que o joio da mão da coroa é dirigido tão seguramente quanto as estrelas em seus cursos; que o chilrear de um pulgão sobre um botão de rosa é tão fixo quanto a marcha da pestilência devastadora, e a queda das folhas secas do choupo é tão ordenada quanto a queda de uma avalanche. Aquele que acredita em Deus deve acreditar nessa verdade dele. Não há ponto de vista entre este e o ateísmo. Não há meio termo entre um Deus todo-poderoso que opera todas as coisas de acordo com o prazer da Sua vontade e nenhum deus. Um deus que não pode fazer o que lhe agrada; um deus cuja vontade é frustrada; não é um deus e não pode ser um deus! Eu não poderia acreditar em um deus como esse. IX. Minha ideia final é que a PROVIDÊNCIA ESTÁ CHEIA DE SABEDORIA. Você verá isso na última parte do versículo 18. "E as suas abas estavam cheias de olhos ao redor deles quatro." Você vai dizer, esta manhã: "Nosso ministro é um fatalista". Seu ministro não é tal coisa! Alguns dirão: "Ah, ele acredita no destino". Ele não acredita no destino! O que é o destino? O destino é isso; seja o que for, deve ser. Mas há uma diferença entre isso e providência. A Providência diz: Tudo o que Deus ordena deve ser. Mas a sabedoria de Deus nunca ordena nada sem um propósito. Tudo neste mundo está
27
funcionando para um grande fim. O destino não diz isso. O destino simplesmente diz que a coisa deve ser. A Providência diz que Deus move as rodas e lá estão elas. Se alguma coisa desse errado, Deus colocaria a coisa certa e se há algo que daria errado, Ele estende a mão e a altera. Isso vem para a mesma coisa; mas há uma diferença quanto ao objetivo. Existe toda a diferença entre o destino e a providência que existe entre um homem com bons olhos e um cego. O destino é uma coisa cega; é a avalanche esmagando as aldeias abaixo da montanha e destruindo milhares de vidas. A providência não é uma avalanche, é um rio ondulante, ondulando no começo como um rio descendo as encostas da montanha, seguido por riachos menores, e então rola no amplo oceano do amor eterno, trabalhando pelo bem do ser humano. A doutrina da providência não é o que deve ser; mas isso, o que é, trabalha em conjunto para o bem de nossa raça e especialmente para o bem do povo escolhido de Deus. As rodas estavam cheias de olhos; elas não eram rodas cegas! Vamos nos aproximar do pensamento de que existe a maior sabedoria no funcionamento da providência. Você esteve recentemente em grande angústia e você não podia ver porque era então assim com você. A próxima vez que você estiver aflito, você deve dizer: “As rodas da providência estão cheias de olhos; eu tenho
28
apenas dois olhos, mas as rodas de Deus estão cheias de olhos. Deus pode ver tudo. Eu só posso ver uma coisa de cada vez. Eu vejo o que parece bom para mim agora. Eu não sei o que será amanhã. Eu vejo o que a planta é agora. Eu não sei o que será amanhã. Não sei que tipo de flor essa erva produzirá. Essa aflição é uma raiz de mandioca, cheia de veneno e logo me destruiria, mas Deus pode colocar isso no forno para que todo o veneno se evapore e se torne alimento para eu viver. Esse meu problema parece-me destrutivo, mas Deus pode tirar todo o poder destruidor dele e assim será transformado em alimento para a minha alma.” Agora, você que está tentado e gemendo no vale, com o seu coração! Fora com suas lágrimas! Coloque sua mão em seu peito e faça com que seu coração pare de bater forte. Pobre alma, arranque a taça da miséria da sua mão; você não está condenado; você é um cristão perdoado! Lembre-se disso Deus disse: “Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o Seu propósito.” Oh, como eu gostaria de fazer seus corações como pederneira e aço contra problemas! Não podemos suportar os ventos do problema; logo nos sentimos abatidos e quebrantados de coração. Quando estamos em prosperidade, somos gigantes; achamos que podemos fazer como Sansão fez; que podemos
29
pegar os dois pilares de problemas e aflições e derrubá-los! Mas uma vez que nos digam que os filisteus estão sobre nós e não temos poder algum. Aquele que tem fé é melhor que o estoico. O filósofo estoico foi atribulado porque acreditava que deveria ser. O cristão suporta isso porque acredita que está trabalhando para o bem dele. A próxima vez que vier o problema, ou a doença vier, ou a pestilência vier, sorria e diga: “Aquele que fez de Deus o seu refúgio encontrará uma morada muito segura, Andará o dia todo debaixo de Sua sombra E ali à noite descansará sua cabeça.” Que este seja seu escudo para evitar os impulsos de aflição e esta seja sua Rocha alta contra todos os ventos da tristeza! Amém.

Publicado no site: O Melhor da Web em 15/05/2019
Código do Texto: 139923
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):