Espaço Literário

O Melhor da Web

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
Manu - MANUELA
MANUELA
Cadastrado desde: 23/04/2012

Texto mais recente: Tango (Nuno Rocha Morais) (+tradução italiana)



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de MANUELA , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=6281

 
Textos & Poesias || Poema
Imprimir - Impressora!
Imprimir
Esfinges (Carlos Machado) (+tradução italiana)
04/07/2019
Autor(a): MANUELA
VOTE!
TEXTO ELEITO
14
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
Esfinges (Carlos Machado) (+tradução italiana)

Alguns, prudentes, não falam com estranhos.
Outros, muito práticos, dizem apenas o necessário
Para o bom andamento dos negócios.
 
Alguns, calmos e sérios, fecham portas e janelas.
Outros, afoitos, ou filhos de um deus sem-terra,
Oferecem biscoitos, talvez flores, e longa prosa.
 
De todos, quem sorri com mais dentes de ouro?
quem finge? quem vê no espelho sua própria esfinge?
_________________________________________


Tradução italiana de Manuela Colombo


Sfingi 
 
Alcuni, prudenti, non parlano con gli estranei.
Altri, molto pratici, dicono lo stretto necessario
Per il buon andamento degli affari.
 
Alcuni, calmi e seri, chiudono porte e finestre.
Altri, impavidi, o figli di un dio senza terra,
Offrono biscotti, magari fiori, e lunghi discorsi.
 
Di tutti, chi ha nel sorriso più denti d’oro?
chi finge? chi vede allo specchio la propria sfinge?

Publicado no site: O Melhor da Web em 04/07/2019
Código do Texto: 140240
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):