Espaço Literário

O Melhor da Web

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
kuryos - Silvio Dutra
Silvio Dutra
Cadastrado desde: 29/08/2012

Texto mais recente: A Lei de Deus



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de Silvio Dutra , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=6704

 
Textos & Poesias || Evangélicas
Imprimir - Impressora!
Imprimir
A Maior Maravilha da Graça
09/09/2019
Autor(a): Silvio Dutra
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
A Maior Maravilha da Graça



Sermão nº 3377

Por Charles H. Spurgeon (1834-1892)

Traduzido, Adaptado e
Editado por Silvio Dutra




Jul/2019






“Havendo-os eles matado, e ficando eu de resto, caí com o rosto em terra, clamei e disse: ah! SENHOR Deus! Dar-se-á o caso que destruas todo o restante de Israel, derramando o teu furor sobre Jerusalém?” (Ezequiel 9: 8)
A salvação nunca brilha tanto aos olhos de qualquer homem como quando se trata de si mesmo. Então, a graça divina é ilustre, na verdade, quando podemos vê-la trabalhando com o poder divino sobre nós mesmos. Para nossa apreensão, nosso caso é sempre o mais desesperado e, portanto, a misericórdia mostrada a nós é a mais extraordinária! Vemos outros perecerem e imaginamos que o mesmo destino não se abateu sobre nós mesmos. O horror da ruína que temíamos e nosso intenso deleite com a certeza da segurança em Cristo se une ao nosso senso pessoal de indignidade para nos fazer falar com espanto: “E ficado eu de resto.”, ou “só eu fui deixado de todos os que foram mortos”.
Ezequiel, em visão, viu os matadouros abatendo à direita e à esquerda pela ordem da justiça divina. E como ele ficou ileso entre os montes de mortos, ele exclamou com surpresa: "Eu fui deixado." Pode ser que virá o dia quando nós também devemos falar com alegria solene: "e eu, também, pela graça soberana, sou poupado enquanto outros perecem.” Graça especial nos fará maravilhar. Enfaticamente será assim no último dia terrível. Leia a história da idolatria grosseira do povo de Jerusalém, conforme registrado no oitavo capítulo da profecia de Ezequiel, e você não se admirará com o julgamento com o qual o Senhor finalmente derrubou a cidade.
Vamos definir nossos corações para considerar como o Senhor lidou com as pessoas culpadas. “Seis homens vieram do caminho do portão superior, que fica em direção ao norte, e todo homem com uma arma de abate na mão.” A destruição causada por esses carrascos foi rápida e terrível - e era típica de outras visitas solenes. Ao longo da história, o observador observa linhas de justiça, marcas vermelhas na página em que o juiz de toda a terra finalmente viu necessário decretar uma visitação terrível a um povo culpado. Todas essas exibições passadas de vingança divina apontam para o julgamento vindouro ainda mais completo e irresistível. O passado é profético do futuro! Um dia certamente virá quando o Senhor Jesus, que veio uma vez salvar, descerá pela segunda vez para julgar! A misericórdia desprezada sempre foi bem-sucedida pela ira merecida - e assim deve ser no final de todas as coisas. “Mas quem pode suportar o dia da sua vinda? Ou quem permanecerá quando Ele aparecer?” Quando os pecadores são feridos, quem será deixado? Ele levantará as balanças da justiça e desnudará a espada da execução. Quando Seus anjos vingadores recolherem a safra da terra, quem dentre nós exclamará em admirável gratidão: “E eu restei.”? Tal pessoa será uma maravilha da graça, realmente digna de tomar posição com as maravilhas da graça de quem falamos em muitos discursos anteriores neste lugar!
Para cada um de vocês, eu coloquei esta pergunta - você será um exemplo de graça poupadora, e clamará: "E eu fui deixado"? Usaremos a visão maravilhosamente descritiva deste capítulo para que possamos, com santo temor, contemplar o caráter da condenação da qual a graça nos liberta. E então nos deteremos na exclamação de nosso texto: "Eu fiquei", considerando-o como a expressão alegre das pessoas que têm o privilégio de escapar da destruição. E, finalmente, as emoções que os fugitivos sentem. Com a ajuda do Espírito Santo, vamos considerar solenemente:
I. O terrível motivo do qual o profeta em visão se viu preservado, considerando-o uma figura do julgamento que ainda está por vir sobre todo o mundo. Observe, primeiro, que foi um castigo justo infligido àqueles que foram frequentemente advertidos - uma punição que eles voluntariamente trouxeram sobre si mesmos. Deus havia dito que, se fabricassem ídolos, Ele os destruiria, pois não suportaria tal insulto à sua divindade. Muitas vezes implorara a eles, não apenas com palavras, mas com severas providências, pois sua terra fora desolada, sua cidade havia sido sitiada e seus reis levados cativos! Mas eles estavam empenhados em retroceder ao culto de seus deuses ídolos. Portanto, quando a espada do Senhor foi retirada de sua bainha, não foi uma punição nova, nem uma aberração de vingança, nem uma execução inesperada. Então, no fim da vida, e no fim do mundo, quando o julgamento vier sobre os homens, será justo e de acordo com os solenes avisos da Palavra de Deus.
Quando eu leio as coisas terríveis que estão escritas no livro de Deus em referência ao castigo futuro, especialmente as coisas terríveis que Jesus falou sobre o lugar onde seu verme não morre e seu fogo não se apaga, eu estou grandemente pressionado em espírito. Alguns são os que julgam o grande juiz e condenam a punição que ele inflige como severa demais! Quanto a mim, não posso medir o poder da ira de Deus - mas deixe-a arder como pode - tenho certeza de que será justo. Nenhuma dor desnecessária será infligida a uma única das criaturas de Deus! Mesmo aqueles que estão condenados para sempre não suportarão mais do que a justiça divina exige, não mais do que eles mesmos admitiriam ser a devida recompensa de seus pecados se suas consciências julgassem corretamente.
Observe que este é o inferno do inferno que os homens saberão que estão justamente sofrendo. Suportar a ira de um tirano seria uma coisa pequena comparada com o sofrimento que alguém causou a si mesmo por escolhas voluntárias erradas. O pecado e o sofrimento estão indissoluvelmente ligados na constituição da natureza - não pode ser diferente, nem deveria ser. É certo que o mal deva ser punido. Aqueles que foram punidos em Jerusalém não puderam voltar-se para os executores e dizer: “Nós não merecemos essa desgraça” - cada ferida cruel da espada caldaica e cada estrondo feroz do machado de guerra babilônico caiu sobre os homens que em suas consciências sabiam que eles estavam apenas colhendo o que eles mesmos tinham semeado!
Irmãos e irmãs, que maravilhas da graça seremos se, a partir de um julgamento que tão ricamente merecemos, sermos resgatados no final! Percebamos com muito cuidado que esse massacre foi precedido pela separação, que removeu do povo aqueles que eram de caráter distinto. Antes que os massacres procedessem à sua severa tarefa, um homem apareceu entre eles vestido de linho com um tinteiro de escritor ao seu lado, que marcou todos aqueles que em seus corações se lamentavam com o mal feito na cidade. Até que estes foram marcados, os destruidores não começaram seu trabalho. Sempre que o Senhor desnuda Seu braço para a guerra, Ele primeiro reúne Seus santos em um lugar de segurança! Ele não destruiu o mundo pelo dilúvio até que Noé e sua família estivessem seguros na arca. Ele não permitiria que uma única gota de fogo caísse em Sodoma até Ló ter escapado para Zoar. Ele cuidadosamente preserva os que são Seus - inundação, nem chama, nem pestilência, nem a fome lhes fará mal! Lemos no Apocalipse que o anjo disse: “Não magoes a terra, nem o mar, nem as árvores, até que tenhamos selado os servos de nosso Deus em suas testas.” A vingança deve cobrir sua espada até que o amor divino tenha abrigado seus queridos. Quando Cristo vier para destruir a terra, Ele primeiro tirará seu povo. Antes que os elementos se derretam com calor ardente e os pilares do universo se agitem sob o peso da divindade irada, Ele terá arrebatado os Seus eleitos nos ares, para que estejam para sempre com Ele!
(Nota do tradutor: Spurgeon coloca sabiamente, com fundamento bíblico sobre o caráter de Deus, o arrebatamento da Igreja antes das assolações que serão trazidas ao mundo nos dias do Anticristo. Não foi sem motivo que o Senhor livrou Noé e Ló, da grande destruição que houve, respectivamente, em seus dias, porque eles nada tinham a ver com a excessiva maldade e inimizade contra Deus como as demais pessoas em suas épocas. Hoje, estamos vivendo em dias em que a iniquidade muito se multiplicou, juntamente com a grande explosão demográfica mundial, em que terríveis blasfemadores e inimigos de Deus, de Cristo, do Evangelho, da Igreja, têm se espalhado em toda a Terra. O bem tem sido desprezado e o mal privilegiado. O que Deus abomina tem sido exaltado e o que Deus reprova, amado. E não estamos falando aqui de pessoas que estão em condições de se arrependerem, pois em sua quase totalidade, são grandes inimigos de Deus, e muitos outros negam veementemente até mesmo a Sua existência. Eles, por fim se destruirão mutuamente em um conflito atômico sem precedentes, e se não fosse pela grande bondade e misericórdia do Senhor, com a segundo volta de Cristo, nenhuma carne restaria sobre a face da Terra.
Nos dias de Spurgeon a população mundial era de um bilhão de pessoas, contra os quase oito bilhões dos nossos dias, e uma mídia não comprometida com o bem e a verdade, com grande velocidade tecnológica forma    presentemente a opinião mundial para os valores do ateísmo, do comunismo, do socialismo, e de todas as formas de pecado e blasfêmias.)
Quando Jesus vier, Ele dividirá as nações como um pastor separa suas ovelhas dos bodes; e nenhuma ovelha dEle será destruída! Ele sem dúvida tirará o joio do meio do trigo, mas nenhum trigo do mesmo coração estará em perigo. Oh, que possamos estar entre os escolhidos e provar Seu poder para nos guardar no dia da ira! Que cada um de nós diga, em meio ao naufrágio da matéria e ao estrondo dos mundos: “E restei.” Querido amigo, você acha que está marcado na testa? Se neste momento minha voz fosse abafada pela trombeta da ressurreição, você estaria entre aqueles que despertariam para a segurança e a glória? Você seria capaz de dizer: "A multidão pereceu ao meu redor, mas eu fui deixado"? Será assim se você odiar os pecados pelos quais você está cercado e se você recebeu a marca do sangue de Jesus sobre sua alma! Se não, você não escapará, pois não há outra porta de salvação além do nome salvador dele! Deus nos conceda graça para pertencer ao número escolhido que usa o selo da aliança, a marca dAquele que conta o povo!
Em seguida, esse julgamento foi colocado nas mãos do Mediador. Eu quero que você perceba isso. Observe que, de acordo com o capítulo, não houve abate, exceto quando o homem com o tinteiro do escritor abriu o caminho. Assim, novamente, lemos no capítulo 10 que: “Um querubim estendeu a mão de entre os querubins para o fogo que estava entre os querubins e o tomou, e o pôs nas mãos do que estava vestido de linho; quem tomou isto e saiu, e lançou isto em cima da cidade.” Veja isso! A glória do passado de Deus brilhou entre os querubins! Isto é, sobre o lugar de propiciação e expiação, e enquanto esse resplendor de luz permaneceu, nenhum julgamento caiu sobre Jerusalém, pois Deus em Cristo não condena! Mas ao poucos "a glória do Deus de Israel subiu do querubim, onde ele estava, para o limiar da casa", e então o julgamento estava próximo de vir! Quando Deus não lida mais com os homens em Cristo, Sua ira queima como fogo e Ele ordena ao embaixador da misericórdia que seja o mensageiro da ira! O próprio homem que marcou com sua caneta os salvos, jogou brasas sobre a cidade e abriu o caminho para a destruição dos pecadores. O que isso ensina, senão isto: “O Pai não julga a ninguém, pois cometeu todo o julgamento ao Filho”? Não conheço nenhuma verdade de Deus mais terrível para meditar! Pense nisso, vocês descuidados - o próprio Cristo que morreu no Calvário é Aquele por quem você será sentenciado! Deus julgará o mundo por este homem, Jesus Cristo! Ele é quem virá nas nuvens do céu e diante dEle serão reunidas todas as nações! E quando aqueles que o desprezam olharem para o seu rosto, serão aterrorizados além da concepção! Nem o relâmpago, nem o trovão, nem o som terrível da última tremenda trombeta os alarmarão tanto quanto aquele rosto de amor ferido! Então clamarão às montanhas e colinas para escondê-los da face daquele que está sentado no trono! Ora, é o rosto daquele que chorou pelos pecadores, o rosto que os escarnecedores mancharam com gotas sangrentas extraídas pela coroa de espinhos, o rosto do Deus encarnado que, em infinita misericórdia, veio para salvar a humanidade! Mas porque eles o desprezaram. Porque eles não seriam salvos. Porque eles preferiram suas próprias luxúrias ao infinito amor e persistiram em rejeitar a melhor prova de bondade de Deus, portanto dirão: “Escondam-nos da Sua face”, pois a visão daquela face será para eles mais acusadora e mais condenadora do que qualquer outra coisa. Além disso! Quão terrível é essa verdade de Deus! Quanto mais você considerar, mais encherá sua alma de terror! Queira Deus, que isso possa levá-lo a voar para Jesus, pois então você O contemplará com alegria naquele dia!
Esta destruição, nos é dito, começou no santuário. Suponha que o Senhor visitasse Londres em sua ira - onde ele começaria a ferir? "Oh", alguém diz, "é claro, o anjo destruidor iria até os baixos salões de música e salas de dança! Ou Ele varreria as favelas e os palácios das bebidas, as prisões e os lugares onde as mulheres de má reputação se congregam!” Volte-se para a Escritura que cerca o nosso texto. O Senhor diz: “Comece no meu santuário”. Comece nas igrejas! Comece pelas capelas! Comece com os membros da igreja! Comece com os ministros, os bispos! Comece com aqueles que são mestres do evangelho! Comece com o chefe e a vanguarda do mundo religioso - comece com os altos professantes que são vistos como exemplos! O que Pedro diz? “Chegou a hora em que o julgamento deve começar na casa de Deus: e se primeiro começa conosco, qual será o fim daqueles que não obedecem ao evangelho de Deus? E se os justos dificilmente são salvos, onde aparecerão os ímpios e os pecadores?” A primeira coisa que os massacradores fizeram foi massacrar os anciãos que estavam diante do templo, os 70 anciãos do povo, pois eram idólatras secretos. Você pode ter certeza de que a espada que não poupou os chefes homens e pais fez pouco trabalho com o tipo mais vil? Anciãos de nossas igrejas, ministros de Cristo - o julgamento começará conosco! Não devemos esperar encontrar um tratamento mais leniente do que outros no último grande encontro! Não, ao contrário, se houver um teste especialmente cuidadoso de sinceridade, será para nós que assumimos a responsabilidade de conduzir outras pessoas ao Salvador! Por esta causa, vejamos bem que não somos enganados ou enganadores, pois certamente seremos detectados naquele dia! Jogar o hipócrita é bancar o bobo! Será que um homem enganará seu Criador ou iludirá o Altíssimo? Não pode ser! Vocês, membros da igreja, todos vocês devem olhar bem para isto, pois o julgamento começará com vocês! O fogo de Deus está em Sião e em Sua fornalha em Jerusalém! Nos tempos antigos, o povo fugiu para igrejas e locais sagrados em busca de refúgio - mas quão vão será quando os vingadores do Senhor se manifestarem, já que a destruição começará! Quão ferozmente a espada varrerá as hostes de professantes carnais - os homens que se chamavam servos de Deus enquanto eram escravos do diabo - que bebiam do cálice do Senhor, mas estavam embriagados com o vinho de suas próprias luxúrias - que poderiam mentir, enganar, cometer fornicação e ainda se atreveram a se aproximar da mesa sagrada do Senhor? Que corte e ferimento haverá entre os professantes nascidos nas nossas igrejas! Seria melhor para tais homens que eles nunca tivessem nascido ou que a sorte deles tivesse caído em meio à ignorância pagã, de modo que eles poderiam ter sido incapazes de acrescentar pecado ao pecado mentindo para o Deus vivo!
“Comece pelo meu santuário”. A palavra é terrível para todos aqueles que têm um nome para viver e estão mortos! Deus conceda que em tais tempos de prova, quando muitos fracassam, possamos sobreviver a todas as provações, e através da graça, exclamar no final: “E restei.” Depois que os executores começaram no santuário, deve ser observado que eles não pouparam ninguém, exceto aqueles sobre quem foi feita a marca. Velhos e jovens, homens e mulheres, sacerdotes e pessoas, todos foram mortos que não tinham o sinal sagrado! E assim, no último dia tremendo, todos os pecadores que não fugiram para Cristo perecerão! Nossos queridos bebês que morreram na infância, acreditamos que todos foram lavados no sangue de Jesus, e todos salvos - mas para o resto da humanidade que viveu anos de responsabilidade, haverá apenas uma das duas coisas - eles devem ou ser salvos porque eles tinham fé em Cristo, ou então o peso total da ira divina deve cair sobre eles. Ou a marca da caneta de Cristo, ou da espada de Cristo, deve estar sobre todos! Não haverá poupança de um homem porque ele era rico, nem de outro porque ele foi instruído, nem de um terceiro porque ele foi eloquente, nem de um quarto porque ele foi tido em alta estima. Aqueles que estão marcados com o sangue de Cristo estão seguros! Sem essa marca todos estão perdidos! Este é aquele que separa o sinal - você usa isso? Ou você vai morrer em seus pecados? Curve-se imediatamente diante dos pés de Jesus e implore a Ele que marque você como Seu para que você seja um daqueles que dirão alegremente: “E eu fui deixado.” Agora, em segundo lugar, tenho que chamar sua atenção muito particular. para –
II. AS PESSOAS QUE ESCAPARAM, QUE PODERIAM DIZER: “E FUI DEIXADO”. Nos é dito que aqueles foram marcados por misericórdia que “suspiraram e clamavam pelas abominações que foram feitas no meio dela”. Agora, devemos ser muito particulares sobre isso. Não é uma palavra minha, lembre-se - é a palavra de Deus e, portanto, peço-lhe que ouça e pondere por si mesmo. Nós não lemos que a espada devoradora passou por aquelas pessoas calmas que nunca fizeram mal a ninguém - nenhuma menção é feita a tal isenção! Nem o registro diz que o Senhor salvou aqueles professantes que eram judiciosos e mantiveram um nome e reputação justos até a morte. Não, as únicas pessoas que foram salvas eram aquelas que eram quebrantadas de coração - e esse trabalho de coração era de um tipo doloroso - elas suspiravam e choravam por causa do abundante pecado. Eles o viram, protestaram contra, evitavam e, por último, choravam continuamente. Onde o testemunho falhou, ficou para eles lamentarem. Aposentando-se dos trabalhos públicos, sentaram-se e suspiraram em seus corações por causa dos males que não podiam curar. E quando sentiam que somente suspirar não adiantava, eles começaram a clamar em oração a Deus para que Ele viesse e desse um fim aos terríveis males que pairavam sobre a terra! Eu não diria uma coisa difícil, mas eu me pergunto, se eu fosse capaz de ler as vidas secretas dos professantes de religião, se eu deveria achar que todos suspiram e choram pelos pecados dos outros? O décimo deles está assim envolvido? Receio que não cause muita ansiedade a algumas pessoas quando veem o pecado desenfreado à sua volta. Dizem que estão arrependidos, mas isso nunca os preocupa muito, ou lhes causa tantos problemas quanto uma perda de seis pences ou um dedo cortado! Você já se sentiu como se seu coração fosse quebrar por um filho ímpio? Eu não acredito que você é um cristão se você tem tal filho e não sentiu uma agonia em seu favor. Você já se sentiu como se pudesse dar a sua vida para salvar aquela sua filha? Eu não posso acreditar que você é um cristão se você às vezes não chegou a isso! Quando você atravessou a rua e ouviu um juramento, seu sangue não gelou em você? Não tem horror tomado por causa dos ímpios? Não pode haver muita graça em você, se não foi esse o caso. Se você pode ir para cima e para baixo no mundo completamente à vontade porque você está prosperando nos negócios e as coisas vão bem com você, se você esquecer a aflição do pecado e da pobreza desta cidade e a ainda maior desgraça que vem sobre ela, como habita a amor de Deus em você? A marca de salvação só é colocada naqueles que suspiram e choram - se você é insensível e indiferente, não existe essa marca em você! "Devemos estar sempre infelizes?", Pergunta um deles. Longe disso! Há muitas outras coisas para nos alegrar, mas se o triste estado de nossos semelhantes não nos faz suspirar e chorar, então não temos a graça de Deus em nós! “Bem”, diz outro, “mas todo homem deve olhar por si mesmo.” Essa é a linguagem de Caim - “Eu sou o guarda do meu irmão?” Esse tipo de conversa está de acordo com o espírito do iníquo e sua semente - o herdeiro do céu detesta tal linguagem! O cristão genuíno ama sua raça e, portanto, anseia por vê-lo santificado e feliz. Ele não suporta ver os homens pecando, desonrando a Deus e se arruinando. Se realmente amamos o Senhor, às vezes ficamos acordados durante a noite suspirando para pensar em como o nome dele é blasfemado e quão pouco progride o evangelho! Nós devemos gemer ao pensar que os homens devem desprezar o glorioso Deus que os criou e que diariamente os carrega com benefícios! Às vezes jaz sobre meu coração como uma enorme montanha que percorre meu espírito, pensar que Jesus deveria ser rejeitado e que nesta terra de Bíblias, onde Latimer acendeu uma vela que nunca se apagará, a velha loucura está retornando e muitos estão novamente curvando-se diante das imagens de ciúmes que os sacerdotes criaram! Sim, temos padres entre nós novamente! Você pode vê-los em suas roupas longas e feias em todas as ruas! E as mulheres começaram a confessar a eles! Vergonha! Vergonha! Admiro-me com o fato de o rubor carmesim não manchar a face de todos que se atrevem a perguntar ou responder às questões apontadas para o confessionário! E, no entanto, as perguntas são feitas, a modéstia é indignada e as multidões observam mansamente! Meus compatriotas estão voltando para Roma! O nobre sangue de seus pais foi derramado por Deus e nenhum foi deixado para as veias de seus filhos. Em vão os conflitos dos anos passaram! Em vão o poderoso braço de Cromwell e a purificação da terra! Em vão os puritanos foram expulsos de seus púlpitos e testemunharam na pobreza e na perseguição! A Inglaterra deve voltar a usar os grilhões forjados pela Roma papal? Meu Deus, evite isso! Evite se custar a vida de milhares de nós, pois ficaríamos felizes em morrer para salvar nosso país de uma maldição tão terrível! Se você nunca suspirar e chorar por causa da propagação do ritualismo, eu não lhe entendo! De que coisas você é feito? “Oh, mas meu negócio continua extremamente bem.” Sim, e o mesmo acontece quando as almas são salvas, mas quando elas são levadas ao erro, meu negócio não pode prosperar e eu tenho perda. após perda! Eu estou feliz o suficiente quando penso que o reino de Cristo vem, mas nada debaixo do céu pode me dar uma satisfação sólida se o trabalho do meu Senhor estiver parado! Eu gostaria de que todos nós estivéssemos tão envolvidos com a glória de Deus que a maldade da humanidade nos entristeceria o coração! Mas não foi o seu luto que salvou aqueles que escaparam - foi a marca que todos receberam que os preservou da destruição! Todos nós devemos ter a marca de Jesus Cristo. O que é isso? É a marca da fé no sangue expiatório. Isso separa os escolhidos do Senhor e só isso! Se você tem essa marca - e você não a tem, a menos que você suspire e chore sobre os pecados dos outros - então no último dia nenhuma espada da justiça pode chegar perto de você! Você leu aquela palavra: “Mas não chegue perto de qualquer homem sobre quem está a marca”. Não chegue nem perto dos que estão marcados, para que não tenham medo. O homem marcado pela graça está a salvo da aproximação do dano! Cristo sangrou por ele e, portanto, ele não pode, não deve morrer! Deixe-o em paz, você que é portador das armas destruidoras! Assim como o anjo da morte, quando voou pela terra do Egito, foi proibido de tocar uma casa onde o sangue do cordeiro estava na verga e nos dois umbrais laterais, assim é certo que a justiça vingadora não pode tocar o homem que está em Cristo Jesus. Quem é aquele que condena desde que Cristo morreu? Você tem, então, a marca de sangue? Sim ou não? Não se recuse a questionar-se sobre este ponto. Não tome por certo, para que não seja enganado. Acredite em mim, tudo depende disso. Se você não for registrado pelo homem vestido de linho, não poderá dizer: "E fui deixado". Isso me leva a esse último ponto do qual desejo falar. O que foram –
III. AS EMOÇÕES DO PROFETA QUANDO DISSE: “E FUI DEIXADO”? Ele viu homens caindo para a direita e para a esquerda e ele próprio ficou como uma rocha solitária em meio a um mar de sangue! E ele clamou, maravilhado, "E eu fui deixado". "Vamos ouvir o que ele diz ainda - "Eu caí no meu rosto.” Ele ficou prostrado com humildade. Você tem esperança de ser salvo? Caia no seu rosto, então! Veja o inferno de onde você foi livrado e se curve diante do Senhor! Por que você é salvo mais do que ninguém? Certamente não por algum mérito em você. É devido à graça soberana de Deus somente! Caia em seu rosto e reconheça sua dívida –
"Por que fui obrigado
a ouvir sua voz,
E entrar enquanto há lugar,
Quando milhares fazem
uma escolha infeliz,
E preferem morrer de fome
do que vir?"
"E eu fui deixado." Se um homem tem sido um bêbado e foi finalmente levado a fugir para Cristo, quando ele diz: "E eu fui deixado", ele vai sentir as lágrimas quentes subindo em seus olhos, pois muitos outros bebedores morreram em delírio. Alguém que tenha sido um pecador público, quando ele é salvo, não será capaz de pensar nisso sem espanto. De fato, cada homem salvo é uma maravilha para si mesmo. Ninguém aqui se pergunta mais sobre a graça divina em sua salvação do que eu! Por que fui escolhido, chamado e salvo? Eu não posso fazer isso, e nunca o farei - mas eu sempre louvarei, bendirei e magnificarei meu Senhor por lançar um olhar de amor sobre mim! Você não fará o mesmo, Amado, se você sente que você, pela graça, é deixado? Você não vai cair no seu rosto e bendizer a misericórdia que faz você diferir? O que o profeta fez a seguir? Ao descobrir que ele foi deixado, ele começou a orar pelos outros. “Ah, Senhor”, disse ele, “destruirás todo o restante de Israel?” A intercessão é um instinto do coração renovado. Quando o crente descobre que está seguro, deve orar por seus semelhantes. Embora a oração do profeta tenha sido tarde demais, bendito seja Deus, a nossa não será! Nós seremos ouvidos. Ore, então, por homens que perecem! Peça a Deus, que poupou você, para poupar aqueles que são como você. Alguém disse que haverá três grandes maravilhas no céu - primeiro, ver tantas pessoas que nunca esperamos encontrar na glória. Em segundo lugar, haver tantos perdidos que pensamos que estavam seguros. E em terceiro lugar, a maior maravilha de todas será nos encontrarmos lá! Tenho certeza de que todo aquele que tem esperança de estar na glória sente que é uma maravilha e resolve: “Se eu for salvo, cantarei o mais alto de todos, pois devo muito à abundante misericórdia de Deus!” Deixe-me fazer algumas perguntas e eu fiz. A primeira - e cada um faça a pergunta a si mesmo - ficarei quando os ímpios forem mortos? Responda agora a si mesmo. Homens, mulheres, crianças - você será poupado no último grande dia? Você está em Cristo? Você tem uma boa esperança nEle? Não minta para si mesmo. Você será pesado nas balanças - você será encontrado em falta ou não? "Devo ser deixado?" Deixem essa pergunta queimar em suas almas.
Em seguida, meus parentes serão salvos? Minha esposa, meu marido, meus filhos, meu irmão, minha irmã, meu pai, minha mãe - todos serão salvos? Feliz somos nós que podemos dizer: "Sim, nós acreditamos que eles vão", como alguns de nós podem esperar com alegria. Mas se você tem que dizer: "Não, eu temo que meu filho não seja convertido, ou que meu pai não seja salvo", então não descanse até que você tenha lutado com Deus pela salvação deles. Boa mulher, se você é obrigada a dizer: "Temo que meu marido não seja convertido", junte-se a mim em oração. Curvem suas cabeças de uma vez e clamem ao seu Deus: “Senhor, salve nossos filhos! Senhor, salve nossos pais! Senhor, salve nossos maridos e esposas, nossos irmãos e irmãs e deixe que as nossas famílias se encontrem no céu, por amor do seu nome!” Que Deus ouça essa oração, se vier dos lábios da sinceridade!
Não pude suportar a ideia de sentir a falta de um dos meus rapazes no céu - espero vê-los lá e, portanto, sinto profunda simpatia por qualquer um de vocês que não tenha visto seus familiares levados a Cristo. Ó pela graça de orar fervorosamente e trabalhar zelosamente pela salvação de todas as suas famílias!
A próxima pergunta séria é: se você e seus parentes são salvos, que tal seus vizinhos, seus colegas de trabalho, seus companheiros de negócio? “Oh”, você diz, “muitos deles são escarnecedores! Muitos deles ainda estão em fel de amargura.” Um fato triste, mas você falou com eles? É incrível o que uma palavra gentil fará. Você tentou? Alguma vez você tentou falar com aquela pessoa que caminha com você todas as manhãs quando você vai trabalhar? Suponha que ele deveria estar perdido? Oh, será uma sensação amarga pensar que ele desceu ao abismo sem que você se esforçasse em trazê-lo a Deus! Não deixe ser assim. "Mas não devemos ser muito agressivos", diz um deles. Eu não sei sobre isso. Se você visse pessoas pobres em uma casa em chamas, ninguém o culparia por estar muito à frente se você ajudasse a salvá-las. Quando um homem está afundando no rio, se você pular nele e puxá-lo para fora, ninguém dirá: “Você foi rude e intrusivo, pois você nunca foi apresentado a ele!” Este mundo foi perdido e deve ser salvo - e não devemos nos importar com nossas maneiras de salvá-lo. Temos de nos apegar de algum modo aos pecadores afundados, mesmo que seja pelos cabelos de suas cabeças, antes que afundem, pois se afundam, estão perdidos para sempre! Eles nos perdoarão muito em breve por qualquer aspereza que usarmos, mas não nos perdoaremos se, por pouca energia, permitirmos que morram sem o conhecimento da verdade de Deus!
Oh, amados amigos, se vocês são deixados enquanto outros perecem, peço-lhes, pelas misericórdias de Deus, pelo coração de compaixão que está em Cristo Jesus, pelas feridas sangrentas do Filho de Deus que morreu em nosso lugar - amem seus semelhantes e suspirem e chorem sobre eles se não puderem trazê-los a Cristo! Se você não pode salvá-los, pode chorar por eles. Se você não pode dar-lhes uma gota de água fria no inferno, você pode dar-lhes as lágrimas do seu coração enquanto eles ainda estão neste corpo! Mas você está de fato reconciliado com Deus? Leitor, você está curado da terrível doença do pecado? Você está marcado com o sinal vermelho de confiança no sangue expiatório? Você acredita no Senhor Jesus Cristo? Se não, o Senhor tenha misericórdia de você! Que você tenha bom senso para ter misericórdia de si mesmo! Que o Espírito de Deus o instrua para esse fim. Amém.
Ezequiel –    9
1 Então, ouvi que gritava em alta voz, dizendo: Chegai-vos, vós executores da cidade, cada um com a sua arma destruidora na mão.
2 Eis que vinham seis homens a caminho da porta superior, que olha para o norte, cada um com a sua arma esmagadora na mão, e entre eles, certo homem vestido de linho, com um estojo de escrevedor à cintura; entraram e se puseram junto ao altar de bronze.
3 A glória do Deus de Israel se levantou do querubim sobre o qual estava, indo até à entrada da casa; e o SENHOR clamou ao homem vestido de linho, que tinha o estojo de escrevedor à cintura,
4 e lhe disse: Passa pelo meio da cidade, pelo meio de Jerusalém, e marca com um sinal a testa dos homens que suspiram e gemem por causa de todas as abominações que se cometem no meio dela.
5 Aos outros disse, ouvindo eu: Passai pela cidade após ele; e, sem que os vossos olhos poupem e sem que vos compadeçais, matai;
6 matai a velhos, a moços e a virgens, a crianças e a mulheres, até exterminá-los; mas a todo homem que tiver o sinal não vos chegueis; começai pelo meu santuário.
7 Então, começaram pelos anciãos que estavam diante da casa. E ele lhes disse: Contaminai a casa, enchei de mortos os átrios e saí. Saíram e mataram na cidade.
8 Havendo-os eles matado, e ficando eu de resto, caí com o rosto em terra, clamei e disse: ah! SENHOR Deus! Dar-se-á o caso que destruas todo o restante de Israel, derramando o teu furor sobre Jerusalém?
9 Então, me respondeu: A iniquidade da casa de Israel e de Judá é excessivamente grande, a terra se encheu de sangue, e a cidade, de injustiça; e eles ainda dizem: O SENHOR abandonou a terra, o SENHOR não nos vê.
10 Também quanto a mim, os meus olhos não pouparão, nem me compadecerei; porém sobre a cabeça deles farei recair as suas obras.
11 Eis que o homem que estava vestido de linho, a cuja cintura estava o estojo de escrevedor, relatou, dizendo: Fiz como me mandaste.

Romanos –    8
1 Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus.
2 Porque a lei do Espírito da vida, em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte.
3 Porquanto o que fora impossível à lei, no que estava enferma pela carne, isso fez Deus enviando o seu próprio Filho em semelhança de carne pecaminosa e no tocante ao pecado; e, com efeito, condenou Deus, na carne, o pecado,
4 a fim de que o preceito da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito.
5 Porque os que se inclinam para a carne cogitam das coisas da carne; mas os que se inclinam para o Espírito, das coisas do Espírito.
6 Porque o pendor da carne dá para a morte, mas o do Espírito, para a vida e paz.
7 Por isso, o pendor da carne é inimizade contra Deus, pois não está sujeito à lei de Deus, nem mesmo pode estar.
8 Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus.
9 Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se, de fato, o Espírito de Deus habita em vós. E, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele.
10 Se, porém, Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito é vida, por causa da justiça.
11 Se habita em vós o Espírito daquele que ressuscitou a Jesus dentre os mortos, esse mesmo que ressuscitou a Cristo Jesus dentre os mortos vivificará também o vosso corpo mortal, por meio do seu Espírito, que em vós habita.
12 Assim, pois, irmãos, somos devedores, não à carne como se constrangidos a viver segundo a carne.
13 Porque, se viverdes segundo a carne, caminhais para a morte; mas, se, pelo Espírito, mortificardes os feitos do corpo, certamente, vivereis.
14 Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus.
15 Porque não recebestes o espírito de escravidão, para viverdes, outra vez, atemorizados, mas recebestes o espírito de adoção, baseados no qual clamamos: Aba, Pai.
16 O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus.
17 Ora, se somos filhos, somos também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo; se com ele sofremos, também com ele seremos glorificados.
18 Porque para mim tenho por certo que os sofrimentos do tempo presente não podem ser comparados com a glória a ser revelada em nós.
19 A ardente expectativa da criação aguarda a revelação dos filhos de Deus.
20 Pois a criação está sujeita à vaidade, não voluntariamente, mas por causa daquele que a sujeitou,
21 na esperança de que a própria criação será redimida do cativeiro da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus.
22 Porque sabemos que toda a criação, a um só tempo, geme e suporta angústias até agora.
23 E não somente ela, mas também nós, que temos as primícias do Espírito, igualmente gememos em nosso íntimo, aguardando a adoção de filhos, a redenção do nosso corpo.
24 Porque, na esperança, fomos salvos. Ora, esperança que se vê não é esperança; pois o que alguém vê, como o espera?
25 Mas, se esperamos o que não vemos, com paciência o aguardamos.
26 Também o Espírito, semelhantemente, nos assiste em nossa fraqueza; porque não sabemos orar como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós sobremaneira, com gemidos inexprimíveis.
27 E aquele que sonda os corações sabe qual é a mente do Espírito, porque segundo a vontade de Deus é que ele intercede pelos santos.
28 Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.
29 Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.
30 E aos que predestinou, a esses também chamou; e aos que chamou, a esses também justificou; e aos que justificou, a esses também glorificou.
31 Que diremos, pois, à vista destas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?
32 Aquele que não poupou o seu próprio Filho, antes, por todos nós o entregou, porventura, não nos dará graciosamente com ele todas as coisas?
33 Quem intentará acusação contra os eleitos de Deus? É Deus quem os justifica.
34 Quem os condenará? É Cristo Jesus quem morreu ou, antes, quem ressuscitou, o qual está à direita de Deus e também intercede por nós.
35 Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada?
36 Como está escrito: Por amor de ti, somos entregues à morte o dia todo, fomos considerados como ovelhas para o matadouro.
37 Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.
38 Porque eu estou bem certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as coisas do presente, nem do porvir, nem os poderes,
39 nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.





Publicado no site: O Melhor da Web em 09/09/2019
Código do Texto: 140461
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):