Espaço Literário

O Melhor da Web


Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
evan - EVAN DO CARMO
EVAN DO CARMO
Cadastrado desde: 21/12/2008

Texto mais recente: O Garçon Loiola



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de EVAN DO CARMO , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=1053

 
Textos & Poesias || Prosa Poética
Imprimir - Impressora!
Imprimir
Acaso-poesia
19/03/2009
Autor(a): EVAN DO CARMO
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
Acaso-poesia


Os antigos, alguns sábios que ainda perduram como sábios,
Diziam sobre poesia: um poeta não nasce com o dom,
Apenas com uma vocação... Hoje achamos que já desvendamos
Este divino ou maligno enigma... Todos os poetas, sobretudo os malditos,
Não se achavam iluminados nem que são inspirados por deuses
Como pensava Sócrates ou Platão sobre os rapsodos de Homero.
Hoje, aqueles que ainda erguem sua espada nessa guerra insalubre,
De transformar o acaso da existência em algo mais belo
Não admitem ser um ventríloquo nas mãos de alguma entidade do além.
A poesia é uma arte, sim, uma bela arte. Para tal arte se dar
Faz-se necessário a aptidão, que não se trata de herança cósmica
Ou espiritual. Muitos poetas são dignos de honra e de sustentar esta bandeira
Que nos faz crer que a vida, apesar de ser enfadonha, sem objetivo nobre
Pode ser menos dolorida, com a ilusão que nos pinta a poesia, com as suas
Imagens criativas, e, acima de tudo indispensáveis.
Ainda vale frisar, que não é para qualquer um poeta ser.
É preciso ser “crédulo,” e é aí que reside um belo paradoxo, pois não existe
Poeta crédulo de fato. É esta descrença que lhes fazem crer
Na estética e na melodia que há nas palavras quando são dispostas
Em verso e em prosa.
Sendo um acaso, é que se torna lírica e intrigante a fonte que brota poesia.
O espanto, a contestação do inevitável... Morte... Poesia.
O óbvio visto sem medo, sem pudor da devoção e da adoração do nada... Poesia.
A crença...    A fé... A alegria... O sexo... A vida... Isso acaso-poesia.



Publicado no site: O Melhor da Web em 19/03/2009
Código do Texto: 15709
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.