Espaço Literário

O Melhor da Web

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
Vilma Oliveira - VILMA OLIVEIRA
VILMA OLIVEIRA
Cadastrado desde: 06/05/2008

Texto mais recente: HORAS QUE PASSAM... (Parte I)



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de VILMA OLIVEIRA , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=283

 
Textos & Poesias || Saudade
Imprimir - Impressora!
Imprimir
A FOTO DO ESCRITOR
30/03/2009
Autor(a): VILMA OLIVEIRA
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
A FOTO DO ESCRITOR

        
Certo dia, abri meu álbum de fotografias:
Ali descansava um grande quebra-cabeças               
da minha vida. A cada imagem despertava
em mim um tempo longínquo de belas
recordações – adormecidas lembranças...

A cada foto pude reviver importantes
acontecimentos. Alguns, já adormecidos
e perdidos na poeira. Outros, deixou-me   
comovida, alegre e triste ao mesmo tempo...

Em meio a um mar de imagens, encontrei
“A foto do escritor”... que, por breve tempo
eu havia deixado de pensar nele. Mas, agora
o tinha estático em minhas mãos trêmulas...

Se quisesse, podia perfeitamente ouvir sua voz.
Era uma pena que tudo tenha acabado assim...
Perdi totalmente o contato com ele...
Confesso, que fui muito egoísta.
Reconheço, que às vezes, ele estava errado, mas...
Olhando a foto, sentia muito sua falta
Saudade de ficar flutuando em fantasias...
Estaria ele ainda escrevendo?

Eu gostava de ler seus poemas. Tudo que
ele escrevia me fascinava o espírito...
Era perfeito. Ele às vezes me fazia elogios
ou me criticava impiedosamente...
Não compreendia esse meu jeito de ser.
Eu preferia não ser transformada
em meras palavras por ele...

Fechei meu álbum, mas os pensamentos
evocados pela foto sobrepunha-se a mente.
Será que ele ainda escreve sobre mim?
A idéia de permanecer sua personagem me agrada
De estar nos olhos dele, nas lágrimas e na ponta
da sua caneta. Quem sabe no sorriso?

Pensando bem, seria melhor que eu nada
soubesse. O tempo há de apagar essas
tristes imagens, essas mágoas...
Arrancando-as do meu coração e da minha
vida. Então, deixemos assim...


Publicado no site: O Melhor da Web em 30/03/2009
Código do Texto: 16781
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Total comentários: 2
Obras do(a) Autor(a):