Espaço Literário

O Melhor da Web

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
Vilma Oliveira - VILMA OLIVEIRA
VILMA OLIVEIRA
Cadastrado desde: 06/05/2008

Texto mais recente: HORAS QUE PASSAM... (Parte I)



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de VILMA OLIVEIRA , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=283

 
Textos & Poesias || Amor
Imprimir - Impressora!
Imprimir
MEU DIÁRIO II
27/07/2009
Autor(a): VILMA OLIVEIRA
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
MEU DIÁRIO II

                             
São precisamente onze horas da noite.
A minha volta tudo está calmo, e minha
alma, tranqüila. Sinto-me grata a Deus
por haver-me dado sempre nos momentos
desesperados da minha vida: calor e força.

Vou até a janela do meu quarto, e vejo
brilhando, através das nuvens que a
tempestade arrasta, algumas estrelas
do céu infinito. Elas não irão cair!
Assim como Deus tem me amparado...

Às vezes, imagino-te aqui ao meu lado.
Eu te contemplo entusiasmada e afetuosa
de tanta felicidade! Quanta coisa ainda
faz-me lembrar de ti! Estou imersa na tua
presença... meu amado!

Meu querido diário – deixo-o para ti!
Peço-te que o venere e guarde-o junto
ao teu coração. Deixarei milhares e milhares
de beijos e abraços, reverenciando assim,
nossos acalentados sonhos de amor eterno...

Sobrevivo num vale solitário a tua longa
espera que nunca finda... Não temo nem recuso
o frio cálice de amargura que tu me ofereceste
e o qual bebo todos os dias, sem derramar
sequer uma lágrima que seja...

Meus desejos um dia serão cumpridos?
Assim como todas as esperanças da minha
vida? Há bem poucos foi permitido a
felicidade de amar e ser correspondido.
Já é meia-noite. Que se cumpra o meu destino!






Publicado no site: O Melhor da Web em 27/07/2009
Código do Texto: 34709
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):