Espaço Literário

O Melhor da Web



Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
EstherRogessi - ROGESSI DE ARAUJO MENDES
ROGESSI DE ARAUJO MENDES
Cadastrado desde: 28/03/2009

Texto mais recente: Pacíficos ou Beligerantes?



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de ROGESSI DE ARAUJO MENDES , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=1725

 
Textos & Poesias || Prosa Poética
Imprimir - Impressora!
Imprimir
As Quatro Estações do Amor
28/07/2009
Autor(a): ROGESSI DE ARAUJO MENDES
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
As Quatro Estações do Amor

O primeiro olhar, o descobrir do sorriso,
O primeiro aperto de mãos, romantismo...
O primeiro beijo – tímido selinho –, sabor de menta...
Emoção a flor da pele, tudo aflora, leve rubor enternece.
Beleza, atração, cânticos e poesia.
Lindas imagens, tempo colorido... Flores!
É a primavera dos sentimentos!...
Tesão, decisão...
Voz grave, máscula, porém... macia.
Inebriante odor, doce agonia...
Desfalecer, torpor, embriaguez, tremor...
Fogo...calor, suor...Gemidos que não de dor,
Verão é a estação do amor!
Sentimentos mudam...
Tal qual,    lindas paisagens,
O viço das árvores, frondosas fenecem...
Vão-se as rosas e o despetalar das folhas acontece,
tempo de perdas, de pisar o que dantes foi verdejante,
As que estavam no alto...seguras, vemos caídas sem vida,
secas no chão... Folhas rolam, giram ao vento,
sem rumo nem direção!
Anúncio da época outonal....
As brasas da paixão, antes inflamadas, acesas...
Perdem a cor, se acalmam... cinzas, umidade, frieza...
Gelo na alma e no coração!
Os olhos choram tal qual a natureza...
Serve o alento... de que, o sofrer crescimento traz,
as lágrimas, fortalecem o coração...
E meio ao sofrer infernal, basta um sopro...
Para dissipar as cinzas, morte aparente, época invernal!


Esther”Rogessi”.Prosa Poética: As Quatro Estações do Amor. Categoria: Poética.22/05/09.Publicado no Melhor da Web
Copyright.


Publicado no site: O Melhor da Web em 28/07/2009
Código do Texto: 34869
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.