Espaço Literário

O Melhor da Web

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
alberto.nett - AjAraujo, o poeta humanista
AjAraujo, o poeta humanista
Cadastrado desde: 20/07/2009

Texto mais recente: A vida é um rio que flui



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de AjAraujo, o poeta humanista , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=2715

 
Textos & Poesias || Social
Imprimir - Impressora!
Imprimir
Estranho mundo, estranha gente
01/08/2009
Autor(a): AjAraujo, o poeta humanista
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
 
35254 Estranho mundo, estranha gente alberto.nett - AjAraujo, o poeta humanista
Estranho mundo, estranha gente

Estranho mundo, estranha gente,
de estanho, cobre, ouro, na alquimia,
de duendes, gnomos, fadas, na feitiçaria,
de entes, guias, espíritos, na fluida energia.

Estranho mundo, estranha gente,
de palhaços, trapezistas, domadores, na alegria,
de carrascos, algozes, torturadores, na vilania,
de artistas, cancioneiros, visionários, na sangria,

Estranho mundo, estranha gente,
fartura, exploração, acumulação, na mesquinharia,
pobreza, tristeza, fome, na lataria,
pão, vinho, leite, na mesa faltaria.

Estranho mundo, estranha gente,
jangadas, barcos, botes, na pescaria
monges, pastores, budistas, na calmaria
doleiros, especuladores, atravessadores, na zombaria

Estranho mundo, estranha gente,
   Pequeno e profundo, emaranha e sente,
   Sereno e cálido, aninha a semente,
   Gerando broto, sob a rocha e vertente,
   Alimentando o fruto, que desabrocha potente...

AjAraújo, escrito em Fevereiro de 2002.


Publicado no site: O Melhor da Web em 01/08/2009
Código do Texto: 35254
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):