Espaço Literário

O Melhor da Web



Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
Sandra Marah  - SANDRA MARAH ANDRADE PINTO
SANDRA MARAH ANDRADE PINTO
Cadastrado desde: 04/08/2009

Texto mais recente: UNIÃO



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de SANDRA MARAH ANDRADE PINTO , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=2835

 
Textos & Poesias || Ensaios
Imprimir - Impressora!
Imprimir
Um momento com Paulo Freire
13/08/2009
Autor(a): SANDRA MARAH ANDRADE PINTO
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
 
36576  Um momento com Paulo Freire Sandra Marah  - SANDRA MARAH ANDRADE PINTO
Um momento com Paulo Freire

   Paulo Freire, ainda menino foi estudar no Colégio Osvaldo Cruz, em Recife. A escola sempre esteve presente no seu destino, aluno dedicado tornou-se professor de Português da própria escola onde estudou. Foi para o exílio em 1964, ano do golpe militar por isso teve que morar na Bolívia, Chile, Estados Unidos e na Suécia.
      Em 1980 foi anistiado, regressando ao Brasil foi morar em S. Paulo quando ficou viúvo de sua primeira esposa, casou-se com sua ex-aluna no ano de 1988 e permaneceram juntos até sua morte em de Maio de 1997.
      Nita Freire continuou o trabalho do marido, inaugurando o Espaço Paulo Freire, situado na sobreloja da Villa das Palmeiras, relançando o livro Cartas á Cristina, Reflexões sobre a minha vida e minha práxis, Pedagogia do oprimido. Segundo Nita Freire, seu esposo era um otimista e um esperançoso, pois acreditava e defendia a diversidade na escola e que houvesse uma pedagogia que continuasse caminhando para uma homogeneização.
      Com isso ele se opõe a força de uma voz hegemônica e dominante, segundo ele quem disse que a democracia de outros países tem de ser igual em todo mundo; a música tem de ser a mesma, até a batata frita tem que ser igual.
         Há diversas maneiras de fazer a leitura do mundo, imagine se o Brasil tivesse acesso á educação, não haveria tanta opressão e intolerância. Por isso Paulo Freire continua sendo um educador que esta na vanguarda, porque sempre lutou pelo respeito ao que é diferente e pelo direito do povo ter voz e a se biografar.    De acordo com o seu pensamento ninguém tem o direito de ser o que nasceu, viveu e morreu sem saber o que foi, sem ter feito história.
         Ninguém pode ser um caderno vazio, todos nascem para contribuir e transformar a história, com a capacidade de sonhar com dias melhores, com a coragem de ser e existir enquanto gente, superando as limitações da pedagogia neoliberal em favor de uma pedagogia que encaminhe os professores a uma pedagogia da autonomia mostrando a boniteza de ser professor e a boniteza de ser gente visto que “ensinar e aprender” e fundamental para qualquer um que queira ter um projeto no sentido de querer fazer a diferença contribuindo para desenvolver as potencialidades latentes do ser humano que    precisa ter oportunidade de melhores condições de vida e oportunidades iguais para crescer.Esse sonho só será possível com a educação.


Publicado no site: O Melhor da Web em 13/08/2009
Código do Texto: 36576
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Total comentários: 2
Obras do(a) Autor(a):


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.