Espaço Literário

O Melhor da Web



Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto

OSCAR SCHILD
Cadastrado desde: 09/05/2008

Texto mais recente: 1930, o ano da minha MÃE!



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de OSCAR SCHILD , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=324

 
Textos & Poesias || Agradecimento
Imprimir - Impressora!
Imprimir
1930, o ano da minha MÃE!
13/05/2008
Autor(a): OSCAR SCHILD
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
1930, o ano da minha MÃE!



Mamãe tem 77 anos; estou preocupado porque a idade avança sobre seu corpo frágil que já foi um encouraçado. Já caminha com dificuldades e continua forte em nos sentimentos e no seu amor a Jesus.

Nice teve uma vida simples e sofrida; trabalhou muito. Soube criar seus quatros filhos sem a presença do pai e mesmo assim, até hoje ajuda-nos em qualquer situação. Sabe repartir o pouco que têm e jamais exige retorno, mesmo sendo necessário.

Escrevi um texto no qual perguntava se havia quem não precisasse de uma mãe e eu mesmo respondi que precisava de muitas, tamanho é a necessidade que sinto de tê-la ao meu lado, embalando-me em seus pequenos braços, como criança fosse.

O dia das mães deveria ser sempre o dia de hoje, sem este comércio sobre esta importante atriz que Deus sobre colocar à nossa disposição. É um carro forte, que nos protege dentro de seu corpo frágil durante meses. Muda sua forma e disposição sem deixar de nos amar, sem esquecer das lidas e do resto da família. Quanta vez, no frio e sozinha, percorreu caminhos difíceis para trazer o sustento aos seus meninos, hoje, cinquentões que ainda precisam do seu colo.

Tenho três filhas que um dia poderão ser mães; torço para que elas possam ser bravas, persistentes, amorosas e dedicadas como a Nice foi e continua sendo; que jamais pereçam nos obstáculos, mantendo a postura firme na moral, na ética e dentro dos preceitos que Jesus nos ensina.

O homem imagina o que é ser mãe; alguns conseguem substituí-las quando sozinhos criam os filhos, mas não sabem (podem imaginar) quão maravilhosa deve ser a geração e criação de um filho em seu ventre. É o maior legado que elas podem dar ao mundo: é a possibilidade da reencarnação, da volta de um espírito para a sua evolução.

Choro ao terminar estas linhas; sei que o choro é pelo amor que sinto à Nice. Peço a Deus que a mantenha saudável até que o seu tempo – nesta encarnação – seja findo e que ao retornar para casa do Pai, que o seja em forma harmoniosa e feliz.

Ao lado dela vive outra mãe. Jamais pode ser mãe biológica, mas deu amparo a três meninas, criando com filhas. Hoje, tia Ionne, perto dos 93 anos, é exemplo de mãe, que ao lado da irmã, enche o coração dos amigos, vizinhos e parentes. Um século de existência e dedicação. Reparte tudo o que tem e se pudesse, daria mais.

Exemplos a serem seguidos àquelas mães e pais que abandonam a própria sorte seus filhos. Sabem fazê-los, mas mantê-los no seio familiar, não; alguns até retiraram suas vidas, jogando-as em valos, córregos, latas de lixo, quando não os matam, atirando-os de lugares altos. Tenho pena destes pais, porque a Lei Divina dará oportunidade para que eles venham na forma de filhos e possam compreender o que fizeram e aproveitar a nova encarnação, tentando consertar o estrago feito.

Oscar Schild





Publicado no site: O Melhor da Web em 13/05/2008
Código do Texto: 3813
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.