Espaço Literário

O Melhor da Web


Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
nivaldomossato - NIVALDO DONIZETI MOSSATO
NIVALDO DONIZETI MOSSATO
Cadastrado desde: 09/06/2009

Texto mais recente: PÁGINAS EM BRANCO



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de NIVALDO DONIZETI MOSSATO , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=2377

 
Textos & Poesias || Prosa Poética
Imprimir - Impressora!
Imprimir
ALMAS OCULTAS
06/09/2009
Autor(a): NIVALDO DONIZETI MOSSATO
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
 
38855 ALMAS OCULTAS nivaldomossato - NIVALDO DONIZETI MOSSATO
ALMAS OCULTAS

Almas se ocultam por entre as linhas de um doce poema.
Invisíveis, evolam-se, como a fumaça do cigarro, no cinzeiro.
De mãos dadas, flutuam no ar e espalham-se na imensidão do universo.
Almas que se ocultam na vastidão que separa o céu e a terra,
e por entre as linhas deste doce poema traçam os significados de suas vidas.
Voam juntas, entrelaçadas, por entre as palavras vagas, de uma canção.
Não há pontos e nem regras. Não há vírgulas e nem exclamação. Simplesmente, evolam-se.
Almas invisíveis, de ocultos significados.
Almas invisíveis que penetram no coração das pessoas, significando cicatrizes.
Almas que significam a si mesmas. Almas ocultas, em constante evolução.
Almas sentimento, que buscam por um momento, o sumo da vida.
Almas que se misturam entre palavras e encantos, e no enigma do conto,
no entanto, se perdem em desencontros.
Almas invisíveis, ocultas por entre as linhas, por entre os versos, e que,
em reversos, nem sabem se explicar.
Almas de abrigo, almas de tormento, almas de céu e cimento;
Almas invisíveis aos olhos humanos.
Somente perceptíveis ao coração de um poeta.
Almas que se amam. Almas que se doam.
Almas que por um momento, procuram alento, no doce fulgor de um olhar.
Almas que se enamoram, que se misturam.
Almas que perdem o eixo, e no calor de um beijo, se deixam levar.
Almas que se curtem, que se entregam, que se procuram.
Almas que se encontram.
Almas que significam, que se significam e que significam sentimentos.
Almas que evolam-se como a fumaça do cigarro, no cinzeiro, o dia inteiro.
Almas que se perdem por entre os sons e o choro, das promessas de um namoro, que vai começar.
Almas que permeiam os olhos bonitos.
Almas dos corações aflitos, do eterno dilema.
Almas dos que choram, ao lerem este doce poema.


www.nivaldomossato.com.br

Publicado no site: O Melhor da Web em 06/09/2009
Código do Texto: 38855
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Total comentários: 1
Obras do(a) Autor(a):


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.