Espaço Literário

O Melhor da Web



Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto


Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de ELIZABETH MISCIASCI , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=455

 
Textos & Poesias || Reflexões
Imprimir - Impressora!
Imprimir
Não me negarei©
31/07/2008
Autor(a): ELIZABETH MISCIASCI
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
Não me negarei©

Por: Elizabeth Misciasci


Não me conhecerão por aquilo que não sou.
Nem por mim, nem por ti, nem pelos que passarem
por caminhos que nao me pertenceram,pois
é trilha certa que seguir, não vou.
Não saberão qual a cor do céu que me encobria,
nem a paisagem que mais me encantava,
ou a dor mais profunda que eu sentia.
Não me ouvirão, por tantos momentos que me calei...
Nem pela vóz que mesmo bradando,
desvastando, fiz clamoroso protestar,
ou pelas palavras mudas, que há muitos dediquei.
Não saberão em qual tom entoei este canto,
nem se a minha melodia era o fruto de uma irreverencia
que opositora se fazia, em formato de sonata...
Reproduzida com o intento de esconder meu pranto.
Não visualizarão as infinitas fotografias que já rasguei;
nem os lúcidos pensamentos que em desvario
frutificaram-se nesta mente sã e fecunda,
e, que por serem inanimados, não compartilhei.
Não conhecerão o brilho dos olhares que não dei,
nem pelos tempos passados, nem pelos dias presentes,
pois meu consolo, vem "do saber" que não me perco
nem me desencontro, por aquilo que não sonhei.
Não saberão em qual direção irei andar...
Se deixarei meu corpo e minh'alma em qualquer chão,
se estarei entre o céu ou a terra,
se alcançarei o horizonte ou atravessarei o mar.
Pois nem por mim, nem por ti, nem pelos que passarem
por caminhos que não me pertecenceram,
a minha estrada irei percorrer,
mesmo que a me devastar...
tendo a alma tão machucada...
Não me negarei.

Publicado no site: O Melhor da Web em 31/07/2008
Código do Texto: 4677
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.