Espaço Literário

O Melhor da Web



Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
Ecila Yleus - ALICE SUELI DANTAS
ALICE SUELI DANTAS
Cadastrado desde: 06/08/2008

Texto mais recente: Sons dos Pássaros



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de ALICE SUELI DANTAS , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=460

 
Textos & Poesias || Amor
Imprimir - Impressora!
Imprimir
DE MÃOS DADAS PELA VIDA
06/08/2008
Autor(a): ALICE SUELI DANTAS
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
DE MÃOS DADAS PELA VIDA

Brindemos com a espuma do mar,
Com a espuma da cerveja.
O líquido frio passando pelos corpos quentes,
Desejos fortes, antigos, marcantes,
Sementes vívidas em nossa mente.
Dias coloridos outros em preto e branco.
A esperança e a desesperada certeza
Cruzaram linhas,arrebentaram pontos,
Mas chegamos juntos na mesma estrada.
Brindemos ao sonho quebrado,ao sonho refeito.
Na cadeira da sala repousas e aguardas ansioso,
As minhas mãos trêmulas aproximar-se,suavemente,
Em busca do teu rosto parado na sombria sala.
Lábios fechados,sinais fechados,coração aberto.
Aqui estou, todos esses anos te amando
Num desejo ávido dos gestos,na construção dos laços,
De todos os recomeços,todos os encontros.
Quero tocar a tua pele alva, macia,marcada pelos traços,
Somos dois anjos atrevidos,voando por esses destinos,
Quantos anos dançando nas asas do tempo.
Quero o dobrar dos anos,
Quero a névoa que possou em teus cabelos,
Quero o entrelaçar das mãos sem sentir o abandono dos olhos.
Sei que estais aí sentado na cadeira vestido em teu pijama,
Esperando a porta abrir, esperando as mãos alçar vôo.
Sonhas os nossos sonhos, eu sempre estive aqui,
A ti esperar com flores no cabelo, com perfume de jasmim.
O que é novo em nós? O que não mudou?
São nossos olhos que se olham, profundamente,
Como no primeiro dia: cúmplice, inteiro, eterno.
É a tua alma que junto a minha povou o mundo
E as nossas mãos que celebram a vida a cada segundo.
Ecila Yleus
Publicado no Recanto das Letras em 14/07/2008
Código do texto: T1079855

Publicado no site: O Melhor da Web em 06/08/2008
Código do Texto: 4699
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.