Espaço Literário

O Melhor da Web


Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
josemiraolongo - JOSEMIR TADEU DE SOUZA
JOSEMIR TADEU DE SOUZA
Cadastrado desde: 27/11/2009

Texto mais recente: Verbo que não vingou..



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de JOSEMIR TADEU DE SOUZA , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=3600

 
Textos & Poesias || Prosa Poética
Imprimir - Impressora!
Imprimir
pés e mãos atados...
09/12/2009
Autor(a): JOSEMIR TADEU DE SOUZA
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
pés e mãos atados...

Que saco... essa mescla de imagens,
que se amalgama às nossas viagens.
De novo...
dizimar de crianças negras, que em total abandono,
faz-se preterido povo,
tal qual quando o mundo inteiro alardeou-se
pela adoção "das pobres crianças de olhos azuis de Kozovo".

Esse cegar oportunista.
Esse "ler" jornais,
pra constatar novelas...
ganhos de atletas...
enaltecimento do obsoleto.
Impulso de querer arrevista,
que aos abutres
jogam as vítimas,
selecionando-as pela tez.
Gerações de Bobs, MacDonalds...
buraco de breu,
que se apossa de quem nada faz ou fêz.

Desgaste esse santificar de Obama...
e daí?
Onde está quem por ele chama?
Na prática,
quantas vezes esse "salvador" foi a África?
Qual discurso por ele fomentado,
fez-se em favor do povo massacrado,
em solo árido, sob as lágrimas de filhos e mães?

Que saco ter que fugir das origens,
procurar entre as vertigens,
visagens, que me agradem...
Que droga saber-me açambarcado
por um mundo acovardado,
onde incutido em mentes está
que é preciso pra não morrer. matar...
o que há?
O que resta?
Ninguém mais se expressa,
nosso instável e falho caráter,
atou-nos, mãos e pés...
somos do nada,
verdadeiros filhos de ninguém...


Publicado no site: O Melhor da Web em 09/12/2009
Código do Texto: 47202
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.