Espaço Literário

O Melhor da Web


Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
Balzac - JOSÉ ANTÔNIO GAMA DE SOUZA-BALZAC
JOSÉ ANTÔNIO GAMA DE SOUZA-BALZAC
Cadastrado desde: 24/04/2008

Texto mais recente: O BARCO



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de JOSÉ ANTÔNIO GAMA DE SOUZA-BALZAC , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=108

 
Textos & Poesias || Regionais
Imprimir - Impressora!
Imprimir
ORAÇÃO DA CACHAÇA
24/08/2008
Autor(a): JOSÉ ANTÔNIO GAMA DE SOUZA-BALZAC
VOTE!
TEXTO ELEITO
4
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
ORAÇÃO DA CACHAÇA

ORAÇÃO DA CACHAÇA

Santa cachaça bendita
Que tomo com emoção
Não atropela meu fígado
Faz-me bem ao coração

Não te bebo por querela
Bebo-te não é por luxo
Se bates comigo na goela
Eu bato contigo no bucho

Se não bebo, eu te quero
Se te bebo, quero mais
Doce benção que da cana
Tiraram nossos ancestrais

Com prazer vou te tomando
Viro o gole e não chio
Se não desceres queimando
Eu não terei arrepio

Tu vens macia pra mim
Sedento eu vou "para ti"
Um dia irás me matar
Mas hoje eu vou te engolir

Cachaça é como mulher
Pra se manter a polidez
Pode-se bem tomar todas
Mas uma de cada vez

Bebo pra abafar a tristeza
Bebo pra aumentar a alegria
Bebo mesmo é por prazer
Não é por vício ou mania

Se és branca ou amarela
Se purinha ou com limão
Vou te traçando sem trela
Mas faço minha oração

Eu bebo sem preconceito
Pinga boa é mesmo um mel
Bebendo ou não, sei que morro
E vou pro inferno ou pro céu

Eu te mato e tu me matas
Bebo-te, mas sempre num canto
És de fato, quem me empatas
Pois deixo alguma pro santo

Jesus Cristo tomou vinho
Mas aqui uva não dá...
Dá cana caiana das boas
Pinga então vamos tomar

Oh! São Damião e São Cosme
Valha-me Santo Agostinho
Que eu tenha força no braço
Como porco tem no focinho

Apelo pra todos os santos
Que ela só me faça bem
Que eu tenha saúde e vigor
Pro trabalho e amor também

Abro tranqüilo a boca,
Arreganho bem minha goela
Preparo então minha alma
Que queimando lá vai ela.


Leopoldina, MG.


Publicado no site: O Melhor da Web em 24/08/2008
Código do Texto: 4819
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Total comentários: 2
Obras do(a) Autor(a):


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.