Espaço Literário

O Melhor da Web



Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
drmarciofunghi - MARCIO FUNGHI DE SALLES BARBOSA
MARCIO FUNGHI DE SALLES BARBOSA
Cadastrado desde: 14/02/2010

Texto mais recente: O TEMPO VOA?



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de MARCIO FUNGHI DE SALLES BARBOSA , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=3845

 
Textos & Poesias || Entrevistas
Imprimir - Impressora!
Imprimir
EJACULAÇÃO PRECOCE - Vamos resolver? - Não é erótica ou pornográfica
14/02/2010
Autor(a): MARCIO FUNGHI DE SALLES BARBOSA
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
 
50536 EJACULAÇÃO PRECOCE - Vamos resolver? - Não é erótica ou pornográfica drmarciofunghi - MARCIO FUNGHI DE SALLES BARBOSA
EJACULAÇÃO PRECOCE - Vamos resolver? - Não é erótica ou pornográfica

Ejaculação precoce
Surge no apressadinho,
Que nem sente como é doce,
O prazer bem curtidinho.

Deus nos deu este prazer,
Para nos deliciar.
Recompensa pra viver
E também nos procriar.

A mulher fica triste,
Pelo homem não parar
De achar que é 'tuíste',
A maravilha de amar.

Acaba sentindo tédio,
E rejeita o assédio.
_______________________

O homem fica precoce
Quando teme ser 'veloce'.

Um paradoxo estranho,
Pois sonha em agradar.
Mas glória, não é tamanho
E sim saber 'tilintar'

Algo já tão bem exposto,
Que aprofundar não requer.
Ele tem que ver o rosto,
Elevar sua mulher.

Aqui não conta dinheiro,
Status, ou um carrão.
Precisa ser companheiro,
Atingir seu coração.    (Como pode ser 'coração' uma rima pobre?)
_______________________

Os homens aprendem pouco
Desta arte de amar.
Empurrado como louco,
Pro seu machismo provar

Para pai, principalmente
O rebento tem que ser
Um talento de repente,
Mas sem amor aprender.

Pra filha impõe um medo
De um filho arrumar.
Por isto, vida em segredo,
Que confunde seu achar.

Umas são assustadinhas,
Outras buscam 'barraquinhas'.
________________________

Estas fazem muito sexo:
As 'rainhas' do amplexo.

Aquelas aquelas ficam tristes,
Por não ouvir galanteio.
Só veem nego em 'riste',
E no ato: aperreio.

Pais abertos já ensinam:
"Nem tanto ao céu, ou ao mar"
Os sexos só se combinam,
Com amor a temperar.

"Afinal, que que é isto?":
É um tal de 'entrosamento',
Que o carinho faz um misto,
Quente pro 'tuitamento'.
____________________________

Aí, ouvem-se os sinos,
Pois estão a tilintar
Dos céus ouvem-se hosanas!,
Com Deus feliz a brindar.

Os dois abriram-se tanto,
Que um aprendeu com outro,
E aumentou o encanto,
De se achar feliz noutro.

Ela disse, ele disse,
O que lhe completaria.
Simples: é como ouvisse,
Um estalar de magia.

Só uma coisa impede:
Medo de errar! De bípede!
____________________________________
mdweb@drmarcioconsigo.com

Publicado no site: O Melhor da Web em 14/02/2010
Código do Texto: 50536
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.