Espaço Literário

O Melhor da Web


Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
jorgehumberto - JORGE HUMBERTO
JORGE HUMBERTO
Cadastrado desde: 07/12/2008

Texto mais recente: Cada um, à sua maneira, escreve e é escritor.



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de JORGE HUMBERTO , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=833

 
Textos & Poesias || Social
Imprimir - Impressora!
Imprimir
GLOBALIZAÇÃO
12/04/2010
Autor(a): JORGE HUMBERTO
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
 
53353 GLOBALIZAÇÃO jorgehumberto - JORGE HUMBERTO
GLOBALIZAÇÃO


Tenho dentro de mim o silêncio
dos oprimidos e dos sem casa.
Minha maneira de reconfortá-los
é seguir escrevendo minha poesia.

Talvez seja amor o que eu sinto
por estas pessoas e me dedico
a elas com alma e coração
sempre preocupado com as minhas gentes.

Não há um poema meu que eu não
me vença a mim mesmo para levar
o melhor ao meu povo tão sofrido
por desmandos e descaso.

Não posso ver uma pessoa pedir
comida na rua que logo me revolta
e questiono o sentido da vida e o
valor dos Homens neste pedaço de Terra.

Se uma palavra minha levar alguma
solidariedade e força de vontade
a alguém que sofre já me dou por
satisfeito e de trabalho realizado.

Estamos numa época sem valores
o que importa é o «eu» e não o «nós»
e vemo-nos tão sozinhos que chega
a doer a dor que deveras sinto.

Por isso eu escrevo e escrevo sem
cessar até que me doam os dedos
e a pluma se esgarce pela voracidade
do focinho da palavra que eu subscrevo.

Quem sabe o Homem acorde a tempo
de ver a miséria em que se tornou o
seu igual esquecido numa esquina
qualquer debaixo de degraus o seu poiso.

Oh, povo meu, que má sorte a tua
viveres num mundo globalizado
onde tudo é devorado pelos
déspotas e tiranos da inquisição.

Jorge Humberto
11/04/10


Publicado no site: O Melhor da Web em 12/04/2010
Código do Texto: 53353
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.