Espaço Literário

O Melhor da Web



Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto

AGOSTINHO M. DA COSTA
Cadastrado desde: 06/05/2008

Texto mais recente: Sofisma no Amor



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de AGOSTINHO M. DA COSTA , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=291

 
Textos & Poesias || Crônicas
Imprimir - Impressora!
Imprimir
A Construção, e a Justiça de Brasília.
21/04/2010
Autor(a): AGOSTINHO M. DA COSTA
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
A Construção, e a Justiça de Brasília.

Nesse dia em que se comemora o 50º. Aniversário da Cidade de Brasília. Gostaria
De fazer justiça a um brasileiro de nome Antônio Soares Neto, que assistia ao comício do    Sr.
Juscelino Kubitschek, no dia 4 de abril de 1955, na Cidade de Jataí no Estado de Goiás. Quando o
o candidato franqueou a palavra, após o discurso, para perguntas dos futuros eleitores.
O Senhor Antônio cansado de ouvir que a futura Capital do Brasil seria no Planalto Central
(Distrito Federal), o que estava previsto num dispositivo da Constituição de 1946, que previa a
mudança da Capital, da Cidade do Rio de Janeiro.
O candidato a Presidente respondeu e assumiu na hora o compromisso de fazer a mudança, e
foi ovacionado pela plateia.
E no dia 21 de abril de 1960, às 9 horas da manhã, o Presidente Juscelino fechou
No dia da fundação de Roma na Itália, e da execução do líder da Inconfidência Mineira o nosso
Tiradentes (Joaquim José da Silva Xavier), o Presidente eleito cumpriu o compromisso com o povo
Brasileiro, não só de Goiás, mas de todo o Brasil.
O badalo dos relógios do Palácio do Catete, onde era instalado o Governo do Brasil, teve os seus
Portões fechados, solenemente às 9 horas da manhã, fazendo-se assim a mudança simbólica, da
Capital do Rio de Janeiro para Brasília.O Palácio foi transformado em Museu da República.
Foram recrutadas pessoas de todo o Brasil, principalmente do Nordeste, que foram denominados de “Candangos”.
Um jornal da Cidade do Rio de Janeiro oferecia terrenos na Cidade de Brasília, para quem marcasse
o local exato da nova Capital, para incentivar pessoas da Cidade do Rio mudar-se e povoar a nova Cidade.
A mudança dos funcionários foi difícil, porque na futura Cidade na tinha atrativos,
principalmente praias e diversão.
Para enfrentar a falta de praias, o Presidente mandou construir o Lago de Paranoá.
Muitos políticos foram os mais contrariados com a mudança da Capital.
O arquiteto Lucio Costa implantou através do anteprojeto da empresa NovaCap, o plano piloto (o traçado das ruas), e o arquiteto Oscar Niemeyer projetou os principais prédios públicos da nova Cidade.
Várias benesses foram oferecidas a oposição, como estratégia do moralista francês Joubert, para
Quem “não devemos cortar o nó que devemos desatar”.
A Cidade, embora construída em tempo recorde, a transferência efetiva dos vários órgãos (nem todos ainda) a infra-estrutura governamental foi durante os governos militares.
Visitando Brasília em 1961, o primeiro homem que viajou ao espaço, o russo Yuri Gagarin, disse: Tenho
a impressão de estar desembarcando num planeta diferente, que não é a Terra.
Fatores houve, que influenciaram para a mudança, entre os muitos, a dos militares, que a Capital
Ficava vulnerável a ataques estrangeiros, e no centro seria vital a segurança nacional.
Também era citada, a interiorização do povoamento, e do desenvolvimento, e integração nacional, já que
a população brasileira por fatores econômicos concentrou-se no litoral.
com as novas rodovias, ligando as Capitais, haveria a uma maior integração econômica.
Hoje a Capital no 50º. Aniversário já têm mais de 2 milhões de habitantes, e mais de 1 milhão de
carros, numa média de 2 carros por cada habitante.
Parabéns Brasília. Parabéns Candangos! Parabéns Juscelino (que Deus o tenha). Parabéns Antônio Soares Neto
que com uma simples pergunta, mudou o Brasil.
Brasília, entre muitas coisas bonitas, tem um lindo por do sol, prevendo novas manhãs de esperanças.
para o povo brasileiro.
A história não é só feita de brados retumbantes. Viva Brasília...


Publicado no site: O Melhor da Web em 21/04/2010
Código do Texto: 54026
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.