Espaço Literário

O Melhor da Web


Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
josemiraolongo - JOSEMIR TADEU DE SOUZA
JOSEMIR TADEU DE SOUZA
Cadastrado desde: 27/11/2009

Texto mais recente: Verbo que não vingou..



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de JOSEMIR TADEU DE SOUZA , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=3600

 
Textos & Poesias || Poema
Imprimir - Impressora!
Imprimir
comprovada e cabalmente igual...
07/05/2010
Autor(a): JOSEMIR TADEU DE SOUZA
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
 
55181 comprovada e cabalmente igual... josemiraolongo - JOSEMIR TADEU DE SOUZA
comprovada e cabalmente igual...

Oração contrita, infinita fé de abé-abaxé-de-ori...
Nada se faz extinto no que se faz explícito
no cintilar negro sacro-retinto,
de babalorixá babalaô.

Roda num bailar iluminado,
a energia dos axés,
entregues ao bem querer, ao se dar,
da energia sagrada dos orixás...

Tambores, mensageiros de amores,
cantos lamentos?
Não... em verdade, cantos purificados
de libertação, através dos tempos.
Encantadas preces.

Ialorixá zela pela grandeza dos cultos,
protegendo axés.

Fé em Iansã, Orixá, que faz vergar os viandantes eguns.
Malemolentes corpos, que soltos,
oram enganando capitães do mato,
cegos e entregues capatazes, perdidos na história, hiatos...
O que se faz rito sagrado,
libera os espíritos, fazem-nos ablaqueados,
capacitando uma igualdade jamais vista.
Iguais em cor, dor e fé,
Guerreiros de essência,
serelepes e sãos, pelo viajar através de guimbê...

Guiados pelo canto de guiramambé,
iaiás são guiadas no canto, que ressona
por iatebexê...
erês que se soltam após mergulho do transe de Orixá
e revisitam seus entes,
nos sagrados vales do Continente antes livre,
visão, que lhes vêm aos olhos,
após sagração de purificar.

Oxum, iabá faceira,
faz matar a sede de tribos inteiras
revigorando-os o trilhar.
Iaiás, erês,
fortalecidos na epifania irisada
de Oxumarê.

Seres, que nos provam,
que a pigmentação da pele
nada mais é do que aquilo que se insere
como fator de etnia.
Aquilo que se eterniza, se cristaliza,
como força pura.
Energia, que lisa, suavemente desliza.
O que se insere em pele diferencia a etnia,
para valorar o sentido infinito da alma,
que ao subir torna-se igual, absolutamente igual,
em qualquer ser movente.
Seja ele louro, ruivo, branco, amarelo,
qualquer cor, seja a raça que for.
Igualdade de raças inicia-se no conceber
o que se diferencia no corpo...
no aceitar-se irmão em igualdade, em totalidade.

Ninguém faz-se nessa terra expiativa, maior
do que o que se instala e conceitua-se normal.
Cor da alma não se difere...
cor de espirito,
é comprOvada e cabalmente igual.


Publicado no site: O Melhor da Web em 07/05/2010
Código do Texto: 55181
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.