Espaço Literário

O Melhor da Web

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto


Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de EDUARDO EUGÊNIO BATISTA , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=3893

 
Textos & Poesias || Sonetos
Imprimir - Impressora!
Imprimir
PEQUENINA MORTE
10/05/2010
Autor(a): EDUARDO EUGÊNIO BATISTA
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
 
55494  PEQUENINA MORTE Setedados - EDUARDO EUGÊNIO BATISTA
PEQUENINA MORTE


Embaixo de uma cumeeira da casa abandonada,
Vejo um filhotinho de pardal despenado sem vida...
De nada lhe valeu o par de asas durante sua caída,
Que sem a boa sorte fez da morte a próxima morada.

A dor que me invade é tamanha, me entristece a alma,
Será um chilrear a menos em todos os dias de alvorada.
Uma algazarra de felicidade que ao vê-los nos acalma.
A vida seria muito triste sem essa linda passarinhada.

Fico a olhar o pobre passarinho que despencou do ninho
E torcendo para que lá no telhado tenha um irmãozinho.
É nessas horas que nos imaginando grandes e fortes...

Nós percebemos que este mundo real tão pequenino,
Que luta pela sobrevivência, nos mostra em seu cantinho
A impotência que temos diante das nossas próprias mortes.


Eduardo Eugênio Batista.


Publicado no site: O Melhor da Web em 10/05/2010
Código do Texto: 55494
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Total comentários: 2
Obras do(a) Autor(a):