Espaço Literário

O Melhor da Web



Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
thalya santos - THALYA SANTOS
THALYA SANTOS
Cadastrado desde: 07/09/2009

Texto mais recente: LAPIDANDO RECORDAÇÕES



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de THALYA SANTOS , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=3080

 
Textos & Poesias || Acrósticos
Imprimir - Impressora!
Imprimir
MÃE NÃO MORRE É ETERNA (CARTINHA Á MINHA MÃE)
02/06/2010
Autor(a): THALYA SANTOS
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
 
57158 MÃE NÃO MORRE É ETERNA (CARTINHA Á MINHA MÃE) thalya santos - THALYA SANTOS
MÃE NÃO MORRE É ETERNA (CARTINHA Á MINHA MÃE)

Mais um ano, aqui estou novamente escrevendo uma cartinha para ti mãezinha, não que em algum momento de minha vida eu tenha te esquecido, embora a gente tenha ficado tão pouco tempo junto, eu acho que mãe não morre... Mãe é eterna, tu és eterna em minha vida, o tempo passou louco desvairado fez do presente o passado, mas tu para mim serás sempre presente, ainda te vejo nitidamente, visualizo teu rosto sereno tua pela tão clara às vezes tão pálida teus olhos verdes iluminados, trago em minha mente plenamente tudo aquilo que tu me passaste e ensinou-me sobre a vida, segui quase a risca teus conselhos, claro mãezinha fiz muita coisa errada, mas... como tu dizia perfeição aqui na terra não existe e talvez por isto tu tenhas transposto para um universo especial bem melhor que a podridão aqui na terra.
Mãe vou te falar uma coisa neste quase quarenta anos que a gente se separou, pois quando tu foi eu era quase criança, eu percorri por esta estrada da vida uma longa caminhada cai, levantei sofri muito e aprendi muito com meus erros, sempre que o temporal tempestuoso se aproximava eu queria estar protegida em teus braços, mas não era possível, possível foi eu seguir aquilo que tu me ensinou, os exemplos que tu me deu, a força que tu sempre teve, principalmente quando tu perdeu o bem mais precioso em tua vida meu irmão ainda tão jovem, e como tu foi forte mãe, lembro que tu te escondia para ninguém te ver tu chorar, pois não queria passar teu sofrimento para nós também não sofrer.
Buenas mãezinha, mas vamos falar de agora, eu tenho três filhos um monte de netas e duas bisnetas, mas eu ainda continuei do mesmo jeito acho que agora no fim do ano quando fizer meus sexagenário ficarei adulta, sou a mesma doida pinto a vida, escrevo e vivo a vida de um jeito meu, sem regras, sabe eu consegui ficar casada por trinta e sete anos, para manter uma família aos meus filhos, depois para não envelhecer sozinha, mas...Bhá ! Mãe não deu mais eu queria ser eu em minha plenitude, então chutei o balde desci do salto gritei liberdade exigi meus direitos, sofri muito, mas agora estou feliz.
Desculpa se errei mãezinha tentar eu tento ser uma mãe como tu foi mas...
Mãe te amo demais obrigada por seres sempre minha estrela guia, a emoção não me deixa escrever mais.
Meu abraço um caloroso mil bjs, a gente ainda se encontrará.

Tua filha
thalya


08/05/2010

Publicado no site: O Melhor da Web em 02/06/2010
Código do Texto: 57158
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.