Espaço Literário

O Melhor da Web

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
Vilma Oliveira - VILMA OLIVEIRA
VILMA OLIVEIRA
Cadastrado desde: 06/05/2008

Texto mais recente: HORAS QUE PASSAM... (Parte I)



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de VILMA OLIVEIRA , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=283

 
Textos & Poesias || Esperança
Imprimir - Impressora!
Imprimir
MINHA CASA...
25/11/2008
Autor(a): VILMA OLIVEIRA
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
MINHA CASA...

           
Minha casa era aquela de uma cor violeta,
Que o sol às vezes tornava rósea,
Que a sombra às vezes tornava azul
Nessa mansão tranqüila e maternal
Reuniam-se vestígios de antigos sonhos
Que eu segurava na mão esquerda
Como se fosse uma rosa em chama!

A princípio, minha casa era repleta
De pessoas alegres que me visitava
Depois, tudo foi se modificando,
A imagem do mundo me protegia
Com uma das mãos e me iluminava
Com a outra – como os olhos da multidão!

Minha casa já não é mais violeta,
Nem azul, nem cor-de-rosa...
É uma triste ruína cinzenta
Sem mais aquele belo jardim
No recanto do sonho – no meu coração!

Quando passarem por minha casa
Digam-me adeus    – tudo será poeira
E ninguém lembrará que ali estive
Presente por tanto tempo
E sem falar direi a mim mesma:
Coragem! Fé! Perseverança!

Construirei outro mundo iluminado
E guardarei no fundo dos meus olhos
E do meu coração – a tua imagem
Recolhida e tão discreta
Com a possível ternura
De uma chama acesa, intocável!


Publicado no site: O Melhor da Web em 25/11/2008
Código do Texto: 5922
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Total comentários: 2
Obras do(a) Autor(a):