Espaço Literário

O Melhor da Web

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
henrique - HENRIQUE FERNANDES
HENRIQUE FERNANDES
Cadastrado desde: 29/03/2009

Texto mais recente: DAMA DE AMOR



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de HENRIQUE FERNANDES , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=1731

 
Textos & Poesias || Acrósticos
Imprimir - Impressora!
Imprimir
EQUADOR DE VOLÚPIAS AMANTES
24/07/2010
Autor(a): HENRIQUE FERNANDES
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
EQUADOR DE VOLÚPIAS AMANTES


Inclementes calores
me avassalam o corpo
quando o teu vento sensual
me fustiga de Verão intenso.

Turbilhões de desejo
me elevam até ao inferno do sol
quando sinto a tua boca tão perto
de me queimar vorazmente os sentidos.

Desamparada
extravagância vulcânica
me explode celestial nos lábios,
quando te entregas à vontade louca
que teus lábios marotos gritam serem meus
numa fornalha de salivas apaixonadas.

Incandescentes
brasas de prazeres faíscam
nos pólos da nossa breve distância
num equador de volúpias amantes.

Maremotos de amor
nos escorrem pela quimera da pele
em suores de dinamite satisfeita.

Terramotos
de arrepios ferventes
vibram no meu interior
tocado pelo vapor dos teus suspiros,
gemidos na audácia das minhas mãos.

Levito
na fervura da tua voz
que entra com sede no meu ouvido
e sai pelos meus olhos que se derretem
sobre as tuas formas de labaredas desinquietas.

Deitas-te
em mim chama exótica,
beijas-me afrodisíacamente
fogueira de carne em pecado ardente.

Abraças-me tão quente
que me esfumo pelas galáxias,
esquecido de quem sou montanha
escalada pelos teus vulcões de mulher.

Colas-me ao infinito
a cada beijo saboreado a fogo
que nos incendeia a alma de paixão.

Publicado no site: O Melhor da Web em 24/07/2010
Código do Texto: 60757
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):