Espaço Literário

O Melhor da Web

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
JuAlmeida - Juliana B.
Juliana B.
Cadastrado desde: 08/11/2010

Texto mais recente: Ascensão ao Desconhecido



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de Juliana B. , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=4843

 
Textos & Poesias || Beleza
Imprimir - Impressora!
Imprimir
A chuva
27/12/2010
Autor(a): Juliana B.
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
 
69136 A chuva JuAlmeida - Juliana B.
A chuva

   Onde quer que esteja, você sabe quando ela vai chegar. Tão cautelosa e rude, cura e destrói; corações ou não. Não passa somente de um fenômeno natural, mas uma resposta aos seus sentimentos resguardados que um dia vão sair. Se estes foram presos por muito, vão sair com a intensidade deste tempo.
   Não há nada tão belo, encantador e reconfortante como a chuva. Um dilúvio de emoções vindo de um oceano infinito; e acima de nós. Faz ruídos que tudo cala, e ao notar que toma toda sua atenção, o toca. Imparcial sempre, sem intenções, só sendo ela mesma, só amando como sempre amou, só odiando aos que a odeiam.
   É como se cada gota guardasse um pouquinho de ti. Ela se entrega sem medo de demonstrar o que sente utilizando desses frágeis fragmentos.
   Deságua simulando um pedido de desculpas sincero do tempo que passou fora, ou como uma recepção ao começo de algo, talvez da noite... A noite que ela te deitou e o pôs pra dormir, silenciando todo o resto, deixando viável o foco no sossego. Preparando-o para o começo de um novo dia. Quem sabe, o início de uma nova chuva...


Publicado no site: O Melhor da Web em 27/12/2010
Código do Texto: 69136
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Total comentários: 1
Obras do(a) Autor(a):