Espaço Literário

O Melhor da Web

Soplaar.com - Plataforma de Ensino a Distância.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto


Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de Cleviton , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=3874

 
Textos & Poesias || Ficção Científica
Imprimir - Impressora!
Imprimir
BOCA DE SIRÍ
28/12/2010
Autor(a): Cleviton
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
 
69214 BOCA DE SIRÍ Cleviton - Cleviton
BOCA DE SIRÍ

O Caranguejo viu o peixe...
viu o peixe à nadar...
ele quis andar para frente...
à aprender a mergulhar...
e uma ostra lá no fundo...
se bateu com um tubarão...
tubarão se assustou...
viu a lula bem de frente...
mas a lula não é boba...
se entocou dentro das pedras...
aí um niquim e um caramuru
disputando com um baiacú
uma piaba que correu...
e num buraco se escondeu...
veio passando uma água viva
e uma arraia se queimou...
ela saiu despirocada...
e na pina-una se furou...
de repente um cardume
numa fuga muito louca...
eram peixes barberinhos...
misturado com maria-pretas...
já na boca do agulhão...
lá no fundo um pescador...
cheio de peixes no arpão...
ele guerreiou com muitos peixes...
nem um tiro ele perdeu...
vem agora o tubarão...
e o tubarão vem invocado...
e com o susto pela ostra...
quis vingar tudo na lula...
mais a lula se escondeu...
e agora ele ver o homem...
e esse homem ele era o bicho...
era do tipo que não comia nada...
mas o tubarão também com fome...
e lá no mar foi aquela guerra...
era o homem e o tubarão...
o tubarão e agora o homem...
foi um tiro de arpão...
mas tubarão é tubarão...
e o homem também...
ele era o bicho!...
mas por ser ele o bicho...
tubarão é tubarão!...
veio o peixe decidido...
e não comendo cheiro mole...
e de uma abocanhada...
o tubarão já de dar o seu nocaute...
e já vai engolindo de vez o cara...
e ele agora de paranóia...
resolveu clamar à Deus...
e aí no que clamou...
Deus mandou um bacalhau...
o bacalhau foi devorado...
e foi grande o livramento...
o homem bateu um nado...
foi se embora...
e se picou!
E foi tudo por um trís...
onde a guerra...não é só na terra!
o mar também é cheio de guerra...
e muitos querem ver o mar pegar fogo
para comer peixe assado!...
e no fundo do mar...
tem combate no vietnã...
tem Iran...Iraque e palestina...
e nem só no mar tem tubarão...
na terra também tem muitos hitlers...
tem "poderoso chefão"...
e tem o homem que ele é o bicho...
e não anda sem arpão...
e é o homem matando o homem!...
e caranguejos se assustando...
e um caranguejo viu um homem...
e viu o homem como estar...
ele quis andar pra frente...
quis também aprender a atirar...
e caranguejos fuzileiros
é a maior revolução dos bichos...
contra os homens aqui na terra!?
sendo exemplo para a selva...
sem ninguém querer ficar de fora...
vem a onça...vem o tigre...
o sapo pula...e corre a rã...
"bala com bala...faca com faca...
metralhadoras e canhões..."
a bicharada toda transformada
em lampiões...
fazendo a terra toda de selva!...
sendo selva de sertão!...
cheio de "guerra de facão"

"Caranguejo não é peixe,
Caranguejo peixe é
Caranguejo só é peixe
Na enchente da maré"

e uma ostra...saiu do mar...
quis aprender à negociar...
sua pérola era muito cara...
ela era uma joia rara...
mas o homem não quis estória...
pegou a pérola...
e deu uma cacetada nela...
nem quis saber se ela era a dona...
e nem se ela parecia com Madonna...
e o cara todo alegre...
se bateu com o leão...
e o leão não quis estória...
pois sua parte já estava outorgada...
e tudo já automatizada...
e na cadeia predatória...
onde a lei é a do mais forte...
chega um homem que é o bicho...
e que caça com arpão...
capiou tudo pra ele...
e a estória é muito longa...
como garimpeiros em pepitas...
cinco tiros e uma carreira...
tem bang bang...tem cowboy...
tem forasteiros fora da lei...
mas vou parando poraí...
com os caras encapuzados...
se dizendo ser polícia...
tomando tudo para eles...
e dando queima de arquivo...
e a lula que não é boba...
continua entocada...
trocando idéia com o niquim
e só ouvindo o caramuru...
se tocando nas paradas...
e na covardia...
se encabreirou o baiacú...
ficando pá...só de boca calada...
aí vem passando um sirí...
e eles dizem:
-é ísso aí...
Boca de sirí!























                                                                    




Publicado no site: O Melhor da Web em 28/12/2010
Código do Texto: 69214
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.