Espaço Literário

O Melhor da Web

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
JuAlmeida - Juliana B.
Juliana B.
Cadastrado desde: 08/11/2010

Texto mais recente: Ascensão ao Desconhecido



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de Juliana B. , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=4843

 
Textos & Poesias || Amor
Imprimir - Impressora!
Imprimir
Isento de razão
04/02/2011
Autor(a): Juliana B.
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
 
71667 Isento de razão JuAlmeida - Juliana B.
Isento de razão

   Nunca houve, em tantos séculos seguidos, nada tão complexo e clichê quanto amar alguém, ou ao menos, dizer-se que ama. É uma mistura exagerada e desordenada de reações físicas e psicológicas que nem todos terão a felicidade de ter – ou o azar.
   Quem ama não sofre por amor, ama por amar e sente-se feliz com aquilo. Se há amor, há motivo, por mais que nem você ou eu saibamos ainda. Melhor, dá um interesse gigante de descobrir. Mas sabe que se eu fosse listar, não caberia? Nem a natureza representaria tamanha complexidade com seus inventos geniais.
   Sente-se aquilo de dentro pra fora, como uma ansiedade por criar loucuras ou motivos que o façam acreditar que não é verdade, ou que apenas fui muito covarde pra delimitar e organizar tudo o que sentia de uma só vez. Não me faltou vontade, à propósito.
   Tive de crer que aquilo não acabaria tão cedo, e que duraria a vida toda, na verdade. Mas infelizmente, eu nem saberia quando estivesse acabado, porque amo tanto que não sei mais o que faço para demostrar isso.
   Por mais que não seja eterno pra ninguém, o sentimento é repassado. É a única coisa que importa. Não vi defeitos e continuaria cega deles, porque o que eu sinto, não é necessária visão para me mostrar o que de fato enxergar.


Publicado no site: O Melhor da Web em 04/02/2011
Código do Texto: 71667
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Total comentários: 1
Obras do(a) Autor(a):