Espaço Literário

O Melhor da Web


Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
 
Textos & Poesias || Loucura
Imprimir - Impressora!
Imprimir
"ROMANCE PROIBIDO".
24/03/2008
Esse texto é de autoria do usuário logado, por esse motivo o contador não foi acionado! -

O contador só altera se o texto for lido por IPs únicos por dia. Ex. se o mesmo IP ler uma poesia várias vezes, somente a primeira leitura é computada.
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
"ROMANCE PROIBIDO".


Incrédula e educada, suportas-me atrevido,
a te sussurrar possibilidades nossas, cruas,
que sério e gentil, murmuro ao teu ouvido.
Estremeces e ao meu olhar te sentes nua.


Prudente se afasta, assustada estremeces.
Foges, mas contigo levas a idéia que te dei.
Recatada mundana do lar não esqueces,
solitária no banho, o que foi que te falei.


Conheces-te pura, mas sonhas-te vadia,
por conhecer-te os olhos vi o teu segredo,
que não tens o que precisas e tua vida é vazia,
fantasias à sós e se dá prazeres com medo.


Imaginas minhas as tuas mãos; acaricio-te
e se insinuam e fazem-te a si, intrometer.
Neste faz de conta suspiras, e tenho-te,
e reclamas, e gemes, e desmaias de prazer.


Depois, te olhas no espelho e não estás contigo.
Tu olhas ao longe inquieta, estás nervosa.
És dona de casa e sonhas, te anseias comigo;
loba enjaulada, mulher carente e ansiosa.


O telefone toca, queres e adivinhas quem é.
Atendes feliz para si, a mim finges-te ofendida.
Censuras-me corada, mas tu não desligas;
sorris escondida e atenta, escutas-me calada.


Enamorada negas, diz que não podes, que não quer,
mas diz o contrário teu corpo, teu desejo de mulher.
Ouves desejos, paixões, meus tórridos devaneios
e no teu silêncio te sei, que és cúmplice dos meus anseios.


No desligar eu te digo...___Um beijo na boca...
pois eu te quero minha, que eu te penso muito, aqui comigo...
E uma voz trêmula responde...____ Estou ficando louca!
Pois eu também queria... te ter! Estar ai contigo...


(E o romance proibido, tão comum, se inicia....)


Athos de Alexandria



Publicado no site: O Melhor da Web em 24/03/2008
Código do Texto: 738
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.