Espaço Literário

O Melhor da Web

Soplaar.com - Plataforma de Ensino a Distância.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto


Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de Cleviton , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=3874

 
Textos & Poesias || Acrósticos
Imprimir - Impressora!
Imprimir
CADÊ O POETA?
15/04/2011
Autor(a): Cleviton
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
 
74986 CADÊ O POETA? Cleviton - Cleviton
CADÊ O POETA?

cadê o poeta?
Carlos Drummond
cadê o poeta?...
há a lua que ainda brilha...
há um sol que é bonito...
há estrelas lá no céu...
o mar ainda chora lágrimas de espumas...
os pássaros voam à cantar...
nossa terra ainda tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá;
Gonçalves Dias cadê o poeta?...
nosso chão tem novidades...
um chiclete que se pisa...
do chiclete que se masca...
tão grudento numa massa...
ping pong...chiclete adams...
ficam presos na sandália...
nosso chão tem novidades...
e tem muitas poesias...
pode ser uma poesia...
de uma tampa de margarina...
de uma garrafa pet vazia...
de uma caixa de chocolate...
de uma lata de nestlé...
de um papel ali machucado no chão...
de um caderno ou marchê
que pode ser uma anotação...
que ninguém pode saber...
ou uma conta do spc...
ou uma senha de um cartão de crédito...
que muitos gostariam de ver...
quem sabe uma carta de amor...
de romeu e julieta...
à ser feito uma poesia...
há latinhas que muitos catam...
há muitos rótulos e muitas grifes...
em milhões de embalagens...
há informações ali numa caixa de remédio...
há uma bula que serve para cura...
e numa revista ali...
muitos que leram pediram bis...
tinha até a foto de Rita Lee...
e uma solução para o nosso país...
há um lixo cultural...
cheio de novidades que se pisa...
há um livro de poesia
que ninguém deu importância...
raridades e relíquias...
de poetas underground...
de poetas clássicos...
e até por muitos consagrados...
até por muitos idolatrados...
sendo verdadeiramente poetas
considerados...
mas todos nós sabemos
que só há um Deus...
e o único e dígno de ser adorado...
há um panfleto ali de um punk
revoltado com o sistema...
cheio de soluções para muitos
problemas...
com grandes verdades...
ao qual muitos desprezam...
siplesmente por eles serem punks...
mas eu já fui punk...
e sei que na mente de um punk...
existem grandes verdades...
e com muitas soluções para o Brasil...
ali no chão também tem
um bilhete de um sequestro...
que alguém fez e vacilou...
e aí o vento levou...
e sendo uma grande pista para a polícia...
voando em tudo que é canto...
e o cara lá todo amarrado...
sendo barbaramente espancado...
no sofrimento terrivel...
sofrimento de todo o tipo...
sofrimento de todo mundo
que é sequetrado...
só dependendo da coragem de alguém...
de querer se abaixar...
ou da curiosidade de querer ler o que
estar nele escrito...
pelo chão tem muitas notícias...
pelo chão também há poesias...
até os passos de quem pisa...
há quem pisa como que assustado...
há quem pisa como que escarreirado...
há quem pisa inibido...
há quem pisa preocupado...
há quem pisa tirando onda...
há quem pisa com sensualidade...
há quem pisa cheio de ódio...
há quem pisa banda vuô...
há quem pisa
como quem pisando em casca de ôvo...
há quem pisa com sapatinho de anjo...
há pisadas do pateta...
meio pato...meio peteca...
e tem o cara da meleca...
há pisadas do artista...
há pisadas do poeta...
vão elas em versos e prosas...
sacudindo a praça como trovas...
mas afinal cadê o poeta?...
Fernando Sabino...
cadê o poeta?...
cecília meireles...
cadê o poeta?...
Castro Alves...
cadê o poeta?...
Manuel Bandeira...
cadê o poeta...
Paulo mendes...Ruben Braga...
Dinah Silveira...
Clarice Lispector...
Vinicius de Moraes...
Jorge Amado...
Graciliano Ramos...Fernando Pessoa...
Camões...Mario Quintana...Pablo neruda...
Toquinho...Chico Buarque de Holanda...
Caetano...Gil...Milton...Djavan...
cadê o poeta?...
há quem diga que o amor fugiu...
pelos problemas do Brasil...
e como um pássaro saiu voando...
não quis pousar mais em nenhum lugar...
sumiu...tomou doril...
estar havendo falta de cultura
para cuspir na ditadura...
porque então ainda existe a ditadura?
há poesias que são românticas...
há poesias da natureza...
há poesias que são figuradas...
saltitando com metáforas...
há poesias desfiguradas...
dando pulo abstratas
há poesias configuradas...
total mente concretizadas...
há poesias épicas...
barrocas...clássicas...
há poesias satíricas e pornográficas...
em regatos e para baixo...
cheio de estilo gregório de matos
há poesias anarquistas...
dando um toque no sistema...
há poesias que são malícias...
há poesias terroristicas...
há poesias que são fúnebres...
há poesias góticas...
de mortos e de cemitérios...
os fascínios são de mortes...
tem até alma penada...
há poesias ricas...há poesias pobres...
versos livres...versos cheios de rimas...
há poetas em todos os estilos...
e qual será a sua escolha?...
poesia para vida?...
ou poesia para a morte?...
te aconselho a vida
para que viva!
há poesias que trazem vidas...
há poesias que são assassinas...
há poesias com o astral para cima...
poesias positivas...
há poesias de baixo astral...
poesias depressivas...
e há quem são viciados em deprê...
e de quem gosta de ficar curtindo
uma fossa e andar assim tão down...
há uma classe de anoréxicos...
e não quer acordo com o remédio...
há também a turma dos nerds...
há também à dos Skinheads...
há poesias de amor...
há poesias de ódio...
afinal cadê o poeta?...
será a falta da caneta?...
será a falta do papel?
estão ouvindo o som de Gardel?...
ou esperando papai noel?
o poeta não morreu!...
o poeta estar vivo!...
eu sei que ele estar vivo!...
o poeta não morreu...
ele estar dentro de você!...
ele estar dentro de mim!...
é uma semente é uma flor!...
há brotar pelos jardins!...
há ser flor de rosa!...
há ser margarida...dália...angélica...lírio!...
cantando em versos e prosa...
voando como um colibrí!...
bailando como um beija flor!...
tão alegre como um benti-ví!...
sendo a cor de todas as flores!...
sendo o canto de todos os pássaros!...
pelo sol e o oceano!...
pela lua e as estrelas!...
qual aurora...qual crepúsculo...
o por do sol é muito lindo!...
que Deus assim nos conceda...
sentimentos e visão de poeta...
sem se perder em fantazias...
nem ser alice no pais das maravilhas...
sempre vivendo a realidade da vida...
e sempre ligado...
que ali tem um sol bonito...
e que alí na esquina tem um crocodílho...
e temos que falar de amor para ele...
e mostrar que Deus existe...
ser poeta também é ísso...
colaborar com um mundo mais bonito...
e nos alegrar-mos com o nosso próximo sorrindo!

Fika na paz!...Fika com Deus!...
tambem com o



Publicado no site: O Melhor da Web em 15/04/2011
Código do Texto: 74986
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.