Espaço Literário

O Melhor da Web

Soplaar.com - Plataforma de Ensino a Distância.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto


Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de Cleviton , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=3874

 
Textos & Poesias || Amor
Imprimir - Impressora!
Imprimir
Leonel foi o condutor da paz...naquele lugar...dificultando uma possível tragédia...até a chegada de meu irmão marquinho com meu primo márcio.
23/12/2011
Autor(a): Cleviton
VOTE!
TEXTO ELEITO
2
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
 
86679 Leonel foi o condutor da paz...naquele lugar...dificultando uma possível tragédia...até a chegada de meu irmão marquinho com meu primo márcio. Cleviton - Cleviton
Leonel foi o condutor da paz...naquele lugar...dificultando uma possível tragédia...até a chegada de meu irmão marquinho com meu primo márcio.


Meu irmão marquinho e meu primo márcio

Leonel ele tinha umas manhas de capoeira...
e ainda tem...e dava altos saltos mortais...
no asfalto sem botar as mãos no chão...
ele era um dos camarados...
que também sempre andava comigo...
para pegar baba na guebo...lá no arenoso...
onde hoje é a estação pirajá!...
na golmeia...no campo do paraíso...
Leonel joga um excelente futebol...
desde pequeno que ele sempre foi crack...
trivela,chileno,bicicleta,nó estilo garrincha,toquinho de calcanhar estilo sócrates...chute ao gol estilo Zico...
banho de cuia,botar por de baixo da saia...peixinho...aviãozinho e muito mais...ele é um excelente profissional...tem um pouco de zico,de sócrates,e de pelé...e Diego Maradona na qualidade excelente de seu lindo futebol...
lá na rua só dava ele e zé caveira...no destaque...e Leone...um dos irmãos de Leonel...Leone...um futebol expetacular...
Quando Mano Menezes souber...com certeza...tanto Leonel como Leone...já estará contratado pela FIFA para a próxima copa do mundo...enquanto há vida...há esperança!
Fica então esse alerta à Mano...e à toda a seleção Brasileira...para contrar eles...
que vão dar IBOPE com produções de alta qualidade para o Brasil.
leve fé na minha idéia!...eu não sou polícia...mas minha idéia...ela é federal!
Check!
(Continuando)
Dedeco também botava pra lá...tanto ele como Jorge branco...Marquinho de Ziro e Camamu...
eles sempre foram destaques...com criatividade...garra...raça...coragem...determinação...e amor pela redonda.
Houve a época do Sky...
era o Sky de jorge branco...
a turma ia lá pro arenoso...
onde agora é a
estação pirajá...
jogava na gomeia...
e em tudo que é lugar...
era eu...Jorge branco...
Jajai...
marquinhos de Ziro...
Dedeco...Guiu...Adalton...
Valter...Amarildo...joão...
josé jorge...Dério...
Leone...Leonel...Mazinho...
Turrão,Humberto,Alex,Jorge
preto,camurugipe,Andrade...
sargento dos fuzileiros navais...
era a turma toda
da rua de cima...
e de outros lugares...
e eu era o lateral direito...
e a disputa era legal contra os
outros times...
a batalha era travada...
acirrada...
e o Sky sempre na alegria de vencer...
e não dava outra!
era raridade o Sky perder uma partida...
era como se fosse a seleção Brasileira...
disputando a copa do mundo!
o Sky era um time muito bom...
e nós tínhamos uma torcida
altamente considerada pelos coroas lá
da rua...Seu dantes...seu Ziro...seu Landuca...seu Áureo...eles faziam a festa
quando viam a turma do Sky...
partindo em desafio em busca da vitória...
Aildes,Adinha,Jaqueline elas também...elas
nos davam grande força e incentivo...
sendo fortes torcedoras...e sempre que rolava um sambão...elas estavam lá se alegrando conosco...e o pagode
era da pesada...Neguitinho,Lito,Pita,Beto,
Naldo,Nonato,Toínho,Tarugo,Pé de pato,queijada,Dorivalzinho,Cassiano,Zé da galinha...todo mundo animando no pagode...do lado da casa de seu Peruza...Vera...Lúcia,Ninha,Angélica,
Iracilma,Jaílma,Sandra,Dona Linda...a mãe de guil...Dona marlene de Ziro...Andreia...ficavam de platéia vendo o nosso espetáculo...
o time do sky foi fundado por Jorge Branco ali na rua de cima...
(Continuando)
Leonel joga um excelente futebol...
desde pequeno que ele sempre foi crack...
eu e leonel...agente jogava também muita gude...
e eu me lembro que uma certa vez...
eu dei uma de doido em casa...
oprimido com muitas drogas...
eu raspei a cabeça...fiquei careca...
e revoltado com tudo na vida...
nesse dia eu discutir com meu pai...
e ele comigo!...
e quanto mais ele falava alto...
eu também...
e pelos vizinhos terem me visto careca...
se assombraram comigo
e mandou chamar a polícia...
eu aí sabendo disso...
sair pelas ruas correndo em desespero de vida...
entrei por dentro dos matos...desci um despenhadeiro...
no final da rua onde moro...e ganhei a rua da boa vista...
e quando eu olho para tráz estar Leonel atraz de mim que
nem um doido...procurando me acalmar...
-kel!...kel!...peraí Kel!...
-de repente!...a polícia!...
quando eu avisto ela já próximo de mim...
eu resolvi subir uma escadaria que vai dar
lá na rua da formiga...era uma escadaria
bem alta...e gigante...numa parada que dar
lá no escritório dos malucos...
é...os maconheiros aqui eram tudo organizado...tinham até escritório...
na época...há mais de 20 anos atrás...
o escritório era lá...dentro de um terreno baldio...em meio á algumas casas e muito mato...e nesse mato tinha uns pés de mamona que era o canal de entocar a marica...lá adiante tinha umas moitas que era a caverna onde guardava umas cadeirinhas de ferro...daquelas pequenininhas...tranzadas em forma artezanal...com material de plástico...tipo umas fitas em volta delas...quem sentava nelas era os barões...os caras ativistas que coordenavam os códigos e davam as idéias mais plausíveis e aceitável à malucada...e que bancavam as maiores quantidades de drogas no bate-estaca...e davam todas as instruções de como era e como é era que não devia ser se caso a polícia chegasse na área para dar um baculejo...eram eles que ficavam no destaque...e de vez enquando sentavam nas cadeirinhas...para tirar umas ondas de novos bahianos...mas chegando uma visita tinha também moral para sentar na cadeira...
e em meio á uma roda de uma dez à quinze pessoas...era muita maconha...muita viajem e muito bate papo...e muita risada...
a parede que nós ficávamos encostados...
era da casa de uma velhinha de uns 7o anos de idade...a galera toda respeitava ela...ela era considerada por todos nós...e quem quiser que maltratasse ela...era brincar com a própria morte!
porque ela era uma senhora idônea e sábia...e o auge da sabedoria dela...era de tratar todos nós com amor...ela não discriminava ninguém...e muito pelo contrário...ela sempre oferecia um cafezinho pra gente...um bolo...dava bom dia...boa tarde...boa noite...e ainda sorridente fazia brincadeiras...e nós víamos sinceridade nela naquilo que ela fazia...não era por medo e nem por hipocrisia...á princípio poderia até ter sido...mas ela criou um verdadeiro amor por todos nós...e tudo ísso foi impactante...
que até na hora das altas gargalhadas...
Bendico sempre dizia...minha tia?...agente estar incomodando a Senhora aí tia?...o barulho estar aqui alto...não se incomode não!...é que agente estar feliz!...é umas ondas aqui tia!...rsrs...mas se tiver incomodando...agente vai maneirar!
_Não meus filhos!...podem ficar à vontade...
eu tenho vocês como meu filho!
vocês aqui...vocês não me incomodam em nada!
podem ficar à vontade...eu já conheço a voz de todo mundo...Bendico...divino...eu já conheço a voz de todo mundo!...podem ficar à vontade!
ela era uma mulher sábia...
a bíblia diz que a mulher sábia edifica a casa!...e que a tola destrói!
Ela era sábia!
continuando...
me lembro que ganso uma vez cheirou muita loló...e ficou tendo convulsões...parecendo que ia morrer...se entortando todo...e marquinho da caloi 10...só de lá carburando...e só de lá também filmando ele...
na expectativa...e de paranóia com aquelas ondas...nenéo lá travado...ele era um maconheiro paloso...malhado...fortão...e só focalizando todo o lance...eu vi ganso morrendo...e sem ninguém à socorrer-lo...tava todo mundo muito    louco...todo mundo flutuando e nas nuvens...e foi por um trisco que ele não morreu...no outro dia ele tava lá de novo se encharcando de tudo...maconha...rivotril...akineton...e cheirinho da loló...e quanto mais eu fazia uma presença à ele...mais ele ainda me intimava..."guela" lá era tudo organizado...tinha o esconderijo de guardar as armas...o bagulho...os dolões...e os dolinhas...à ser passados...e toda vez que eu chegava lá eu era bem recepcionado...era festa...a galera fazia a festa...também porque eles sabiam que eu era o barão do rivotril e do akineton...e sempre quando eu chegava...eu fazia presença à eles...val sempre com um três oitão na cintura...naquela época ele assaltava à mão armada...botou pinto no crime...pinto irmão de finado ratinho...que começou à assaltar também...e pinto também passou lá no desafio jovem de feira de Santana e foi recuperado...hoje ele é homem de Deus...de vez enquando eu me bato com ele na igreja...val também depois ele foi para o centro de recuperação...teve um encontro com Jesus...e saiu daquela vida de terror!...
continuando...de repente quando vou subindo...
eu avisto de cara...finado Edvaldo (divino)
ele era camarado forte de bendico...
de lambra e ské...de finado carlinhos moça feia...e de finado ratinho.
e também de tony...de Dedéo...
dedéo a polícia matou...irmão de Carlinha...
uma jovem linda...gostava de tocar uns rock no violão...morava ali na rua da formiga...
a figura que Bebeto estava namorando...
continuando...quando olho para cima estar ele lá dando umas brasas...
ele me corujou legal...e quando viu também os homens...
ele se encabreirou...e bateu para a galera...
tava todo mundo lá carborando...
todo mundo ficou plantado...
e Edvaldo...ele era uma das pessoas
que tinha mais afinidade comigo e mais aproximação do que os outros camarados...
ele era como se fosse meu amigo íntimo...
mas que não podia se confiar...
de vez enquando eu flagrava ele vindo de manso com suas mãos em meu bolso...
aí eu pegava nas mãos deles...qual é de mesmo cara?...se plante!...eu sou das antigas!
e quando eu chegava lá de violão...
eu ficava tocando capim guiné...metamorfose ambulante...medo da chuva de raul seixas...
viva a sociedade alternativa...e outras de Raul...a galera tudo dando risadas...
todo mundo feliz!...divino...Edvaldo aí toda vez ele cantava música de Caetano Veloso...
e eu tentando fazer alguma coisa no violão...
e muito me emocionava...pois eu gostava muito também de Caetano Veloso...Belchior...Raimundo Fagner...e uma boa galera...
estar todo mundo na paulistinha...Edvaldo aí:


Alguma coisa acontece no meu coração
Que só quando cruza a Ipiranga e a avenida São João
É que quando eu cheguei por aqui eu nada entendi
Da dura poesia concreta de tuas esquinas
Da deselegância discreta de tuas meninas
Ainda não havia para mim Rita Lee
A tua mais completa tradução
Alguma coisa acontece no meu coração
Que só quando cruza a Ipiranga e a avenida São João
Quando eu te encarei frente a frente não vi o meu rosto
Chamei de mau gosto o que vi, de mau gosto, mau gosto
É que Narciso acha feio o que não é espelho
E à mente apavora o que ainda não é mesmo velho
Nada do que não era antes quando não somos mutantes
E foste um difícil começo
Afasto o que não conheço
E quem vende outro sonho feliz de cidade
Aprende depressa a chamar-te de realidade
Porque és o avesso do avesso do avesso do avesso
Do povo oprimido nas filas, nas vilas, favelas
Da força da grana que ergue e destrói coisas belas
Da feia fumaça que sobe, apagando as estrelas
Eu vejo surgir teus poetas de campos, espaços
Tuas oficinas de florestas, teus deuses da chuva
Pan-Américas de Áfricas utópicas, túmulo do samba
Mais possível novo quilombo de Zumbi
E os novos baianos passeiam na tua garoa
E novos baianos te podem curtir numa boa

Edvaldo cantando...eu no violão...e todo mundo gostando...
todo mundo feliz...e o som ainda rolando...
bendico e lambra...eram os dois rastafari da galera...com um cabelão bem tranzado...eles dançando e sacudindo a cabeça...as jubas iam lá e vinham cá...todo mundo alegre...todo mundo feliz!...Marinho irmão de nirrinha...
de vez enquando colava lá...márcio irmão de ské...tuca irmão de turrão,pancada...
Tuca e pancada...eram rasta também....as drogas rolando...e a música também:


Esse papo já tá qualquer coisa
Você já tá pra lá de Marraqueche
Mexe
Qualquer coisa dentro, doida
Já qualquer coisa doida
Dentro mexe
Não se avexe não
Baião de dois
Meça: Tamanha!
Esse papo seu já tá de manhã.
Berro pelo aterro
Pelo desterro
Berro por seu berro
Pelo seu erro
Quero que você ganhe
Que você me apanhe.
Esse papo meu tá qualquer
coisa
E você tá pra lá de Teerã

Edvaldo gostava muito de Caetano Veloso...
e eu também...de repente uma música que eu
e Nino sempre cantava lá no pinto de Carvalho:


Menina do anel de lua e estrela
Raios de sol no céu da cidade
Brilho da lua oh oh oh, noite é bem tarde
Penso em você, fico com saudade
Manhã chegando
Luzes morrendo, nesse espelho
Que é nossa cidade
Quem é você, oh oh oh qual o seu nome
Conta pra mim, diz como eu te encontro
Mas deixa o destino, deixe ao acaso
Quem sabe eu te encontro
De noite no Baixo
Brilho da lua oh oh oh, noite é bem tarde
Penso em você, fico com saudade

Era muita festa que agente fazia...
e Edvaldo foi um figura que eu sempre guardei em meu coração...
com grandes considerações...
certa vez ele foi meter bronca com ratinho lá no fim de linha
de São Caetano de madrugada...a população ganhou eles...e de cá
de casa eu estava ouvindo os gritos...era pau doido...
os dois ficaram lavados de sangue...
foram levado presos...e com um tempo ratinho já solto...
foi fazer um descuido...a polícia deu um bocado de tiro nele...
ele todo baleado...conseguiu fugir...subiu por uns telhados
de umas casas na rua da formiga...e nessa correria...
ele foi terminar parando em cima da casa de Romelita...
pisou numas telhas erradas...se desabou todo ensanguentado...
e já quase morto...caiu dentro da casa de Romelita...
Ratinho...a primeira maconha que eu fumei...foi com ele...
agente fez um avião lá na major pinheiro...na capelinha de São
caetano...e ali no fundo da casa dele que eu fui batizado na primeira
dose...nesse dia...eu me lembro que eu até briguei com ele...
que eu fumava e fumava e nada de sentir o efeito...
eu pensei até que ele estava me tirando como otário...
eu nunca tinha fumado em minha vida...e não sabia como é que era...
estava eu e meu cunhado...o ex namorado de minha irmã nídia...nessa primeira
experiência...ele também nunca tinha fumado...
eu aí ratinho qual é de mesmo cara?...eu ainda não tou legal...
ele fica na sua...você já tá pampa!...
eu tou vendo sua lupa daqui...tá brasa!
agente terminou de fumar...ratinho ficou por lá...
eu e meu cunhado...Nelson...nós fomos para o bar de Sandra...
tomamos umas cervejas...e de lá fomos para o bar
entrando alí junto ao bom preço...
no pitza...
nessa caminhada a onda bateu forte...
tou vendo tudo brilhando...e começei a andar flutuando...
em câmara lenta...chegamos no bar...
continuarmos bebendo...quando de repente...
apaguei na mesa com a cabeça baixa e vomitando...
e a galera...todo mundo me alugando...
_mataram meu galo!
mataram meu galo!
mataram meu galo!
mataram meu galo!
essa foi a minha primeira experiência...
foi com ratinho e meu cunhado...
e ratinho se não fosse o Socorro de Deus
usando D.Terezina
naquele dia...ele tinha morrido!
ele caiu do telhado na casa dela
todo ensanguentado...
quem sabe por cima da geladeira...
derrubando tudo...
fazendo um terrível barulho...
quem sabe por cima do fogão...
derrubando as panelas...
quem sabe por cima do armário...
derrubando talheres,pratos e copos...
quem sabe por cima de um beliche...
assustando alguém que estava dormindo...
ou quem sabe diretamente no chão...
eu não sei...
eu sei que ele caiu de cima do telhado
todo incravado de balas...
acho que foi de madrugada...
e mais uma vez...a voz do amor falou forte...
porque se não...era caixão e vela...
a mãe de Romelita D.Terezinha é uma mulher
cheia de amor...ela poderia ter se assombrado...
e mandado chamar a polícia...mas ali naquele
coração mora um forte amor!...e amor de mãe!
Creio eu que ela realmente se assombrou...se aterrorizou!...mas a voz do amor foi mais forte...e foi o nosso próprio Deus...que falou diretamente à ela...para que ela cuidasse dele com amor...porque Deus tinha um grande mistéro à realizar na vida dele...
era muito grande o propósito de Deus naquela vida!...
e D.Terezinha ali sem saber que era Deus falando com ela...inconscientemente dessa grande verdade...
ela cuidou de ratinho...ratinho sobreviveu...
teve uma oportunidade de ir para o centro de recuperação...
e foi para o desafio jovem de feira de santana...
sendo conduzido diretamente por Deus...através do Espírito Santo...
Lá no Centro de recuperação Desafio Jovem de Feira de Santana...Deus se faz presente poderosamente...com milagres e maravilhas...curas divinas...transformação...
e milhões de pessoas que outrora eram marginais...drogados...homossexuais...alcoólatras...hoje graças as especiais operações de Deus...também naquele centro...hoje são pessoas recuperadas...transformadas...muitos são pastores...muitos são levitas....muitos são obreiros...muitos são missionários...e muitos em outras atividades trabalhando para Jesus...quando outrora...eles destruiam...tiravam vidas...e hoje são pessoas de bem...ajudam à construir vidas...ajudam à salvar...e tudo ísso é muito lindo...e eu fui uma das pessoas que também passei por lá...e sei o em parte...o quanto Deus tem feito através do Desafio Jovem de Feira de Santana!
   Deus é Fiel!
E Ratinho também teve uma grande oportunidade de ser feliz!
Mas ele passou alguns dias lá...ou algumas semanas...
e rejeitou aquela grande oportunidade de Deus em sua vida...
botou o pé na estrada...e resolveu sair pelo mundo...
resultado...a polícia terminou matando...
Edvaldo...teve também várias oportunidades...
e sempre rejeitando as oportunidades de Deus em sua vida...
resultado...ele tomou uma queda caindo por cima de seus
braços...os ossos partiram...e ele já debilitado...
sem saúde...devido à tantas drogas...e porradas que ele tinha tomado...
partiu também para a eternidade!
continuando...
com a minha chegada e da polícia...
Edvaldo...bendico...e a galera toda...
eles ficaram sem entender nada...
e para todos os efeitos...alí...
também para eles...eu era o bicho.
e Leonel lá embaixo me gritando!...
-Kel!...kel!...kel!...
os homens não quiseram estória!
soltaram do carro com escopetas...
e por me verem careca correndo em desespero...
eles pensaram que eu era o bicho...
o policial apontou a escopeta e deu o brado...
-parado aí!...pare!
o lugar era deserto...
e "proprício" para queima de arquivo...
e os caras não estavam querendo comer nada...
e eu também não!...
eles iam me detonar...e Leonel lá me acalmando...
para eu não fazer besteira!...
Leonel também estava em desespero de vida!
ele viu que o negócio fedendo a carbureto...
o negócio foi sério...não foi brincadeira não!
e justamente num lugar já escaldado pelos homens...
de tráfico de drogas e etc...e tal...foi aí
que piorou tudo...e eu
resolvi entrar...o que me escaldou também...
a polícia deu a última voz!...
já mesmo para acender o pavil e mandar ver!...
ali eu olhei para eles!
e me vi encurralado...sem nenhuma saida!
e quem me garantia que eles não iriam me matar...
se eu parasse de correr!...
e aí é que entra a estória...
se correr o bicho pega...se ficar o bicho come!
alí eu vi a minha morte!
mas no fim do túneo apareceu uma luz!
meu irmão marquinho chegou com meu primo márcio de carro...
e ali foi Deus mesmo!
eles chegaram com um carro de rico...
bem vestido...com pose de barão...de magnatas...
aí marquinho já foi logo dando a idéia...
não é meu irmão...ele estar com problemas...
agente vai levar ele para o médico!
aí foi que a polícia abaixou a escopeta!
eu aí desci as escadas...
entrei no carro de meu irmão....
Leonel também...e márcio!
eles me levaram para o sanatório!
e eu me lembro que na minha caminhada...
saindo do carro até o sanatório...
eu percebi que márcio estava com medo de mim...
aí eu resolvi tirar umas ondas com ele...
eu chegava perto dele...e fazia de conta que ia pegar...
só mesmo de onda porque eu percebi que ele estava com medo de mim...eu fiz igual a cachorro...cachorro quando percebe que a pessoa estar com medo...aí é que ele dar em cima...uau!...
e no meu senso de humor elevado...eu só queria alugar
um pouco ele...para ver qual era de mesmo!...
e ficar dando risadas...é...a lombra de gardenal tem esses revertérios...
pra quê...márcio pulou fora!...foi para o outro lado!
hoje ele sargento da polícia!...e Leonel foi o condutor
da paz...naquele lugar...até a chegada de meu irmão com
meu primo márcio...e foi Deus me dando grandes livramentos
e de morte...também através deles!
para hoje eu estar glorificando o nome Dele!
Deus é Fiel!
"As coisas velhas se passaram!...eis que tudo se fez novo!"
"aquele que começou a boa obra...também é Fiel para aperfeiçoar!"
" o mundo das drogas ele sempre tem os dois lados...um é o da felicidade...uma felicidade limitada...sendo simplesmente um paliativo...e do momento...outro é o da escravidão...e muitas vezes seguido de morte!...porque continuar numa vida dessa se Jesus tem o melhor para nós!"
faça a cabeça com Shekinah!
Shekinah na alma,no corpo e no espírito...
não tem como não ficar legal!
não é droga não!...shekinah é a unção do Espírito!...com muita virtude,com muito poder e com muita glória!
bêba! pois a água viva ainda estar na fonte!
e você tem dois pés para cruzar a ponte!
Então vá...não pense que a cabeça aguenta se você parar!...
Não!...não!...não!...
Vá!...Jesus Cristo é o caminho...a verdade e a vida!...e ninguém chega ao Pai!...se não por Ele!

fika na paz!...fika com Deus!...
também com o time de Leonel...
e com minhas poesias logo aí embaixo.
tudo de bom para você!
Deus é contigo!




Publicado no site: O Melhor da Web em 23/12/2011
Código do Texto: 86679
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.