Espaço Literário

O Melhor da Web

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
Wil - WILSON DE OLIVEIRA CARVALHO
WILSON DE OLIVEIRA CARVALHO
Cadastrado desde: 24/08/2008

Texto mais recente: VVER COM INTENSIDADE



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de WILSON DE OLIVEIRA CARVALHO , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=472

 
Textos & Poesias || Homenagens
Imprimir - Impressora!
Imprimir
MEU PAI
12/01/2012
Autor(a): WILSON DE OLIVEIRA CARVALHO
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
MEU PAI

Aos poucos vai desaparecendo aquela silhueta
de um homem mediano, possuir de um comedimento sem igual, correto em suas decisões, verdadeiro gigante em defesa de seus ideais.

Faz muito tempo, ocorreu um fato que me deixou indelevelmente marcado quando por exigências da própria vida, desliguei-me de sua dependência econômica por emancipação.

Ao despedir-me meu pai chorou, cujas lágrimas
continuam guardadas em um quadro pincelado
em minha memória, e ainda mais por ficar ali
patenteado a grande amizade que reinava entre nós.

Abraçamos-nos no início de um ano que já vai longe.Três meses depois o destino revelou-me
que aquele abraço foi derradeiro, nunca mais pude abraçá-lo e é exatamente isso que me dói. Eu parti para um outro local, e ele para os céus onde está bem melhor do que eu.   

Havia entre nós uma amizade pacífica, pai
e filho existencialmente vivendo a ponto
de tornar-mos confessor um do outro para
falarmos de nossas fraquezas como seres humanos.

Poucos tiveram a felicidade de ter o pai que
tive, confidente, orientador reticencioso para com os outros, de temperamento quieto mas detentor de um profundo sentimento.

Estamos separados a quarenta anos da
vida terrena, sem poder conversar e nem abraçar-nos, mas sou possuidor de um    presente reconfortante e insuperável, de
saber que no baú de minhas recordações o amor dele ocupa um lugar muito mais do que especial.


















Publicado no site: O Melhor da Web em 12/01/2012
Código do Texto: 87461
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):