Espaço Literário

O Melhor da Web



Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
Cleviton - Cleviton
Cleviton
Cadastrado desde: 20/02/2010

Texto mais recente:

Cleviton hippie de Cristo (oficial)





Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de Cleviton , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=3874

 
Textos & Poesias || Amizade
Imprimir - Impressora!
Imprimir
Mensagem para Fernando(IPRAJ)(tribunal de justiça:forum Ruy Barbosa:distribuição-central de informações),Eugênia e Cairo do Garcia,ao lado do Teatro Castro Alves...Salvador-Bahia,mais de 20 anos se passaram woodstock,arembepe rock and roll fizeram parte
26/03/2012
Autor(a): Cleviton
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
 
89652 Mensagem para Fernando(IPRAJ)(tribunal de justiça:forum Ruy Barbosa:distribuição-central de informações),Eugênia e Cairo do Garcia,ao lado do Teatro Castro Alves...Salvador-Bahia,mais de 20 anos se passaram woodstock,arembepe rock and roll fizeram parte Cleviton - Cleviton
Mensagem para Fernando(IPRAJ)(tribunal de justiça:forum Ruy Barbosa:distribuição-central de informações),Eugênia e Cairo do Garcia,ao lado do Teatro Castro Alves...Salvador-Bahia,mais de 20 anos se passaram woodstock,arembepe rock and roll fizeram parte

Fernando...Eugênia e Cairo...
mais de 20 anos se passaram
woodstock...arembepe...
rock and roll...
fizeram parte...
e eu me lembro de cairo
ainda um lindo bebê...
ontem ao passar em tua casa
no Garcia...
numa tarde de domingo ensolarado...
foi ele quem veio me atender Fernando...
e ao passar pela janela...
o ambiente estava meio escuro...
e eu pensei de ser você...
eu me alegrei...e no auge da minha alegria...
eu disparei...Fernando qual é de mesmo Fernando?
qual é de mesmo cara?
afinal foram mais de 20 anos...
e boas recordações...
você...Fernando...Eugênia...Cairo...
pessoas lindas e maravilhosas...
eu disparei...Fernando qual é de mesmo Fernando?
qual é de mesmo cara?
aí Cairo...não...não é Fernando não...
eu sou o Filho dele...Cairo
eu muito me alegrei com Cairo...
a última vez que eu ví...
ele só sabia falar...
mamãe...papai...
e algumas outras coisas...
tipo minha comida...
gagau e etc...e tal...
eu muito me alegrei com Cairo...
Deixei uma mensagem para ele te entregar...
e na correria que eu estava...
me adiantei à dar minha mola doida...
mas como...
como é que eu ia me embora sem antes
falar com Eugênia...
ela havia me tratado de uma forma tão especial...
café...biscoito...queijo...uma educação muito legal...
eu me lembro de tudo...
o prisma do pink floyd...
aquele pé de bananeira alí na sala...
o ataque de chacal...
chacal...alí foi onda braba...
o bicho era feroz e gigante...
aquele cachorro avançou legal em cima de mim...
e se não fosse a obdiência dele à você...
eu não sabia o que seria de mim...
na verdade alí foi Deus...
é eu me lembro de tudo...
até da minha saida desabotinado
para ir para o trabalho...
depois de uma noite e uma dormida daquela...
te confesso...
que ao acordar eu não sabia onde eu estava...
ao abrir meus olhos e ver aquela bananeira alí...
à princípio era como se eu tivesse no mato...
na floresta amazônica...
e em meio à muitos índios...
fiquei ali meio como que desnorteado...
e de repente vejo Eugênia passando para a cozinha...
aí foi que me sintonizei na realidade do lugar aonde
eu estava...na casa de Fernando...
eu disse comigo!...na casa de Fernando!...
e depois de uma noite de muita farra...
a responsabilidade do trabalho...
numa manhã sentado na mesa...
café...pão e biscoito...queijo...
e outras coisas mais que não me lembro...
que tinha na mesa...a mesa estava na decência...
é eu me lembro de tudo...
até daquela marica...
que índio pá e bola...
boina punk militar...
e Aí Fernando tou indo nessa!...
Eugênia já fui!...
lá fora estar chacal...
e eu já havia me esquecido dele...
e já ia saindo...
quando fernando dando risadas disse...
paraí Cleviton...
que chacal...
rsrs...
aquela noite e aquela manhã...
ficou guardada em minha memória...
justamente pelo tratamento especial...
que tive...de vocês...
e eu jamais poderia sair sem antes falar
com Eugênia...
Cairo havia me dito que você não estava...
e foi numa missão muito importante...
ao qual deixei a mensagem com ele...
e ao dar meu pulo do gato...
pois eu estava na correria...
e tinha hora marcada...
mas ao dar meu pulo...
meu coração bradou: Eugênia!
eu aí gritei: Eugênia!...
Eugênia!...afinal foram mais de 20 anos...
jamais poderia eu sair sem falar com ela...
Eugênia!...
Eugênia!...
Eugênia!...
de repente aparece ela...
e com aquela educação especial de sempre...
e muito mais sofisticada...
eu Eugênia...boa tarde Eugênia...
eu sou amigo de fernando...
trabalhei com ele no Forum Ruy Barbosa...
eu já estive aqui...
deixei o recado com ela
eu fui muito bem tratado por ela...
o recado foi dado...
e foi tudo relâmpago...
eu tinha que ir para o culto...
e já estava atrasadíssimo...
a missão foi cumprida...
qualquer hora dessas agente se bate...
olha à pouco tempo eu te ví no
campo grande Fernando...
tem alguns seis meses...
você estava no ponto de ônibus
com uma boina daquelas tipo bezerra da silva...uma lupa meio John Lennon...
meio Ruy Barbosa...
com um leve tock de Raul Seixas...
Society!
e eu estava de lá também no ponto...
e fiquei comigo aquele cara parece
que é Fernando...é Fernando vou lá
falar com ele...
mas será que é Fernando mesmo?...
parece todo com ele...é ele...
é ele vou lá falar...
e se não for ele!...
já sei vou escrever num papel...
Fernando...e coisa e tal...
e entrego à ele...
e me saio...como alguém estranho
que só queria entregar um papel...
e fico lá na minha só de tocaia...
esperando para ver qual é de mesmo...
se for Fernando...
ele vai se lembrar de mim...
vai dar risadas e vem falar comigo...
se não for ele...
o cara vai pensar que eu sou algum
maluco poraí...e PT saldações...
e fim de papo...
"faz de conta que não houve nada"
aí estar eu escrevendo e só de lá
olhando para ele...
de vez enquando ele olhava para mim...
eu aí tirava o olho e ficava discreto
esperando ele me conhecer...
teve uma hora que eu olhei para ele...
e vi ele de lá só olhando para mim...
como quem diz acho que conheço esse
cara de algum lugar!...
e também como quem diz
não é só impressão...
será que eu conheço...será que não!...
Cleviton!?...parece com Cleviton!...
não...não aquele nunca poderia ser Cleviton...
mas parece...será que é ele?...
?(...)?       ...(?)...    !?(...)!?
não!...não é ele!
?
nessa época eu estava barbudão...
e com um bigode enorme...
e na época que eu andava com ele...
eu não usava barba e nem bigode...
e meu cabelo era pequeno...
foi por ísso que ele não me conheceu...
e também porque eu estava com a
bíblia na mão...
e na época que eu andava com ele...
eu era anarquista...punk e roqueiro.
ele ficou alí...em questão...
e eu escrevendo
para entregar a ele...
de repente meu ônibus apareceu e
não deu tempo...
mas graças à Deus que a missão foi cumprida...e qualquer hora dessas
agente estar aí trocando altas idéias...
deixei com Cairo e com Eugênia...
Amizade verdadeira...sempre amigos!...
passam anos...passam séculos...
até na hora que Jesus quiser
nos chamar para ir para a glória!...
a semente estar registrada...
carimbada rotulada e autenticada...
os nomes e os registros total
e de tudo com todos os momentos
importantes fundamentalmente
os momentos mais lindos que tivemos
e que temos com os amigos...
até um dia no paraíso!
Jesus Cristo é conosco!
O que nos separou por longos e longos anos...foram obras de bruxarias...
ao qual fui parar no sanatório...
do sanatório fui para o centro de recuperação peniel em Dias Dávila...
lá fiquei 9 meses...
passei 6 anos no desafio jovem de
feira de Santana...
morei 6 anos só...
no distrito de humildes...
vim para salvador...
uns 13 anos aproximadamente...
fora do convívio com os amigos
das antigas...
Antes do que havia acontecido comigo...
para que eu viesse ter ficado fora da sociedade por muitos anos...
tive tão somente algumas vezes
na casa de Fernando lá no Garcia...
e todas as vezes eu estava muito doido...eram muitas drogas...
maconha,cocaína e psicotrópicos...
eu não sabia que eu ia conseguir me lembrar...aonde ele morava...
tentei duas vezes errei o caminho...
passei direto pela entrada
da casa dele...
fiquei na dúvida entre duas entradas...
mas tinha a base de onde era que
era mais ou menos...e ontem numa nova tentativa...
passei pela entrada da casa dele...
parei e fiquei olhando...
eu acho que é essa daqui...
mas vou um pouco lá na frente
para ver se tem outra parecida
com essa e que possa ser a entrada
da casa de Fernando...
nísso veio passando um bucado
de policial e ficaram me focalizando
eu ali analizando a entrada da casa de Fernando...
eu olhei para eles e seguir em frente no calçadão da pista passando entre casas e edifícios à questionar uma outra entrada
que pudesse ser a da casa de fernando se aquela alí não fosse ela...
seguir mais uns 1000.00 metros...
e cheguei a minha conclusão que de fato aquela era a entrada da casa de Fernando...
voltei...
chegando lá um beco enorme...gigante...
e tudo deserto...eu disse...é...vou entrar...
Fernando mora aqui...
pá e as polícias?...tava todo mundo me conspirando...aí me bateu uma cabreirisse
de entrar...
e eles querer me abordar como ladrão...
da forma que eu havia me procedido antes...
como forasteiro...como quem estava perdido...
procurando alguma coisa...e era a casa de Fernando que eu estava procurando...
e eles me olhavam como se eu fosse alguém estranho...e de fato eu não era dalí...
aí eu disse nada...
nada de covardia!...
fui lá...e com ajuda dos vizinhos...
no final do beco tinha muitas casas...
e os vizinhos me ajudaram...
a casa de Fernando era a última...
uma mansão escondida...camuflada...
entre uma multidão de casas!
Deixo lembranças à Silvana,Geovane, osvaldinho,Gideone,Herval,Everaldo,Tedy,
André,Vital,Lalau,Essília,Naon,Vânia,Jaciara,
Jorge,Gilton,Marcos,nossa maravilhosa chefe...mulher de Deus alí...Teka...excelente chefe...
tive duas chefes excelentes e
maravilhosas ali no forum Ruy Barbosa...todas duas Teka...
todas duas Tereza...todas as duas excelentes...todas duas mulheres de Deus...
a primeira teka no SAIF...Tereza Cristina Navarro Ribeiro...foi uma grande força alí para que eu pudesse vencer na vida!...
era Deus usando ela...eu havia chegado destruido alí...recentemente eu havia sido atropelado...fui parar no HGV...
e com a negligência de atendimento médico...
já uma hora alí...e tendo hemorragia cerebral...sentindo o sangue descendo da cabeça...pelo crânio...indo alastrando...
e eu alí tonto,zonzo,bambo...
só fizeram enrolar a atadura para tirar de tempo...e sem nenhum curativo...por cima de terra...de lama...e me deixaram la de banho maria totalmente abandonado...
depois de uma ou duas horas de relogio alí morrendo...sem ninguém me socorrer...
eu fui ao desespero de vida...procurando
quem me socorresse não havia ninguém...
então resolvi fugir do HGV...e sair pelas
ruas do canela...em direção ao campo grande...entrei numa farmácia parecendo
uma múmia...no que eu entrei...
só vi a multidão em desespero procurando fugir...
mas eles ficaram com medo...porque para passar pelo balcão...tinha que passar por junto de mim...
eu aí dei a voz...
e era como se fosse uma voz de assalto..
todo mundo ficou em pânico...
eu quero uma levedura de cerveja...
um frasco de arovit...e um de rarical...
pedi e botei logo o dinheiro para todo
mundo ver que eu estava comprando...
fui atendido...pedi um copo de água...
e joguei uns dez comprimidos de
levedura de cerveja para dentro...
tomei com água...
mas dez...tomei com água...mas dez...
e mais dez...e aí fui tomando...
bem uns cinquenta comprimidos...
arovit...eu tomei o frasco todo...
20 comprimidos...rarical uns dez comprimidos...todo mundo em terror...
pânico e suspense...eu alí já estava
na morte...e era como se uma tentativa...
ou tudo ou nada!...
eu não tinha escolha...
eu tinha que tentar alguma coisa...e terminou dando certo!
mas na verdade foi Deus...
também atrvés dos remédios...
depois dali fui para o sanatório
mário leal em busca de mais socorro...
a dor de cabeça estava horrível...
peguei um ônibus...cheguei lá o
médico me liberou um bucado de cartela de diazepan de 10mg...umas dez cartelas...
doutor Edvaldo...eu era paciente dele...
e fazia tratamento com ele há tempo...
ele me liberou de acordo aos princios previdenciários...tudo de acordo a lei...
e eu é que na loucura resolvi ir comendo comprimidos pelas ruas...
andando desnorteado entre
a vida e a morte...
do pau miúdo até são caetano...
eu fui andando...
entrando em becos e favelas...
ruas,avenidas...subindo e descendo escadas...subindo e descendo...
morros...boca de fumo...traficantes...polícias...
matagal...eu me baseava supostamente pela direção que deveria estar São caetano...
e alguns lugares eu já conhecia...
e lá vai eu andando...largo do tamarineiro...san martin...bonjuá...marotinho...
baixa da égua...rua direta de são caetano...até que cheguei em casa...
e haja diazepan...
nesse dia eu comi uns 20 à 30 diazepans...
cheguei em casa muito louco...louco da pancada...muito remédio...misturado com diazepan e a dor de cabeça ainda persistia...
de maneira que guto chegou em casa com o Dodge...e a estória é muito longa...depois veja em meus textos O DIA EM QUE FUI ATROPELADO...continuando eu cheguei no forum Ruy Barbosa todo destruído...e Dona Tereza...
Teka...muito me ajudou!...
e foi muito grande a ajuda que ela me deu...tive duas excelentes chefes...
duas Terezas...
duas tekas maravilhosas! Jesus é bom!
e foi Ele que me colocou nesse caminho entre duas lindas e maravilhosas chefes.
cheguei alí no SAIF ainda destruído...
e graças a compreensão da parte de
D.Tereza para comigo...o amor, o carinho...eu obtive grandes vitórias...
foi Deus usando ela!...
a segunda Tereza...segunda Teka foi na distribuição e central de informações...
outra maravilha de pessoa!...dona Rosa também...uma excelência de pessoa!...
calma...na maior tranquilidade!...
elas nos trataram com muito amor e
com muito carinho!...
e era como se fossem nossas mães...
verdadeiras amigas...riquíssimas em humildade...e grandes em amor e tão
lindo da parte delas para conosco!
não havia ditadura...não havia tirania...
não havia imposição de ser chefe...
era amizade,festa,alegria,compreensão,
se alegrando com os que se alegravam...
e chorando com os que choravam...
bastante solidárias!...
excelentes chefes!
Fernando à todos da distribuição
e central de informação da nossa época...
à toda a galera do Tribunal de Justiça...do Forum Ruy Barbosa...lembranças à todos!

Jesus Cristo é conosco!
Fika na paz!...fika com Deus!
também com Glass Harp

e também um convite ao
Clube dos Artistas e Escritores Clássicos (Rádio Sociedade Gospel):
"Rock and Roll, Reggae,Country,Jazz e Blues" (site oficial)
"Christian Rock Contemporary inspirational Family Friendly WBGL,
AlldanzRadio, The Healing Rock e ChristianBlues.Net"
http://cleviton.multiply.com/

Glass Harp



Publicado no site: O Melhor da Web em 26/03/2012
Código do Texto: 89652
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.