Espaço Literário

O Melhor da Web

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
Manu - MANUELA
MANUELA
Cadastrado desde: 23/04/2012

Texto mais recente: Transe (Gastão Cruz) (+tradução italiana)



Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de MANUELA , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=6281

 
Textos & Poesias || Poema
Imprimir - Impressora!
Imprimir
Em Todas as Ruas te Encontro (Mário Cesariny) (+tradução italiana)
24/04/2012
Autor(a): MANUELA
VOTE!
TEXTO ELEITO
60
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
 
90751 Em Todas as Ruas te Encontro (Mário Cesariny) (+tradução italiana)   Manu - MANUELA
Em Todas as Ruas te Encontro (Mário Cesariny) (+tradução italiana)

Em todas as ruas te encontro
em todas as ruas te perco

Conheço tão bem o teu corpo
sonhei tanto a tua figura
que é de olhos fechados que eu ando
a limitar a tua altura
e bebo a água e sorvo o ar
que te atravessou a cintura
tanto       tão perto       tão real
que o meu corpo se transfigura
e toca o seu próprio elemento
num corpo que já não é seu
num rio que desapareceu
onde um braço teu me procura

Em todas as ruas te encontro
em todas as ruas te perco
_______________________

Tradução italiana de Manuela Colombo


In ogni via ti incontro

In ogni via ti incontro
in ogni via ti perdo

so così bene il tuo corpo
tanto sognai ogni tua fattezza
che ad occhi chiusi io riesco
a indovinare la tua altezza
e bevo l’acqua e aspiro l’aria
che la tua figura attraversa
tanto    così vicino    così reale
che il mio corpo si trasfigura
e si trova nel suo elemento
in un corpo che suo più non è
in un fiume che s’inabissò
dove un tuo braccio m’implora

In ogni via ti incontro
in ogni via ti perdo



Publicado no site: O Melhor da Web em 24/04/2012
Código do Texto: 90751
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):