Espaço Literário

O Melhor da Web

 

Parceria de Sucesso entre o site Poesias www.omelhordaweb.com.br e o www.efuturo.com.br
Confira. Adicione seus textos nele. O eFUTURO já começou.

Indicamos:Efuturo.com.br - Efuturo é uma Rede Social de Conhecimento, Ensino, Aprendizado Colaborativo, Jogos Educativos e Espaço Literário.


Busca por Autores (ordem alfabética)
Busca Geral:
Nome/login (Autor)
Título
Texto
cleviton - Cleviton
Cleviton
Cadastrado desde: 20/02/2010

Texto mais recente:

Cleviton hippie de Cristo (oficial)





Necessita estar logado! Adicionar como fã (necessita estar logado)
 
Recado
Contato

Conheça a Página de Cleviton , agora só falta você!
http://www.poesias.omelhordaweb.com.br/pagina_autor.php?cdEscritor=3874

 
Textos & Poesias || Evangélicas
Imprimir - Impressora!
Imprimir
Provérbios de Salomão, filho de Davi, rei de Israel;
21/06/2012
Autor(a): Cleviton
VOTE!
TEXTO ELEITO
0
Após 100 votos, o Texto Eleito será exibido em uma página que irá reunir somente os mais votados.
Só é permitido um voto por Internauta por dia.
Achou o texto ótimo, VOTE! Participe!
ELEJA OS MELHORES TEXTOS DA WEB!
Provérbios de Salomão, filho de Davi, rei de Israel;

Provérbios de Salomão, filho de Davi, rei de Israel;

Para se conhecer a sabedoria e a instrução; para se entenderem, as palavras da prudência.

Para se receber a instrução do entendimento, a justiça, o juízo e a eqüidade;

Para dar aos simples, prudência, e aos moços, conhecimento e bom siso;

O sábio ouvirá e crescerá em conhecimento, e o entendido adquirirá sábios conselhos;

Para entender os provérbios e sua interpretação; as palavras dos sábios e as suas proposições.

O temor do SENHOR é o princípio do conhecimento; os loucos desprezam a sabedoria e a instrução.

Filho meu, ouve a instrução de teu pai, e não deixes o ensinamento de tua mãe,

Porque serão como diadema gracioso em tua cabeça, e colares ao teu pescoço.

Filho meu, se os pecadores procuram te atrair com agrados, não aceites.

Se disserem: Vem conosco a tocaias de sangue; embosquemos o inocente sem motivo;

Traguemo-los vivos, como a sepultura; e inteiros, como os que descem à cova;

Acharemos toda sorte de bens preciosos; encheremos as nossas casas de despojos;

Lança a tua sorte conosco; teremos todos uma só bolsa!

Filho meu, não te ponhas a caminho com eles; desvia o teu pé das suas veredas;

Porque os seus pés correm para o mal, e se apressam a derramar sangue.

Na verdade é inútil estender-se a rede ante os olhos de qualquer ave.

No entanto estes armam ciladas contra o seu próprio sangue; e espreitam suas próprias vidas.

São assim as veredas de todo aquele que usa de cobiça: ela põe a perder a alma dos que a possuem.

A sabedoria clama lá fora; pelas ruas levanta a sua voz.

Nas esquinas movimentadas ela brada; nas entradas das portas e nas cidades profere as suas palavras:

Até quando, ó simples, amareis a simplicidade? E vós escarnecedores, desejareis o escárnio? E vós insensatos, odiareis o conhecimento?

Atentai para a minha repreensão; pois eis que vos derramarei abundantemente do meu espírito e vos farei saber as minhas palavras.

Entretanto, porque eu clamei e recusastes; e estendi a minha mão e não houve quem desse atenção,

Antes rejeitastes todo o meu conselho, e não quisestes a minha repreensão,

Também de minha parte eu me rirei na vossa perdição e zombarei, em vindo o vosso temor.

Vindo o vosso temor como a assolação, e vindo a vossa perdição como uma tormenta, sobrevirá a vós aperto e angústia.

Então clamarão a mim, mas eu não responderei; de madrugada me buscarão, porém não me acharão.

Porquanto odiaram o conhecimento; e não preferiram o temor do SENHOR:

Não aceitaram o meu conselho, e desprezaram toda a minha repreensão.

Portanto comerão do fruto do seu caminho, e fartar-se-ão dos seus próprios conselhos.

Porque o erro dos simples os matará, e o desvario dos insensatos os destruirá.

Mas o que me der ouvidos habitará em segurança, e estará livre do temor do mal.
Provérbios 1:1-33

Publicado no site: O Melhor da Web em 21/06/2012
Código do Texto: 92785
AQUI VOCÊ INTERAGE DIRETAMENTE COM O(a) AUTOR(a) DA OBRA! DEIXE UM COMENTÁRIO REFERENTE AO TEXTO! É FÁCIL, É LEGAL, VALE A PENA!
Caderno Comente esse Texto - Seja o primeiro a comentar!
Obras do(a) Autor(a):